Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20097
Título: Narrativas de si em casos de abuso sexual contra adolescentes do sexo feminino
Título em inglês: Narrative of itself in cases of sexual abuse against the adolescent female
Autor(es): MARANHÃO, Juliana Hilario
Orientador(es): COLAÇO, Veriana de Fátima Rodrigues
Palavras-chave: Adolescentes (meninas) – Violência sexual
Violência contra o menor – Adolescentes (meninas)
Mediação e conciliação
Protective fator
Intrafamily sexual abuse
Data do documento: 2014
Citação: MARANHÃO, J. H.; COLAÇO, V. F. R. (2016)
Resumo: As narrativas têm sido utilizadas nas Ciências Humanas e sociais em pesquisas cujo foco é compreender os significados pessoais que os sujeitos constroem para narrar um determinado período da vida, buscando os processos pelos quais as significações são criadas e negociadas. Em pesquisas com vítimas de violência, narrar torna-se um meio de verbalizar essa vivência e a possibilidade de reaver o evento traumático por meio de outros sentidos que viabilizem a proteção e o bem estar. Nesta pesquisa buscamos compreender a função mediadora da narrativa sobre si nas interações de adolescentes que vivenciaram situações de abuso sexual intrafamiliar, a partir da análise comparativa de narrativas construídas nos anos de 2011 (monografia) e 2013 (dissertação) de duas adolescentes da cidade de Fortaleza entrevistadas anteriormente no trabalho monográfico da pesquisadora. É uma pesquisa qualitativa de cunho construtivo-interpretativo, baseada na perspectiva Histórico Cultural. A análise e organização dos dados foram realizadas em núcleos de significação, são eles: sentido de família: entre o risco e a proteção; o abuso sexual: sentidos em negociação; agressor e; outro caminho: aspectos protetivos na história de vida. No entanto, dada à singularidade das histórias de vida das duas jovens adotamos o núcleo de significação nomeado de altruísmo para uma das adolescentes e de relações entre o abuso sexual e a constituição da identidade para outra. Como resultado, encontramos que a vivência do abuso sexual continua sendo o mote para a elaboração da narrativa de si e para justificar, em alguns casos, a forma como as jovens se relacionam com os demais. Por fim, a ressignificação da violência tem sido associada à possibilidade de ajudar ao próximo por meio da realização profissional.
Abstract: Narratives have been used in human and social sciences in researches whose focus is to understand the personal meanings that subjects build to narrate a certain period of life, seeking the processes by which meanings are created and traded. In research with victims of violence, narrating becomes a way to verbalize this experience and the ability to recover from the traumatic event through other meanngs that allow their protection and well-being. This research aims to understand the mediating role of narrative about itself in the interactions of adolescents who experienced intra-family sexual abuse, from the comparative analysis of narratives constructed in the years of 2011 (monograph) and 2013 (dissertation) of two teenagers in the city of Fortaleza interviewed earlier in the monographic work of the researcher. It is a qualitative research of constructiveinterpretative, based on cultural history perspective. The analysis and organization of data were done by different meaning cores, they are: sense of family: between risk and protection; sexual abuse: senses in trading; aggressor; another way: protective aspects in the history of life. However, given the uniqueness of the life stories of two young, we elected the significance of core named altruism to one of the teenagers and relationships between sexual abuse and the establishment of identity to another. As a result, we find that the experience of sexual abuse continues to be the motto for the development of the narrative itself and to justify, in some cases, the way young people relate to others. Finally, the reframing of violence has been linked to the possibility of helping others through professional achievement.
Descrição: MARANHÃO, Juliana Hilario. Narrativas de si em casos de abuso sexual de adolescentes do sexo feminino. 2014. 98f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fortaleza (CE), 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20097
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_dis_jhmaranhao.pdf1,05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.