Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20207
Título: Práticas tradutórias na produção literária da América Latina
Autor(es): CUNHA, Roseli Barros
Palavras-chave: Práticas tradutórias
Produção literária da América Latina
Práticas de interpretação
Data do documento: 2014
Editor: UERN
Citação: CUNHA, R. B. (2014)
Resumo: As práticas de interpretação e tradução estiveram presentes no Novo Mundo e foram registradas desde seu - descobrimento‖. Como se sabe 1492 é o ano em que Colón saiu da Espanha a caminho das Índias; é também o ano da publicação da primeira gramática castelhana, por Antonio Nebrija. Espanha acabava de se constituir com a unificação dos reinos católicos ao vencer o último rei muçulmano e expulsar árabes e judeus de seu território. Portanto, caminhavam lado a lado, em sua constituição como um país, a religião católica e a normatização de um idioma que colaborasse na difusão dos interesses desse Estado.
Descrição: CUNHA, Roseli Barros. Práticas tradutórias na produção literária da América Latina. In: CARVALHO, Tatiana Lourenço de; PONTES, Valdecy de Oliveira. (Org.). Tradução e ensino de línguas: desafios e perspectivas. Mossoró: UERN, 2014, p. 111-122.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20207
Aparece nas coleções:DLE - Capítulos de livro

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_capliv_rbcunha.pdf315 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.