Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20153
Título: Molhamento da carga como método de atenuação do estresse térmico durante o transporte de frangos vivos
Título em inglês: Load wetting as attenuation method of heat stress during transport of live chickens
Autor(es): Pinheiro, Daniel Gurgel
Orientador(es): Barbosa Filho, José Antonio Delfino
Palavras-chave: Avicultura
Molhamento
Pré-abate
Poultry
Wetting
Pre-slaughter
Ave de corte
Frango de corte
Data do documento: 2015
Citação: PINHEIRO, D. G. (2015)
Resumo: O molhamento da carga é uma prática muito utilizada na avicultura de corte, durante as operações pré-abate de carregamento e transporte. Segundo a maioria dos produtores, a prática do molhamento é uma forma de amenizar o estresse das aves e minimizar as perdas produtivas. Vários trabalhos desenvolvidos na área de ambiência focaram suas atenções nas operações pré-abate de jejum, captura, carregamento, transporte e espera. O molhamento, porém, é apenas citado como uma prática muito difundida, não constando, no entanto, nenhuma análise que comprove o seu benefício. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência do molhamento da carga na redução do estresse térmico. Para isso, foram medidas a temperatura e a umidade relativa, com o auxílio de miniestações meteorológicas (Data Logger), e calculado o Índice Entalpia de Conforto (IEC), para a caracterização dos ambientes onde ocorreram as operações pré-abate. Para a caracterização bioclimática (microclima) da carga, foi realizada a análise da distribuição da temperatura das caixas localizadas nas partes externas (lateral direita, esquerda, topo e traseira) através da termografia (termovisores). As caixas localizadas no centro da carga, onde não foi possível o usar o termovisor, foram utilizados dezoito Data Loggers, distribuídos em caixas estratégicas para o registro, a cada minuto, da temperatura e umidade relativa, para posterior cálculo do IEC. Procedeu-se, ainda, com a ajuda de técnicas de geoestatística (mapas de Krigagem), a determinação espacial da temperatura, umidade relativa e IEC durante as observações com e sem o molhamento da carga. Também se tentou determinar a sensação térmica durante a viagem dos frangos localizados nas laterais direita, esquerda e topo da carga, com a ajuda de três termoanemômetros para registro, a cada minuto, da temperatura e velocidade do vento e, para o cálculo da real sensação de conforto, foi utilizada a equação da temperatura equivalente de Wind Chill. A abordagem deste trabalho dá ênfase ao uso do IEC e das tabelas de Entalpia, além do uso do teste de hipóteses t para verificar a afirmação de que não haveria diferença entre as médias do IEC da carga molhada e da carga seca, na região que apresenta a pior situação de dissipação do calor (fileira central) durante o transporte. Os resultados mostraram que o molhamento da carga não se mostrou eficiente em amenizar o estresse térmico durante o transporte. Pode-se ainda constatar que o uso da termografia como ferramenta de diagnóstico térmico, assim como estudos para a modelagem de uma equação que retrate a sensação térmica da ave em função da temperatura e velocidade do vento, é de suma importância para o projeto de veículos de transporte de carga viva.
Abstract: The load wetting is a widely practice used in poultry production during the pre-slaughter loading and carrying operations. According to most producers, the practice of wetting is a way to release the stress of the chickens and minimize production losses. Several studies developed in the ambience of the area have focused their attention on pre-slaughter fasting operations, capture, loading, transportation and waiting. The wetting, however, is only mentioned as a widespread practice and it was not found, however, any analysis that proves its benefit. Thus, the aim of this study was to evaluate the efficiency of cargo wetting to reduce thermal stress. For this aim, they were measured the temperature and the relative humidity, with the help of meteorological mini-stations (Data Logger), and it was calculated the enthalpy of Comfort Index (IEC), to characterize the environments where there were pre-slaughter operations. For the bioclimatic characterization (microclimate) of the load, it was carried out the analysis of the temperature distribution of the boxes located in the outer parts (right, left, top and back) by thermography (thermal imagers). Concerning the boxes located in the center of the load, where it was not possible to use the Imager, they were used eighteen data loggers, thus distributed in strategic boxes, as a record, at every minute, of the temperature and relative humidity for subsequent calculation of the IEC. It as also performed, with the help of geostatistical techniques (kriging maps), the spatial determination of temperature, relative humidity and IEC during observations with and without load wetting. There was also an attempt to determine the thermal sensation of the load during the trip of the chickens located on the right side, on the left side and on the top of the load, with the help of three thermoanemometers to record, at every minute, the temperature and wind speed and, to calculate the real comfort sensation, we used the equation of equivalent temperature Wind Chill. The approach of this work emphasizes the use of IEC and enthalpy tables, and the use of the t hypothesis testing to verify the claim that there would be no difference between the means of the IEC load of wet and dry cargo in the region with the worst heat dissipation situation (central row) during transport. The results have shown that the load wetting was not effective in alleviating the thermal stress during transportation. It can also be perceived that the use of thermography as a thermal diagnostic tool, as well as studies for modeling an equation that might represent the wind chill of the chickens, depending on the temperature and wind speed, is of great importance for the design of vehicles to transport live load.
Descrição: PINHEIRO, Daniel Gurgel. Molhamento da carga como método de atenuação do estresse térmico durante o transporte de frangos vivos. 2015. 107 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20153
Aparece nas coleções:PPGENA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_dis_dgpinheiro.pdf3,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.