Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2064
Título: Avaliação de duas estratégias educativas para prevenção do Diabetes Mellitus Tipo 2 em adolescentes
Título em inglês: Evaluation of two educative strategies for the prevention of Type 2 Diabetes Mellitus in adolescents
Autor(es): Silva, Ana Roberta Vilarouca da
Orientador(es): Damasceno , Marta Maria Coelho
Palavras-chave: Educação em Saúde
Diabetes Mellitus Tipo 2
Saúde do Adolescente
Data do documento: 2009
Citação: SILVA, A. R. V. (2009)
Resumo: O estilo de vida está diretamente relacionado com a incidência de diabetes mellitus tipo 2 (DM2) e o excesso de peso, sedentarismo e maus hábitos alimentares aumentam drasticamente esse risco. Porém sabe-se que esses fatores de risco são passíveis de modificação e que a educação em saúde é uma peça-chave para a diminuição dos casos de DM2 em jovens, o que tem aumentado muito em todo o mundo desde a década de 1990. Estudo quase-experimental, prospectivo e comparativo cujo objetivo foi avaliar duas estratégias educativas para a prevenção do DM2 em adolescentes com fatores de risco, realizado de março a agosto de 2008, em uma escola pública da cidade de Fortaleza-CE. Participaram noventa adolescentes, divididos em dois grupos, GA (n=45) e GB (n=45). Para o grupo GA foi oferecido atendimento individual utilizando como estratégia educativa o folder com explicações breves e para o GB um programa educativo contendo cinco encontros, com duração de dez horas. Usou-se um formulário (dados sociodemográficos e clínicos), um questionário de conhecimento (conceito de diabetes mellitus, tipos, sinais e sintomas, complicações agudas e crônicas, fatores de risco e formas de prevenção) e dois questionários para avaliar a atitude diante da alimentação e atividade física. O questionário de conhecimento foi aplicado no início, imediatamente após as intervenções e após sessenta dias. Os questionários de atitude foram aplicados somente após sessenta dias da intervenção. Conforme os resultados evidenciaram, a maioria dos adolescentes é do sexo feminino, na faixa etária de 14 a 15 anos e cursavam a nona série; 23,3% tinham excesso de peso e 77,8% eram sedentários. As estratégias adotadas mostraram-se eficazes para aumentar o conhecimento dos adolescentes acerca dos fatores de risco para DM2 e formas de prevenção (p= 0,0001) nos grupos A e B. Já em relação à atitude, ao se comparar as estratégias educativas nos grupos A e B, os resultados revelaram-se satisfatórios para a alimentação e atividade física, porém sem significância estatística. Concluí-se que as duas estratégias educativas podem ser utilizadas nas escolas na prevenção do DM2 em adolescentes com fatores de risco.
Descrição: SILVA, Ana Roberta Vilarouca da. Avaliação de duas estratégias educativas para a prevenção do Diabetes Mellitus Tipo 2 em adolescentes. 2009. 150 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2064
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_arvsilva.pdf783,6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.