Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2069
Título: A escala de Waterlow na úlcera por pressão em pessoas com lesão medular : uma tecnologia assistencial de enfermagem
Título em inglês: Waterlow’s Scale on pressure ulcers on spinal cord injured persons : an assistance technology of nursing
Autor(es): Studart, Rita Mônica Borges
Orientador(es): Carvalho , Zuila Maria de Figueiredo
Palavras-chave: Úlcera por Pressão
Medição de Risco
Data do documento: 2009
Citação: STUDART, R. M. B. (2009)
Resumo: A escala de Waterlow na úlcera por pressão em pessoas com lesão medular: uma tecnologia assistencial de enfermagem 2009.124f. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação de Enfermagem. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem. Universidade Federal do Ceará.Fortaleza- Ce, 2009. A aplicação da tecnologia assistencial na prática profissional do enfermeiro para avaliar úlcera por pressão em pacientes com lesão medular deve ter uma abordagem holística envolvendo a equipe multiprofissional. Este estudo teve como objetivo avaliar os fatores de risco para úlceras por pressão em pessoas hospitalizadas por lesão medular, utilizando a escala de Waterlow. Estudo transversal, com 60 pacientes internados em um hospital público municipal de emergência de Fortaleza, cuja coleta de dados ocorreu no período de maio de 2008 a outubro de 2008. A população foi constituída pelos pacientes internados nas Unidades de Internações: Neurocirurgia, UTI, Traumatologia e Cirurgia Geral, com o diagnóstico médico de lesão medular. Para a coleta de dados, utilizou-se dois instrumento, contendo dados de identificação e fatores de risco, elaborado por meio de levantamento bibliográfico utilizando a escala de Waterlow. Os dados foram coletados em duas etapas: no primeiro momento no máximo com 96 horas de internação e no segundo momento foram coletados com dez dias de internação. Os dados foram compilados no software Excel, em forma de planilhas e a análise estatística foi feita no programa SPSS versão 13.0. Para a análise de associação dos dados foram utilizados: Teste de Kolmogorov–Smirnov, Coeficiente de correlação de Pearson e Coeficiente de correlação de Spearman. Todas as recomendações éticas foram seguidas durante as etapas da pesquisa. No estudo, os pacientes afetados pela úlcera por pressão, em sua maioria, foram do sexo masculino, com faixa etária entre 18 a 33 anos com uma média de 37,12 anos procedentes da capital, com média salarial e nível de escolaridade baixos. A aplicação da escala de Waterlow, implementada neste estudo, revelou-se eficaz e sensível para avaliar os fatores de risco para úlceras por pressão em pessoas hospitalizadas por lesão medular. Com base nos resultados obtidos, acredita-se que no primeiro momento da avaliação pela escala de Waterlow pode ser dispensada a mensuração do IMC, dada a dificuldade de aferir o mesmo. Ademais foi constatado que o paciente com lesão medular tem altíssimo risco para desenvolver úlcera por pressão independente do IMC. O fator de risco mais significante para o desenvolvimento de úlcera por pressão no paciente com lesão medular foi à mobilidade física prejudicada associada ao longo tempo de internação. A presença de acompanhante foi outro achado importante, pois dos 19 pacientes que não desenvolveram úlcera por pressão todos tinham acompanhantes. Foi constatado também que 90% dos pacientes não receberam nenhum tipo de orientação antes do advento da úlcera por pressão e que apenas 31% receberam orientações depois do aparecimento da úlcera. Este estudo permitiu conhecer de forma aprofundada os riscos mais importantes para desenvolver úlcera por pressão nos pacientes com lesão medular com a utilização da escala de Waterlow
Abstract: Waterlow’s Scale on pressure ulcers on spinal cord injured persons: an assistance technology of nursing 2009. 122f. Master’s Degree Dissertation. Program of Post Graduation on Nursing. Pharmacy, Odontology and Nursing College. Federal University of Ceará. Fortaleza-Ce, 2009. The application of assistant technology in nursing professional practice to evaluate pressure ulcers in spinal cord injured patients must be an holistic approach, involving a multiprofessional team. This study purposed to evaluate the risk factors linked to pressure ulcers in persons hospitalized due to spinal cord injury, using the Waterlow scale. Transversal study, with 60 patients from a municipal public emergency hospital of Fortaleza, in which data were collected between May 2008 and October 2008. The population was constituted by patients interned in Infirmaries: Neurosurgery, UTI, Traumatology and General Surgery with spinal cord injury diagnosis. Two instruments were used for collecting the data, containing identification data and risk factors, elaborated by bibliographical consulting using the Waterlow scale. Data were collected at two stages: the first one the interview and physical exam in patients at the primary 72h of incoming, in the second one at 10 days of incoming. Data were summarized by the software Excel, based on plans, and the statistical analysis was made by SPSS program 13.0 version. Statistical test were performed to data association analysis: Kolmogorov-Smirnov Test, Pearson’s Correlation Coefficient and Spearmen’s Correlation Coefficient. All ethical recommendations were followed during the research stages. In this study, most of all patients affected by pressure ulcers were male, between 18 and 33 years old, with an age average of 37,12 years, coming from the capital urban area, with salary average and scholar status low. The application of the Waterlow scale, performed in this study, demonstrated efficacy and sensibility to evaluate risk factors to pressure ulcers in spinal cord injured hospitalized persons. Supported by the results, it is believed that in the first moment of the evaluation using the Waterlow scale the Body Mass Index should be dismissed, due to the difficulty of measuring it. Besides, it was revealed that spinal cord injured patient has a great risk to developing pressure ulcers, not depending on Body Mass Index. The most significant risk factor to pressure ulcers in that patient was the physical mobility damaged linked to the time of hospitalization. The presence of a companion was other important evidence, so that all of the 19 patients that not developed pressure ulcers were accompanied. It was also showed that 90% of the patients did not receive any kind of information before pressure ulcer occurrence and that only 31% received information after the pressure ulcer occurrence. This study permitted to know deeply the most important risks to pressure ulcers in spinal cord injured patients using the Waterlow scale
Descrição: STUDART, Rita Mônica Borges. A Escala de Waterlow na úlcera por pressão em pessoas com lesão medular : uma tecnologia assistencial de enfermagem. 2009. 122 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2069
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_rmbstudart.pdf554,27 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.