Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20819
Título: O discurso do Movimento Música Popular Maranhense (MPM) da década de 70
Autor(es): Santos, Nilce Helena Marques dos
Orientador(es): Costa, Nelson Barros da
Palavras-chave: Identidade social – Maranhão
Anos 1970
Canções – Maranhão – História e crítica
Maranhense popular music
Discourse analysis
Data do documento: 2015
Citação: Santos, N. H. M.; Costa, N. B. (2015)
Resumo: A história da música maranhense é fortemente marcada pela influência das culturas indígena, africana e portuguesa. Suas composições retratam as influências da riqueza rítmica e histórica da cultura popular da música tradicional. Este trabalho pretende analisar canções produzidas no Maranhão na década de 1970, enquanto prática discursiva, tendo como base a orientação dada por Dominique Maingueneau para a Análise do discurso francesa. Apresentamos algumas categorias como prática discursiva, posicionamento, investimentos genérico, linguístico, cenográfico e ético, relações intertextuais e interdiscursivas enfocadas por Maingueneau. Embasamo-nos ainda nos estudos feitos por Costa (2001) sobre o discurso literomusical brasileiro e nas orientações de Stuart Hall (2002) para os conceitos de identidade e cultura. Em seguida, revisitamos o contexto da música popular maranhense e a incorporação de elementos da cultura popular na música produzida por compositores maranhenses na década de 1970. Buscamos, através de aspectos linguístico-discursivos, analisar a música popular maranhense na década de 1970, enquanto posicionamento no âmbito da Música Popular Brasileira. Os resultados obtidos indicam: As letras particularmente apresentam um código de linguagem híbrido, alternando entre a linguagem culta e a popular; o ethos representa um indivíduo que exalta a sua terra, sua gente e que mesmo estando distante de suas origens, não tem esquecido suas tradições e sua cultura. O enunciador recorre e faz uso de diferentes campos discursivos como o discurso religioso, histórico, para legitimar o seu próprio discurso; as cenografias analisadas, nos três álbuns representativos da MPM, revelam os traços culturais e sociais do povo maranhense, sua história, seus anseios e seus problemas do cotidiano, contribuindo dessa maneira para formar, dentro do gênero canção, um posicionamento (identidade) a partir de processos linguísticos e sociais que reflete a cultura do povo maranhense.
Abstract: The maranhense musical history is strongly marked by the influence of the indian, african and Portuguese cultures. Its compositions portray the influences of the rithmical and richness historical of the popular culture of the traditional music. This paper intends to analyse songs produced in Maranhão in the decade of 1970, while discoursive practice, having as basis the orientation given by Dominique Manigueneau for the Analysis of the French discourse. It is presented some categories as a discoursive practice, position, generical, linguistic, cenographical and ethic investments, also intertextual and interdiscoursive relations focused by Manigueneau. It is based yet upon the studies done by Costa (2001) about the literomusical Brazilian discourse and upon the orientations by Stuart Hill (2002) for the concepts of identify and culture. There after it was revisited the context of maranhense popular music and the incorporation of elements of the popular culture in the music produce by maranhense composers in the decade of 1970. It was sought, through linguistic-discoursive aspects, to analyse the maranhense popular music in the decade of 1970, while a position in the framework of the Brazilian Popular Music. The obtained results point out: the letters particularly present a hy brid language code, alternating between the well educated language and the popular one; the ethos represents an individual who exalts his land, his people and, even being far away from his origins, he hasn‘t forgotten their traditions and their culture. The enunciator resorts it and makes use of different discoursive frields like the religious, historical, discourse, in order to legitimate his own discourse; the analysed cenofraphis from the three alberns, which represent the MPM, reveal the cultural and social traces of the maranhense people, his history, his eagernesse and daily problems so contributing in that way to form, within the gender song, a position (identify) from the linguistic and social processes which reflect the culture of the maranhense people.
Descrição: SANTOS, Nilce Helena Marques dos. O discurso do Movimento Música Popular Maranhense (MPM) da década de 70. 2015. 182f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20819
Aparece nas coleções:PPGL - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_nhmsantos.pdf1,81 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.