Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2062
Título: Revisão do Resultado de Enfermagem comportamento de prevenção de quedas : análise de conceito e validação por especialistas
Título em inglês: Review the nursing outcome Behavior for Falls Prevention : concept analysis and validation by experts
Autor(es): Vitor, Allyne Fortes
Orientador(es): Araújo , Thelma Leite de
Palavras-chave: Acidentes por Quedas
Estudos de Validação
Avaliação em Enfermagem
Data do documento: 2010
Citação: VITOR, A. F. (2010)
Resumo: Verificamos a necessidade de construção e avaliação de definições constitutivas e operacionais para os resultados de enfermagem existentes, como no caso do Comportamento de Prevenção de Quedas, com o uso do devido rigor científico, com a finalidade de prover instrumentos cientificamente fundamentados, amplos e criteriosos para avaliação do estado de saúde. Observamos quanto a isto, que a avaliação correta do risco de quedas no paciente fornece um substrato essencial e adequado ao melhor planejamento do cuidado preventivo. Portanto, torna-se imperativo desenvolver parâmetros para a mensuração do risco de quedas especificamente no âmbito hospitalar, visto ser um importante indicador sobre a qualidade da assistência. Nossa hipótese fundamentou-se em que o resultado de enfermagem Comportamento de Prevenção de Quedas, pertencente a uma classificação que se propõe a ser de âmbito internacional como a NOC, ao ser destinado a um ambiente específico como o hospital, poderia apresentar diferença entre os indicadores sugeridos e aqueles encontrados na literatura e avaliados por especialistas, o que resultaria na reformulação e identificação de novos aspectos referentes ao estado de saúde do paciente a serem avaliados e os quais poderão contribuir para a incorporação de especificidades deste ambiente no cuidado ao indivíduo. O objetivo geral foi revisar o resultado de enfermagem Comportamento de Prevenção de Quedas referente ao diagnóstico de enfermagem Risco de Quedas, para pacientes no contexto de uma internação hospitalar. Estudo metodológico aprovado em Comitê de Ética em Pesquisa e realizado no período de abril de 2009 a junho de 2010. As definições constitutivas e operacionais foram anteriormente construídas mediante método de pesquisa integrativa e análise do conceito “quedas”, realizada com base no modelo proposto por Walker e Avant e com o uso de sete critérios da psicometria: Comportamental, Simplicidade, Clareza, Precisão, Tipicidade, Amplitude. Posteriormente, as definições construídas foram submetidas à validação por especialistas em duas fases, analisadas com uso dos sete critérios da psicometria. Os especialistas foram selecionados conforme os critérios de Fehring adaptados para o estudo. Submetemos 28 indicadores à validação por especialistas, dos quais, 18 pertencem à última edição da NOC, cinco indicadores novos, três variáveis confundidoras e dois indicadores de edições anteriores. Consideramos o título Comportamento de Prevenção de Quedas apropriado para avaliar as condutas do indivíduo para prevenir quedas e, portanto, recomendamos sua manutenção como rótulo de resultado de enfermagem NOC; apreciamos como adequada sua inserção no Domínio 4/ Classe T. Dezessete dos 18 indicadores da última edição da NOC foram considerados de conteúdo válido exceto, Prende pequenos tapetes e aqueles relativos às variáveis confundidoras os quais foram excluídos. A partir disso, 20 indicadores mostraram conteúdo apropriado para avaliar as condutas preventivas de quedas no ambiente hospitalar. Consideramos que a hipótese apontada neste estudo foi confirmada, uma vez que identificamos diferença entre os indicadores NOC e os levantados na literatura e entre estes e os apreciados pelos especialistas para a avaliação do comportamento de prevenção de quedas no cenário hospitalar. Referente ao produto final da proposta de revisão do resultado de enfermagem NOC Comportamento de Prevenção de Quedas, destacamos os benefícios de implementá-lo na prática, para a gestão do risco de quedas no ambiente hospitalar de modo a evitar o desenvolvimento do agravo e de sua complicações.
Abstract: The construction and evaluation of constitutive and operational definitions for the nursing outcomes, such as the Behavior for Falls Prevention, by the use of scientific rigor, are increasingly required. The correct assessment of the risk of falls in the patient provides a suitable and essential substrate to improve the plan of preventive care. Therefore, the development of parameters to measure the risk of falls, specifically in the hospital setting is essential, because it is an important indicator of the quality of care. Our hypothesis was based on this: the nursing outcome Behavior for Falls Prevention, as a component of a international classification as the NOC, when destined for a specific environment such as the hospital, could present difference between its indicators and those suggested by the literature and evaluated by experts, resulting the reformulation and identification of new issues concerning the patient’s health status, which may contribute to the incorporation of specific properties of hospital to the care. The general objective was to review the nursing outcome Behavior for Falls Prevention, concerning the nursing diagnosis Risk of falls for patients within a hospital. Methodological study approved by the Ethics Committee on Research and developed from April 2009 to June 2010. The constitutive and operational definitions were previously constructed by integrative research method and analysis of the concept "falls", by Walker and Avant model and by the use of seven criteria of psychometrics: Behavioral, Simplicity, Clearness, Accuracy, Authenticity and Ampleness. Subsequently, the constructed definitions were evaluated by experts into two phases. Experts were selected according to Fehring criteria, adapted for the study. We were submit 28 indicators to the content validation, of which 18 belong to the latest issue of NOC, five were new indicators, three were confounding variables and two were indicators of previous editions. Thus, we consider the behavior under the Prevention of Falls appropriate to evaluate the individual conduct to prevent falls and, therefore, recommend its preserve as a label of the NOC result; we were appreciate its inclusion in the Domain 4 / Class T as appropriate. Seventeen of eighteen indicators of the latest NOC issue were considered valid about the content except, Holds small rugs and those related to confounding variables, which were excluded. Therefore, 20 indicators were presented appropriate content to evaluate the behaviors of prevention of falls in hospital. We believe that the hypothesis of this research was confirmed because we identify the difference between NOC indicators and those identified in the literature and between them and those assessed by experts. Referring to the final product of the proposed review of the NOC nursing outcome Behavior Prevention of Falls, we emphasize the benefits of its implementing in the nursing practice, to manage the risk of falls in hospitals, to prevent the development of this adverse event and its complications.
Descrição: VITOR, Allyne Fortes. Revisão do resultado de enfermagem comportamento de prevenção de quedas : análise de conceito e validação por especialistas. 2010. 212 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2062
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_tese_afvitor.pdf5,65 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.