Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20135
Título: O calendário e o golpe de 1964: temporalidade, escrita da história e hagiografia
Título em inglês: The Calendar and 1964 military takeover: temporality, history writing and hagiography
Autor(es): RAMOS, Francisco Régis Lopes
Palavras-chave: Temporalidade
Escrita da história
Hagiografia
Data do documento: 2014
Editor: Revista Brasileira de História
Citação: RAMOS, F. R. L. (2014)
Resumo: O artigo analisa como os regimes autoritários da América Latina no final do século XX foram tomados como motivo para um desvio em face da tradição cristã dos calendários que orientavam o fiel a lembrar, em cada dia, a vida de um santo. Seguirei, como fio condutor, um caso específico: a vida e a morte de frei Tito de Alencar Lima, dominicano preso e torturado entre os anos de 1969 e 1970. A partir desse recorte, farei uma avaliação a respeito das possibilidades de mapeamento dos sentidos do tempo que estão em jogo nesse “novo” martirológio, procurando entender em que sentido a hagiografia vai tentando se legitimar como “escrita da história”. Pretendo, então, fazer uma abordagem historiográfica, entendendo a historiografia como um campo de discussões a respeito das maneiras pelas quais o passado é dado a ler pelo presente.
Abstract: The article aims to analyze how authoritarian regimes in Latin America in the late twentieth century were taken as a reason for a deviation facing the Christian tradition of calendars guiding the faithful to remember, every day a saint’s life. I will follow, as a guideline, a specific case: the life and death of Frei Tito de Alencar Lima, Dominican imprisoned and tortured between 1969 and 1970. From this cut, I will make an assessment of the possibilities of mapping the senses of time at work in this “new” martyrology, trying to understand in what sense will hagiography try to legitimize itself as “history writing”. Then, I want to make a historiographical approach, understanding the historiography as a field of discussions about the ways in which the past is given to read at present time.
Descrição: RAMOS, Francisco Régis Lopes. O calendário e o golpe de 1964: temporalidade, escrita da história e hagiografia. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 34, n. 67, p. 111-129, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20135
ISSN: 1806-9347
Aparece nas coleções:DHIS - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_frlramos.pdf585,86 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.