Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20061
Título: Destoxificação da torta de mamona por produtos químicos alternativos
Título em inglês: Detoxification of castor cake by alternative chemical compounds
Autor(es): Andrade, Igo Renan Albuquerque de
Orientador(es): Cândido, Magno José Duarte
Palavras-chave: Ricina
Ricinus aglutinina
Ricinus communis
Subproduto
Valor nutritivo
Viabilidade econômica
Ricin
Ricinus agglutinin
Ricinus communis
Nutritional value
Data do documento: 2015
Citação: ANDRADE, I. R. A. (2015)
Resumo: O presente estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar o uso de fontes químicas alternativas na degradação e inativação da ricina e Ricinus communis aglutinina da torta de mamona; o uso de uma metodologia de fácil aplicação, capaz de identificar com precisão a atividade biológica das lectinas presentes na torta de mamona; bem como verificar a influência do processo de destoxificação sobre os valores nutritivos da torta de mamona e estimar o custo máximo de venda das tortas destoxificadas, para que seja viável a sua utilização na ração concentrada, em substituição ao farelo de soja. Foi avaliada a eficácia do uso de dez produtos químicos: calcário calcítico, calcário magnesiano, cloreto de sódio, cloreto de potássio, fosfato bicálcico, fosfato monobicálcico, hidróxido de cálcio, hidróxido de sódio, óxido de cálcio e ureia, na destoxificação das lectinas da torta de mamona, utilizando quatro diferentes volumes de água. As análises de destoxificação foram realizadas através da observação visual e por densitometria de géis de eletroforese, além de ensaios de hemaglutinação. Após verificados resultados satisfatórios dos tratamentos que utilizaram óxido de cálcio e hidróxido de sódio, foram realizadas análises de composição química, fracionamento da proteína bruta, degradação ruminal da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro, além da digestibilidade intestinal da proteína bruta. Em seguida, com o intuito de analisar a viabilidade de uso da torta de mamona destoxificada em rações concentradas, substituindo totalmente o farelo de soja, foram formuladas diferentes rações, buscando estimar os custos máximos de comercialização das mesmas. Verificou-se que os tratamentos químicos alcalinos, óxido de cálcio e hidróxido de sódio, promoveram completa inativação das lectinas das tortas de mamona. A concentração do reagente e o volume de água foram determinantes para a eficácia de tal inativação, sendo a destoxificação eficaz ao se utilizar 60 ou 90 g de hidróxido de sódio em volumes de água iguais ou superiores a 1500 mL/kg de torta de mamona ou óxido de cálcio na concentração de 90 g de reagente com 2500 ou 3000 mL de água/kg de torta de mamona. Os tratamentos químicos de destoxificação influenciaram diretamente o perfil das diferentes frações nitrogenadas que compõe a proteína bruta dietética, assim como os parâmetros de degradação ruminal da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro, bem como a digestibilidade intestinal da proteína bruta não degradável no rúmen. Os tratamentos químicos de destoxificação alteraram o valor nutritivo e o aproveitamento da proteína dietética pelo animal ruminante, observando diminuição do valor nutritivo das tortas e proporcionando alimentos com diferentes características nutricionais. As tortas de mamona tratadas com óxido de cálcio permitiram um nível de substituição do farelo de soja mais elevado, quando comparados às tortas de mamona tratadas com hidróxido de sódio. Em termos econômicos, verificou-se que as tortas tratadas com óxido de cálcio permitiram um maior preço de venda da mesma em relação às tortas tratadas com hidróxido de sódio.
Abstract: The objectives of the present study were to evaluate the use of alternative chemical sources in the degradation and inactivation of ricin and Ricinus communis agglutinin from castor cake; the use of an easily applicable methodology able to precisely identify the biological activity of the lectins present in the castor cake; and the influence of the detoxification process on the nutritional values of the castor cake and estimate the maximum sale price of detoxified cakes so that their use in the concentrate feed replacing soybean meal can be viable. The use efficiency of ten chemical compounds (calcitic limestone, magnesian limestone, sodium chloride, potassium chloride, dicalcium phosphate, monodicalcium phosphate, calcium hydroxide, sodium hydroxide, calcium oxide, and urea) in the inactivation of lectins from castor cake was evaluated, using four different volumes of water. Detoxification analyses were performed by visual observation and densitometry of electrophoresis gels, in addition to hemagglutination assays. After satisfactory results were obtained with the treatments using calcium oxide and sodium hydroxide, analyses of chemical composition; crude protein fractionation; rumen degradation of dry matter, crude protein, and neutral detergent fiber; and intestinal digestibility of crude protein were performed. Next, aiming to analyze the viability of using detoxified castor cake in concentrate diets completely replacing soybean meal, different diets were formulated to estimate its maximum sale costs. Alkaline treatments calcium oxide and sodium hydroxide provided complete inactivation of the lectins from castor cakes. Reagent concentration and water volume were decisive to the inactivation efficiency, with detoxification being effective when 60 or 90 g sodium hydroxide were used with water volumes equal to or greater than 1500 mL/kg castor cake or calcium oxide at the concentration of 90 g with 2500 or 3000 mL water/kg of cake. Chemical detoxification treatments directly influenced the profile of the different nitrogen fractions that compose the dietary crude protein; the rumen degradation parameters of dry matter, crude protein, and neutral detergent fiber; as well as the intestinal digestibility of the rumen-undegradable protein. Chemical detoxification treatments changed the nutritional value and the use of the dietary protein by the ruminant, reducing the nutritional value of the cakes and providing feedstuffs with different nutritional characteristics. Castor cakes treated with calcium oxide allowed a higher level of replacement of soybean meal as compared with the cakes treated with sodium hydroxide. In economic terms, the cakes treated with calcium oxide allowed a higher sale price of the product in relation to those treated with sodium hydroxide.
Descrição: ANDRADE, Igo Renan Albuquerque de. Destoxificação da torta de mamona por produtos químicos alternativos. 2015. 91 f. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20061
Aparece nas coleções:PPGZO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_iraandrade.pdf1,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.