Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2068
Título: (Re)Construção de ações de educação em saúde a partir de círculos de cultura : experiência participativa com enfermeiras do PSF do Recife/PE
Título em inglês: (Re)building actions of health education from culture circles : experience with nurses of PSF of Recife/PE
Autor(es): Monteiro, Estela Maria Leite Meirelles
Orientador(es): Vieira , Neiva Francenely Cunha
Palavras-chave: Educação em Saúde
Promoção da Saúde
Saúde da Família
Data do documento: 2007
Citação: MONTEIRO, E. M. L. M. (2007)
Resumo: O entendimento de promoção da saúde como mobilização da comunidade para atuar na melhoria de sua qualidade de vida e saúde, bem como no controle do processo, vem alicerçar o conceito de Educação em Saúde. A partir deste entendimento, as ações de Educação em Saúde devem estar articuladas a políticas públicas, ambientes saudáveis e reorientação dos serviços de saúde, assim como, propostas pedagógicas libertadoras, fomentadas nos princípios da solidariedade, da cidadania e da ética, visando à promoção do homem. O estudo apresenta como objetivo geral aplicar o Círculo de Cultura com enfermeiras, que atuam em PSF, como abordagem metodológica para potencializar a práxis de Educação em Saúde. Trata-se de uma pesquisa-ação, realizada nos meses de fevereiro a maio de 2006. Os sujeitos do estudo foram enfermeiras da equipe de Saúde da Família da microrregião 6.3, do Distrito Sanitário VI, que corresponde ao bairro do Ibura, no Município de Recife-PE. Foram selecionados como instrumentos para coleta de dados um formulário de entrevista, a observação participante, o registro fotográfico e filmagem, além do registro em caderno de campo. Foram utilizados como método e técnica o Círculo de Cultura para articular com a dimensão coletiva e interativa da investigação, no desenvolvimento da pesquisa-ação. Foram realizados oito Círculos de Cultura, constituídos das seguintes etapas: conhecimento do universo vocabular do enfermeiro e da comunidade; dinâmica de sensibilização/descontração; problematização; fundamentação teórica; reflexão teórico-prática; construção coletiva dos saberes; síntese do que foi vivenciado e avaliação. Os Círculos constituíram a aplicação dos pressupostos freireanos, como: participação, diálogo, consciência crítica, acesso a conteúdos articulados à realidade, o conhecimento como instrumento de possibilidades e de liberdade, valorização do saber popular, autonomia para realizar suas escolhas e caminhos; como fundamentos mobilizadores de uma complexa estratégia de “empowerment”. A análise e interpretação privilegiaram a discussão em torno dos dados obtidos, segundo a seqüência dos Círculos de Cultura realizados, de onde decorreu a interpretação, pelo grupo, do significado da experiência e pela pesquisadora-animadora em diálogo com a literatura. Assim, cada enfermeira teve a oportunidade de apresentar sua proposta de ação educativa, sendo consolidada uma proposta coletiva de sistematização das intervenções de Educação em Saúde. A proposta da realização de Círculos de Cultura como abordagem fundamental na prática da Educação em Saúde, vem despertar nos profissionais de saúde uma atitude de inquietação e dinamismo ante questões de saúde que tanto afligem as famílias das comunidades onde atuam. Deste modo, enseja-se uma relação de cumplicidade entre os profissionais de saúde e os grupos comunitários com o entendimento de saúde como produto das reais condições sociais e do compromisso com as ações de promoção da saúde.
Abstract: The understanding of health promotion as a process of community mobilization to actuate in the improvement of its life and health quality as also in the control of the process comes to base the concept of education in health. From this, the actions of education in health must be articulated to public policies, agreeable environments and re-orientation of health services, as well as pedagogical liberating offers, stimulated in the principles of solidarity, citizenship and ethics, aiming the promotion of man. This study has as general aim, to apply the Culture Circles with nurses who work in PSF, as a methodological approach to potentialize the praxis of Education in Health. It is a research-action, prepared from February to May of 2006. The subjects of study were nurses from the Family Health team of the micro-region 6.3, of the Sanitary District VI, that is, region of Ibura in the municipality of Recife-PE. Concerning data collection, it was selected an interview form, a participant observation and a photographing register and filming, besides the register in camp notebook. As methody and strategy the Culture Circle was used to link with an interactive and collective dimension of the investigation, in the development of research-action. The techniques of register, processing and exhibition of results, were also used. It was accomplished eight Culture Circles, constituted by the following: the community and nurse vocabulary; dynamic of sensitiveness / relaxing; problem procedure; theoretical establishment; theoretical – practice reflection; collective construction of the knowledge; summary of the experiences; and evaluation. The Circles constituted the application of freireano pressuppositions as: participation, dialogue, critical conscience, contexts near to possibilities and freedom, value to popular know-how, autonomy to achieve choices and ways; as the mobilized basis of a complex strategy of “empowerment”. The analysis and interpretation privileged the discussion around the data according to the sequence of the Culture Circles achieved; from where occurred the interpretation of the meaning of the experience by the group and by the researcher – animated in dialogue with the literature. So, each nurse had the opportunity to present his/her proposal of educational action, being selected collective one of systematization of the interventions of education in health. This proposal of Culture Circles as fundamental approach in practicing the education in health awakes in the health professionals an attitude of anxiety and dynamism towards the problems of health of the families where they work. So, it is necessary a relation of cumplicity between health professionals and communitary groups to see the health as product of real social conditions and liability with the actions of promoting health.
Descrição: MONTEIRO, Estela Maria Leite Meirelles. (Re) construção de ações de educação em saúde a partir de círculos de cultura : experiência participativa com enfermeiras do PSF do Recife - PE. 2007. 179 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2068
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_tese_emlmmonteiro.pdf1,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.