Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2027
Título: Condições de funcionalidade de pessoas com lesão medular fundamentadas no índice de barthel : proposta de intervenção de enfermagem
Título em inglês: Conditions of functionality of persons with spinal cord injury based on the barthel index : motion for intervention of nursing
Autor(es): Silva, Roberta de Araújo e
Orientador(es): Carvalho , Zuila Maria de Figueiredo
Palavras-chave: Promoção da Saúde
Cuidados de Enfermagem
Atividades Cotidianas
Data do documento: 2011
Citação: SILVA, R. A. (2011)
Resumo: Este estudo busca avaliar as condições de funcionalidade para o desenvolvimento das Atividades da Vida Diária das pessoas com lesão medular, com base no Índice de Barthel. Para a consecução dos objetivos, optei por realizar um estudo transversal-quantitativo realizado no âmbito hospitalar e domiciliar. A amostra foi constituída por 74 pessoas com lesão medular traumática, sendo 47 hospitalizadas e 27 domiciliares, as quais foram atendidas ou acompanhadas em um hospital público municipal, referência em emergência e trauma em Fortaleza-Ceará-Brasil. A coleta de dados ocorreu durante os meses de março a junho de 2010, mediante a utilização de um formulário estruturado composto por variáveis independentes referentes aos dados sociodemográficos e clínicos sobre a lesão medular e por variáveis dependentes que corresponde à escala do Índice de Barthel, a qual avalia dez atividades da vida diária. Os aspectos éticos relativos à pesquisa em seres humanos foram respeitados durante todo o processo. Para análise estatística dos dados foi utilizado o programa Predictive Analytics SoftWare (PASW) versão 18.0. através do Mann – Whitney Test e Kruskal – Wallis Test para comparar as diferentes pontuações do Índice de Barthel entre as características envolvidas. Os achados foram discutidos com base na literatura pertinente, sendo evidenciado que as pessoas mais acometidas pela lesão medular foram, na maioria, homens jovens, com idade entre 18 e 40 anos, com baixa escolaridade, sem ocupação e residentes em Fortaleza. A lesão mais evidente foi a paraplegia completa, com tempo de lesão até seis meses, decorrentes de perfuração por arma de fogo, aspectos estes comums aos grupo hospitalar e domiciliar. Quanto a funcionalidade para o desenvolvimento das AVDs, após a aplicação do Índice de Barthel, de uma forma geral, manifestou-se de forma distinta em relação aos grupos. Os hospitalizados demonstraram maior dependência, enquanto, que os domiciliares demosnstraram maior independência. Ao analizar cada categoria ficou evidente que as atividades: higiene pessoal, intestinos, deslocação, mobilidade, uso de toilet, vestir e banho, apresentaram resultados divergentes, os hospitalizados mostraram maior dependência, em quanto que os domiciliares, uma maior independência. Apenas nas atividades alimentação, bexiga e escada, é que foi obitido resultados convergentes, tanto para os hospitalizados quanto para os domiciliares, os quais demonstraram independência para alimentar-se, incontinência urinária e incapacidade para subir/descer escadas sem ajuda. Após levantados destes achados foi proposto um modelo de intervenção fundamentado no processo de enfermagem, o qual compreendeu 23 diagnósticos de enfermagem da North American Nursing Diagnosis Association (NANDA), 32 intervenções de enfermagem da Nursing Interventions Classification (NIC) e 23 resultados de enfermagem da Nursing Outcomes Classification (NOC). Para concluir, cabe ressaltar que o Índice de Barthel mostrou ser uma escala de fácil aplicação, eficaz na obtenção dos resultados e com sensibilidade em detectar às alterações clínicas dos pacientes. Por fim, este estudo, além de atingir os objetivos propostos, contribuiu para o crescimento e autonomia do conhecimento e da prática de enfermagem neurológica brasileira, em especial à cearense, ao propor um modelo de intervenção de enfermagem com vista à promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida das pessoas com lesão medular.
Abstract: This research seeks to evaluate functionality conditions for the development of Activities of Daily Living with people suffer of spinal cord injuries based on Barthel Index. For this purpose I opted to do a qualitative research in home and hospital environments. The sample was made up of 74 people with traumatic spinal cord injuries – 47 were in hospital and 27 at home – who were nursed in public municipal hospitals which were a reference in trauma and emergency in the city of Fortaleza-Ceará-Brazil. The collecting of the data occurred from March through June of 2010 using a form made up of independent variables referring to clinical and sociodemographic and dependent variables data which corresponds to the Barthel index scale that evaluates ten activities of daily living. The ethical aspects related to the research carried out in human beings were respected during the whole process. For statistical data analysis, we used the program “Predictive Analytics Software” (PASW), version 18.0. The findings were discussed based on the pertinent literature, becoming evidenced that the people who were most affected by spinal cord injury were mostly young men, between 18 and 40 years old, with low school attendance and without occupation and Fortaleza residents. The most evident was complete paraplegia with a six-month span due to gunfire perforation which are common aspects to the hospital and home groups. As for the functionality for AVDs development, after the Barthel index application, in a general way, manifested distinctively in relation to the groups. Those who were hospitalized demonstrated greater dependence whilst those at home demonstrated greater independence. By analyzing each category it got clear that the activities: personal hygiene, intestines, transferring, mobility, toilet using, dressing and bathing, presented diverging outcomes. Those who were hospitalized showed greater dependence whilst those who were at home displayed greater independence. Only in eating activities the results were converging both to the hospitalized and home patients. The latter ones demonstrated independence to feed, urinary incontinence and were incapable of going up / going down the stairs without help. After these findings, we proposed an intervention model grounded on the nursing process which was made up of 23 nursing diagnoses from the “North American Nursing Diagnosis Association” (NANDA), 32 nursing interventions from the “Nursing Interventions Classification” (NIC) and 23 nursing outcomes from the Nursing Outcomes Classification (NOC). To sum up, it is appropriate to state that the Barthel Index came to be an easy application scale, efficient in obtaining the outcomes and sensitive in detecting the patient’s clinical alterations. And last, but not least, this research, besides of achieving the proposed goals, contributed to the enhancing of knowledge and its autonomy and the Brazilian neurological nursing practice, especially that from Ceará, by proposing a nursing intervention model aiming to promote health and life quality betterment of the people who suffer of spinal cord injury.
Descrição: SILVA, Roberta de Araújo e. Condições de funcionalidade de pessoas com lesão medular fundamentadas no índice de Barthel : proposta de intervenção de enfermagem. 2011. 103 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2027
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_rasilva.pdf1,13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.