Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20077
Título: Desenvolvimento e aplicação de sistemas nanoestruturados a partir da meso-porfirina derivada do LCC
Título em inglês: Development and application of nanostructured systems from the meso-porphyrin derived from LCC
Autor(es): Clemente, Claudenilson da Silva
Orientador(es): Mazzetto, Selma Elaine
Palavras-chave: Química
Cardanol
Meso-porfirina
Langmuir-Blodgett
Nanopartículas superparamagnéticas
Cardanol
Data do documento: 2015
Citação: CLEMENTE, S. C. (2015)
Resumo: Porfirinas são sistemas muito atrativos para estudos de automontagem graças a suaestrutura ba se, estabilidadequímica e térmica, versatilidade sintética e importantes aplicações tecnológicas. Este trabalho tem por finalidade apresentar o desenvolvimento de sistemas automontados da meso-porfirina derivada do cardanol, constituinte majoritário do LCC. Foram desenvolvidos filmes finos de Langmuir e Langmuir-Blodgett (LB) e aplicado como sensor eletroquímico para prometazina e nanossistemas superparamagnéticos revestidos com a meso-porfirina. Os filmes de Langmuir apresentaram área molecular média de 177 Å 2 , confirmado pelo módulo de compressibilidade. A banda centrada em λ = 700 nm observados nos filmes suporta a coexistência de monômeros e dímeros semelhantes aos espectros em solução de CHCl3/CH3COOH. A microscopia do ângulo de Brewster mostrou domínios com blocos brilhantes de diferentes tamanhos e formas para a monocamada que desapareceram após o aumento da pressão de superfície. Os espectros de UV-vis dos filmes e FT-IR no modo reflexão dos filmes de Langmuir-Blodgett (LB) indicaram que as moléculas apresentam orientação preferencial com os planos paralelos à água (no Langmuir) e no substrato (LB). O filme LB de 5 camadas apresentou melhor resposta como eletrodo e foi testado como um sensor de prometazina. As nanopartículas magnéticas de Fe 3 O 4 com tamanho médio de 11 nm foram revestidos com uma camada de ácido oleico seguido da meso-porfirina produzindo um novo nanossistema superparamagnético fluorescente. Foram obtidos também os sistemas revestidos com porfirinas metaladas com os íons Co2+, Ni2+, Cu2+ e Zn2+, os quais foram caracterizados por MET, FT-IR, análise termogravimétrica, magnetometria de amostra vibrante, UV-Vis, emissão de fluorescência e miscroscopia confocal. Os resultados mostraram que os sistemas apresentaram boa estabilidade térmica, comportamento superparamagnético e dimensões nanométricas.
Abstract: Porphyrins are very attractive system to study self-assembly due to its basic structure, chemical and thermal stability, synthetic versatility and important technological applications. This work presents the development of self-assembled systems meso-porphyrin derived from cardanol, the major constituent of the LCC. We were developed Langmuir and Langmuir-Blodgett (LB) thin films and superparamagnetic nanosystems coated with meso-porphyrin. The Langmuir films showed molecular area mean of the 177 Å 2 confirmed by compressibility modulus. The 700 nm band observed in the Langmuir films supports the coexistence of monomers and dimers similar to the spectra of the solution (CHCl3/CH3COOH). The Brewster angle microscopy measurements showed formation of bright block domains with different sizes and shapes for the monolayer that disappears after surface pressure starts to increase. The UV–vis spectra of the Langmuir films and FTIR reflection of the Langmuir–Blodgett films (LB) indicated that the molecules exhibit preferential orientation with the parallel planes to the water (Langmuir) and in the substrate (LB). The LB film of 5 layers showed better response as electrode and has been tested as a promethazine sensor. Magnetic Fe 3 O 4 nanoparticles with an average size of 11 nm were coated with oleic acid layer and a meso-porphyrin layer to producing a novel superparamagnetic fluorescent nanosystem. Also were obtained systems coated with meso-porphyrins metallated with Co2+, Ni2+, Cu2+ and Zn2+ ions. The systems were characterized by TEM, FT-IR, TGA, vibrating sample magnetometry, UV-Vis, fluorescence and confocal miscroscopy. The systems showed good thermal stability, excellent magnetization and nanosized dimensions.
Descrição: CLEMENTE, Claudenilson da Silva. Desenvolvimento e aplicação de sistemas nanoestruturados a partir da meso-porfirina derivada do LCC. 2015. 93 f. Tese (Doutorado em química)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20077
Aparece nas coleções:DQOI - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_csclemente.pdf3,4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.