Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2055
Título: Avaliação prospectiva de parâmetros de saúde em portadores do HIV mediante consulta de enfermagem
Título em inglês: Prospective assessment of health parameters in HIV patients through nursing consultation
Autor(es): Carvalho, Carolina Maria de Lima
Orientador(es): Galvão , Marli Teresinha Gimeniz
Palavras-chave: Qualidade de Vida
Teoria de Enfermagem
Infecções por HIV
Data do documento: 2010
Citação: CARVALHO, C. M. L. (2010)
Resumo: A consulta de enfermagem identifica as necessidades específicas dos portadores HIV/aids e promove a sobrevida enquanto não há cura da infecção. Objetivou-se avaliar parâmetros de saúde empregados durante a consulta de enfermagem de acordo com o Modelo de Orem em portadores de HIV. Pesquisa clínica, intencional, prospectiva, longitudinal concorrente, desenvolvido com 30 portadores de HIV em ambulatório especializado, em Fortaleza-CE. De novembro de 2008 a agosto de 2009, foram coletados os dados durante a consulta de enfermagem, empregando-se instrumentos de saúde específicos: qualidade de vida (HAT-QoL), suporte social (Escala de Suporte Social para Pessoas Vivendo com HIV/aids), ansiedade e depressão (HAD), adesão aos antirretrovirais (CEAT-VIH). Cada paciente foi exposto a seis consultas de enfermagem com intervalo mínimo de 30 dias, aplicando-se na primeira e na sexta consultas os diferentes instrumentos de avaliação. Os dados foram avaliados utilizando-se os testes t de Student e teste F de Snedecor. Para associação e correlação, os testes de 2, Fisher-Freeman-Halton e pelos coeficientes de correlação linear rs de Spearman e r de Pearson, adotando-se nível de 5%. Dos participantes 21 eram homens e nove mulheres, com idades entre 22 e 62 anos e 23 faziam uso de antirretrovirais. No relacionado à qualidade de vida, observaram-se alterações significativas (p<0,001) após as intervenções de enfermagem, cujos pacientes demonstraram melhores índices de: atividades gerais, sexuais, preocupações com o sigilo, financeiras, conscientização sobre o HIV, satisfação com a vida, questões relativas à medicação e confiança no médico. Quanto ao suporte social, as variáveis indicaram melhora significativa dos níveis do suporte emocional (p=0,005) e instrumental (p=0,013) no final do estudo. Os níveis de ansiedade e de depressão mostraram-se reduzidos e significantes após as intervenções, respectivamente p=0,001 e p=0,006. Ao se comparar os índices de adesão aos antirretrovirais da primeira e da última intervenção de enfermagem encontrou-se diferença significativa (p=0,039), apontando melhora nos uso dos medicamentos. Os dados indicam que houve melhora dos pacientes no enfrentamento da doença, no processo de recuperação dos níveis de saúde e reintegração ao ambiente familiar e social, bem como ao retorno de suas atividades diárias, possibilitando, assim, melhor adaptação a doença, melhor qualidade de vida, maior envolvimento social, redução dos níveis de ansiedade e depressão, além da adesão à terapêutica. Conclui-se que o acompanhamento em saúde de portadores do HIV utilizando-se consulta de enfermagem focalizada no autocuidado pode ter auxiliado nas mudanças observadas no intervalo do seguimento ambulatorial. Do avaliado, urge a necessidade da implementação de seguimento ambulatorial sistemático pelo enfermeiro, direcionado aos portadores do HIV em serviço especializado de saúde, com o intuito de melhorar e promover saúde nessa clientela.
Abstract: Nursing consultations identify HIV patients’ specific needs and enhances survival when the infection cannot be cured. The goal was to assess health parameters used during the nursing consultation, according to Orem’s Model, involving HIV patients. Clinical, intentional, prospective, concurrent longitudinal research. Participants were 30 HIV patients at a specialized outpatient clinic in Fortaleza-CE. Between November 2008 and August 2009, data were collected during the nursing consultation, using specific health instruments: quality of life (HAT-QoL), social support (Social Support Scale for People Living with HIV/aids), anxiety and depression (HAD), Adherence to antiretrovirals (CEAT-VIH). Each patient was exposed to six nursing consultations, at minimum intervals of 30 days, applying the different assessment instruments during the first and sixth consultation. Student’s t and Snedecor’s F test were used for data assessment, 2, Fisher-Freeman-Halton and Spearman’s linear correlation coefficient rs and Pearson’s r were used to assess association and correlation, with significance set at 5%. Twenty-one participants were men and nine women, between 22 and 62 years of age, and 23 took antiretroviral drugs. Regarding quality of life, significant changes (p<0.001) were observed after the nursing interventions, whose patients demonstrated better ratios in terms of: general and sexual activities, concerns with secrecy, financial concerns, awareness on HIV, satisfaction with life, medication-related issues and trust in the physician. As for social support, the variables indicated a significant improvement in emotional (p=0.005) and instrumental (p=0.013) support levels at the end of the study. Anxiety and depression levels were low and significant after the interventions, with p=0.001 and p=0.006, respectively. The comparison between adherence levels to antiretrovirals during the first and last intervention showed a significant difference (p=0.039), indicating improvements in medication use. The data show that patients’ coping with the disease improved, as well as the recovery process of health levels and reintegration into the family and social environment, and also upon returning to daily activities, thus permitting better adaptation to the illness, a better quality of life, greater social involvement, decreased anxiety and depression levels, besides treatment adherence. In conclusion, health monitoring of HIV patients, using nursing consultations focusing on self-care, may have supported the changes observed during the outpatient monitoring interval. This study revealed the urgent need for nurses to set up systematic outpatient follow-up for HIV patients in specialized health services, with a view to improving and promoting these clients’ health.
Descrição: CARVALHO, Carolina Maria de Lima. Avaliação prospectiva de parâmetros de saúde em portadores do HIV mediante consulta de enfermagem. 2010. 125 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2055
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_tese_cmlcarvalho.pdf1,68 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.