Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20071
Título: Estudo de relações ecológicas em planícies hipersalinas (apicum) do estado do Ceará
Título em inglês: Ecologica relations in hypersaline tidal flats (apicum): a study based in Ceará state estuaries
Autor(es): Cabral, Raiana Lira
Orientador(es): Ferreira, Tiago Osório
Palavras-chave: Ecologia
Planícies hipersalinas costeiras
Àreas úmidas costeiras
Rizosfera
Bioturbação
Solos salinos
Data do documento: 2015
Citação: CABRAL, R. L. (2015)
Resumo: Esse estudo teve como objetivo geral investigar processos ecológicos e a dinâmica do apicum. Esses sistemas se caracterizam por serem planícies hipersalinas que ocorrem em zonas costeiras de regiões áridas onde podem ser identificadas dentro de bosques de mangue ou entre o manguezal e ecossistemas de terra seca, como mata seca ou restinga. Os apicuns são áreas estratégicas para recuo das florestas de mangue em caso de aumento do nível do mar. Além disso, possuem grande importância econômica, visto que são áreas preferenciais para instalação de empreendimentos de aquicultura e salinas e por que representam zonas de segurança para populações tradicionais. Entretanto, muito pouco se sabe sobre os processos ecológicos que regulam a dinâmica do sistema. Os estudos compilados nessa tese visam de algum modo suprir lacunas sobre os processos ecológicos que regem a dinâmica desse sistema. O capítulo 1 traz uma ampla revisão bibliográfica sobre esse sistema. No capítulo 2 foram avaliados possíveis mecanismos utilizados pelas plantas para sobreviverem ao ambiente limitante através do estudo dos solos rizosféricos e comparação com solos não colonizados por plantas. No capítulo 3, através de um estudo experimental de campo foram avaliados os efeitos da bioturbação de duas espécies de caranguejos nos solos de apicum e seus possíveis efeitos sobre as condições edáficas. O capítulo 4 aprofunda-se na avaliação das interações ecológicas que ocorrem entre o solo, microrelevo e a biota do sistema (plantas e animais). Nesse sentido, um modelo ecológico estrutural foi construído utilizando variações na elevação do relevo, propriedades do solo, biomassa das plantas e área de cobertura de caranguejos. Com base nos resultados, concluiu-se que o sistema apicum possui dinâmica ecológica muito própria e possui uma relação com os bosques de mangue graças ao compartilhamento de fluxos de matéria, nutrientes e populações de animais. A comunidade de plantas do apicum é composta, sobretudo por espécies clonais halófitas pioneiras e que parecem possuir estratégias diferenciadas para lidar com o estresse salino, fator limitante do seu crescimento e distribuição. O efeito da sazonalidade é notável, sobretudo nas áreas não colonizadas por plantas, indicando que possivelmente as plantas estabilizam o sistema solo em seu beneficio. Diferentes espécies de caranguejos são capazes de afetar a dinâmica biogeoquímica do solo. A bioturbação do solo pelas espécies estudadas provocou diferentes efeitos nas propriedades do solo, os quais parecem estar intimamente ligados as hábitos das espécies. Entretanto, as seus efeitos nos apicuns, embora importantes, são menos intensos que em áreas de manguezais. Processos ambientais ligados à salinidade do solo e à disponibilidade de nutrientes estão entre os principais fatores que regem a distribuição de caranguejos e crescimento das plantas nos apicuns. Esses processos são intimamente dependentes das variações do microrelevo. Uma combinação entre fatores abióticos (elevação do relevo e propiedades do solo) e relações positivas entre espécies de plantas parecem se os princiapis agentes na dinâmica ecológica dos apicuns. Estratégias de conservação de sistemas costeiros devem incluir a proteção dos apicuns visto seu importante papel ecológico no cenário de mudanças climáticas e importância para economia local, sobretudo por conta suas características ecológicas únicas.
Abstract: This study investigates ecological process and dynamic of the hypersaline tidal flats (HTF, locally knowns as “apicum”). The HTF systems are characterized by flat landscape and hypersaline soil conditions that may occour in arid and semiarid regions of the world. Usually HTF can be found inside mangrove forest or as a transitional system between mangrove and dry land ecosystem. These areas are highly important for advances of mangrove forest in case of sea level increase. Besides, HTF have great economic value, as prioritarian areas to install aquaculture or saline ponds. Also it represents security zones for traditional populations, as artisanal fishermen. However, the ecological process which drives the HTFs systems remain poorly knew. The studies presented in this doctoral dissertation aim to fulfill some lacks of knowledge about ecological process that could drive the HTF dynamic. The chapter 1 is a bibliographical review about this system. On chapter 2 were evaluated possibles mechanisms used by plants in order to improve their survival in such stressed environment through the study of rhizosphere soils and comparison with bulk soils. On chapter 3, through an experimental study in the field, the possible effect of two crab species bioturbation on HTFs soils and it possible effects on soil properties were evaluated. The chapter 4 registered the evaluation of ecological interactions among biotic and abiotic fractions of the system using ecological modeling tools. In this sense, a structural ecological model was designed using microrelief elevation, soil properties, two plant species biomass and the covering areas of two crab species. Based on results obtained in these studies, it was possible to conclude that HTFs have a particular ecological dynamic and have close relation with mangrove forests due the nutrients, material and animal population flux shared by them. The plant community of HTFs areas is componed mainly by pioneers’ clonal halophytes species. These species seemed to have different strategies to deal with saline stress, an important limitant factor for their growing and distribution. The seasonal effects were noteworthy mainly in bulk soils. In this sense, it is possible that plant estabilize the environment in their benefit. The crabs were able to affect biogeochemical dynamic in HTF soils. However, the burrouing effects of crab species on soil properties were different and seemed reflect the species habit. Although bioturbation effects were important, the modifications on HTF soil properties were less evident than in mangrove forests. Environmental process related to salinity and nutrients availability are among the main factors to drive crabs distribution and plant growth in HTFs. These processes were dependent of microrelief variation. A combination of abiotic factors (microrelief elevation and soil properties) and positive relations among plant species seems to guide the ecological dynamics in HTFs systems. Conservation strategies of coastal environments areas must include the HTF protection due their importance for coastal environments on climate change scenario and economic importance, but mainly because their unique ecological characteristics.
Descrição: CABRAL, Raiana Lira. Estudo de relações ecológicas em planícies hipersalinas (apicum) do estado do Ceará. 2015. 103 f. Tese (Doutorado em ecologia e recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20071
Aparece nas coleções:DBIO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_rlcabral.pdf12,89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.