Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20080
Título: O sol nasce para todos? Planejamento, turistificação e urbanização litorânea na Costa do Sol Poente do Ceará
Título em inglês: The sun rises for everyone? Planning, touristification and coastal urbanization on the Sunset Coast of Ceará
Autor(es): Castro, Tiago da Silva
Orientador(es): Pereira, Alexandre Queiroz
Palavras-chave: Políticas públicas
Turismo
Territorialidades
Data do documento: 2016
Citação: CASTRO, T. S. (2016)
Resumo: O sol nasce para todos? Planejamento, turistificação e urbanização litorânea na Costa do Sol Poente do Ceará Resumo As últimas duas décadas foram de intensas transformações na dinâmica socioespacial do litoral nordestino. A adoção de políticas de planejamento voltadas ao desenvolvimento da região se intensificou a partir da década de 1990, concebendo projetos para fomento da atividade turística. Tais políticas, pautadas na implantação de infraestruturas de transportes e de lazer e centradas no objetivo de atração de fluxos turísticos e investimentos privados, acabaram por configurar redes urbanas paralelas ao litoral, sendo estas subordinadas às capitais nordestinas, tornadas centros de recepção e distribuição de fluxos para os municípios litorâneos. No caso do Ceará, esta lógica permanece, ressaltando-se as peculiaridades do planejamento local buscando inserção na guerra dos lugares. Eleito pelos governantes como novo lócus de espacialização da atividade turística e de suas benesses, o litoral oeste cearense (de Caucaia a Itapipoca) recebe rodovias, obras de recuperação de patrimônio arquitetônico e natural e a possibilidade de integrar a vitrine do mercado turístico mundial. Porém, os recursos aplicados a esta região não surtiram o efeito esperado e nem contribuíram para a redução das desigualdades sociais. Pode-se constatar a expansão quase imediata da vilegiatura marítima de caráter autóctone nos municípios litorâneos do Estado, o gradativo crescimento do imobiliário-turístico na Região Metropolitana de Fortaleza, recursos mal aplicados em obras sem qualquer funcionalidade, o acirramento dos conflitos territoriais por toda a zona costeira e impactos socioambientais de diversas magnitudes. Este estudo objetiva investigar as dinâmicas socioambientais provenientes das políticas de turismo aplicadas à reestruturação produtiva da Costa do Sol Poente do Ceará nas últimas duas décadas e os entraves à espacialização da atividade nesta parcela da zona costeira do Estado. Por meio da leitura do referencial teórico busca-se a análise do turismo como atividade econômica ligada ao lazer e utilizadora da imagem do lugar como produto principal, bem como possibilita estabelecer parâmetros sobre os impactos das políticas públicas nos outros três principais estados do Nordeste. A coleta dos dados e projetos possibilita a compreensão do rebatimento das intervenções na dinâmica dos municípios litorâneos da primeira fase do PRODETUR-CE. As entrevistas buscam dar voz aos sujeitos da pesquisa e permitem a investigação dos conflitos e dos motivos da não espacialização do turismo na Costa do Sol Poente. Associadas à documentação fotográfica e ao mapeamento das localidades, as análises remontam cenário das dinâmicas e buscam a proposição de alternativas ao modelo hegemônico de turismo litorâneo, que até então, não tem mostrado soluções viáveis aos conflitos territoriais e à manutenção do patrimônio natural e dos modos de vida das comunidades litorâneas.
Abstract: The last two decades were of intense transformations in the sociospatial dynamics of the Northeast litoral of Brazil. The adoption of planning actions turned for developing of the region intensifies from the decade of 1990, conceiving projects to promotion of the touristic activity. Those politics, guided in the implantation of infrastructure of transports and of leisure, and focused on the goal of attraction of touristic flows and private investments, set urban networks parallel to the coast, being these subordinated to the northeastern capitals, turned in centers of reception and distribution of flows to the coast counties. In the case of Ceará estate, this logic remains, emphasizing the peculiarity of the local planning seeking insertion in the war of places. Elected by the governors as new locus of touristic activity spacialization and of its blessings, the west litoral of Ceará (from Caucaia to Itapipoca) receive highways, restoration work of architectural and natural heritage, and the possibility of integrating the showcase of world tourist market. However, the resources applied in this region did not have the desired effect and even contribute to the reduction of the socials inequalities. It can be seen almost immediate expansion of maritime vilegiatura local character in the coast municipalities of the state, the gradual real estate-touristic growth in the metropolitan area of Fortaleza, poorly funds invested in works without any functionality, the intensification of territorial conflicts throughout coast and environmental impacts of various magnitudes. The research aims to investigate the social and environmental dynamics from the turism politics applied to the productive restructuration of the Sunset Coast of Ceará estate in the last two decades and the barriers to spacialization of the activity in this part of the coast area of the state. By reading the theoretical framework seeks the analysis of turism as an economic activity related to leisure and user image of the place as the main product, as well enables to establish parameters of the impacts of public politics in the other three main states of the Northeast. The collection of data and of project furthers the understanding of folding of interventions in the dynamics of the coast municipalities of the first phase of PRODETUR-CE. The interviews seek to give voice to the research subjects and allow the investigation of conflicts and reasons for non spacialization of turism on the Sunset Coast. Associated with photographic documentation and mapping of locations, analyzes date back scenario of the dynamics and seek to propose alternatives to the hegemonic model of coast turism, which so far has shown no viable solutions to territorial disputes and the maintenance of natural heritage and ways of life of coast communities.
Descrição: CASTRO, Tiago da Silva. O sol nasce para todos? Planejamento, turistificação e urbanização litorânea na Costa do Sol Poente do Ceará. 2016. 293 f. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20080
Aparece nas coleções:DGR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_tscastro.pdf19,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.