Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20875
Título: Flexibilização e intensificação laboral: manifestações da precarização do trabalho e suas consequências para o trabalhador
Título em inglês: Flexibilization and labour intensification: manifestations of the precarization of work and its consequences for the worker
Autor(es): Lima, Camilla Alves
Barros, Edgla Maria Costa
Aquino, Cássio Adriano Braz de
Palavras-chave: Flexibilização
Intensificação
Precarização
Trabalho
Flexibilization
Intensification
Precarization
Work
Data do documento: 2012
Editor: Revista Labor
Citação: Lima, C. A.; Barros, E. M. C.; Aquino, C. A. B. (2012)
Resumo: Os termos flexibilização e intensificação laboral tem sido abordados, muitas vezes, como equivalentes à precarização. Percebemos esses conceitos como distintos e consideramos que a intensificação e a flexibilização se configuram como consequências de um processo generalizado de vulnerabilização das condições de trabalho, característico das últimas décadas. Partindo de tais pressupostos, o objetivo deste artigo é apresentar a flexibilização e a intensificação, marcas do atual cenário laboral, como manifestações do processo de precarização do trabalho. Para atingir esse propósito, teceremos considerações e reflexões históricas sobre o surgimento dos fenômenos em questão, sobretudo, a partir dos processos de reestruturação produtiva da década de 1970. Partiremos de um breve resgate histórico, que possibilite compreender o momento atual, e posteriormente traremos concepções antagônicas do termo flexibilização. Por fim, apresentaremos tal processo como uma oportunidade para intensificação do trabalho e os consequentes danos que acarreta ao trabalhador.
Abstract: The terms flexibilization and work intensification have been addressed, many times, as equivalents to precarization. We see these concepts as distinct and consider that the intensification and flexibilization may be configured as consequences of a generalized process of vulnerability of the work conditions, typical of the last decades. Based on these assumptions, the aim of the present paper is to present flexibilization and intensification, marks of the current labor scenery, as manifestations of the work precarization process. In order to achieve this purpose, we will consider historical reflections on emergence of the phenomena in question, especially from the productive restructuring processes of the 70 ́s. We will start from a brief historical review that allow us understand the current moment and then we will bring antagonistic conceptions of the term flexibilization. Finally, we will present this process as an opportunity to work intensification and the consequent damages to the worker.
Descrição: LIMA, Camilla Alves; BARROS, Edgla Maria Costa; AQUINO, Cássio Adriano Braz de. Flexibilização e intensificação laboral: manifestações da precarização do trabalho e suas consequências para o trabalhador. Revista Labor, Fortaleza, v. 1, n. 7, p. 102-125, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20875
ISSN: 1983-5000
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_art_cabaquino.pdf289 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.