Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2089
Título: Adaptação e validação de protocolo para prevenção de úlcera por pressão em idosos assistidos no domicílio
Título em inglês: Adaptation and validation of protocol for the prevention of pressure ulcers in home-cared elderly people
Autor(es): Moraes, Gerídice Lorna Andrade de
Orientador(es): Silva , Maria Josefina da
Palavras-chave: Úlcera por pressão
Cuidadores
Assistência a Idosos
Data do documento: 2011
Citação: MORAES, G. L. A. (2011)
Resumo: Trata-se de um estudo com delineamento experimental randomizado. Teve como objetivo verificar a validade de um protocolo de enfermagem para prevenção de úlcera por pressão (UPP) em idoso acamado no domicílio, cujo cuidado é realizado pelo cuidador familiar com supervisão dos enfermeiros da atenção básica do Sistema Único de Saúde; revisar o protocolo de prevenção de úlceras por pressão de acordo com o parecer de especialistas em estomaterapia; aplicar a escala preditiva de risco de Braden para classificação do risco de úlcera por pressão em idosos acamados no domicílio e avaliar os resultados esperados segundo o protocolo de prevenção de úlceras por pressão. Este estudo dividiu-se em duas etapas: validação de conteúdo e validação clínica. Utilizou-se como referencial o protocolo prático do padrão de enfermagem desenvolvido pela enfermeira americana Elizabeth Ayello, como parte do projeto do Sistema de Melhoria nos Cuidados de Enfermagem para Idosos (NICHE). O protocolo foi submetido à apreciação de dezesseis enfermeiras especialistas em estomaterapia residentes no município de Fortaleza- Ceará. A coleta de dados foi realizada no período de junho a agosto de 2010, a população do estudo foi de 520 idosos internados em hospitais públicos e privados, sendo recrutados 40 sujeitos. O recrutamento foi através de critérios de elegibilidade, tais como: estar classificado de acordo com a escala preditiva de Braden; estar em situação de incapacidade de deambular; estar acima de 60 anos; e residir no município de Fortaleza ou em regiões metropolitanas. As avaliações e as adequações propostas pelo parecer das especialistas em relação à validação de conteúdo resultaram em inclusões, em itens semelhantes, e exclusões de outros; assim, após consenso das especialistas, das 26 medidas preventivas sugeridas, o protocolo ficou com 16. Das 16 medidas preventivas, 8, ou seja, 40% do total foram realizadas conforme o protocolo por mais de 70% dos cuidadores nas três visitas domiciliárias. A análise de medidas repetidas mostrou a violação do princípio da esfericidade das variâncias entre os dias de aplicação do protocolo. Os grupos apresentaram homogeneidade de variâncias tanto por dia de intervenção como globalmente. Na análise com a correção de Greenhouse-Geisser foi identificada diferença estatisticamente significante entre os escores da escala de Braden por dia (p < 0,001). Observou-se que na primeira, segunda e terceira avaliações, o grupo experimental apresentava número significativamente maior de pacientes com risco alto ou elevado. O grupo controle mostrou maior concentração de pacientes na classificação "Em risco" na terceira e na quarta avaliações. Na quarta avaliação um sujeito do grupo experimental foi reinternado. Os resultados indicam que 13 (65%) dos sujeitos do grupo controle não apresentaram úlcera e 7 (35%) apresentaram. Entretanto, 18 (90%) do grupo experimental não apresentaram úlcera e apenas 2 (10%) apresentaram. O grupo controle apresentou risco relativo para úlcera de 3,5 em relação ao grupo experimental. Esse valor mostra significância estatística ao nível de 10%. O estudo concluiu que a linguagem do protocolo foi clara e que o mesmo foi viável, factível nas medidas preventivas.
Abstract: This is an experimental randomized study which aimed: to verify the validity of a nursing protocol for the prevention of pressure ulcers in elderly bedridden at home, whose care is performed by family caregivers with the supervision of nurses working in the primary care of the Brazilian Health System; to review the protocol for the prevention of pressure ulcers according to the opinion of experts in stomal therapy; to apply the Braden scale for predicting pressure ulcer risk in elderly bedridden at home and to evaluate the expected results according to the protocol for the prevention of pressure ulcers . This study was divided into two phases: content validation and clinical validation. It was used as reference the Nursing Standard of Practice Protocol developed by an American nurse named Elizabeth Ayello, as part of the Nurses Improving Care for Health System Elders (NICHE) project. The protocol was submitted to sixteen nurses expert in stomal therapy living in the city of Fortaleza, Ceara. Data collection was conducted between June and August 2010, the study population consisted of 520 elderly patients admitted to public and private hospitals, being recruited only 40 subjects. Recruitment was done using eligibility criteria such as: being ranked in the Braden scale; being unable to walk; being above 60 years old and living in Fortaleza or in its metropolitan area. The evaluation and adjustments proposed by the experts concerning the validation of content consisted of inclusions in similar items as well as exclusion of others; therefore, after the experts reaching a consensus, the protocol had a total of 15 items out of the 26 suggested preventive measures. From the 15 preventive measures, 6 or 40% of the total were performed according to the protocol by more than 70% caregivers in the three home visits. The analysis of repeated measures showed a violation of the principle of sphericity of variances between the days of the protocol application. The groups showed homogeneity of variances both for days of intervention and globally. In the analysis using the Greenhouse-Geisser correction it was found statistically significant difference in the scores of the Braden scale per day (p <0.001). It was observed in the first, second and third assessments that the experimental group had significantly more patients with high risk. The control group showed a greater concentration of patients in the classification "At risk" in the third and fourth assessments. In the fourth assessment a subject in the experimental group was readmitted. The results indicate that 13 (65%) of subjects in the control group showed no ulcer and 7 (35%) showed. However, 18 (90%) of the experimental group showed no ulcer, and only 2 (10%) showed. The control group showed a relative risk for ulcer of 3.5 compared to the experimental group. This value shows statistical significance at the level of 10%. The study concluded that the language of the protocol was clear and that such protocol feasible in its preventive measures.
Descrição: MORAES, Geridice Lorna Andrade de. Adaptação e validação de protocolo para prevenção de úlcera por pressão em idosos assistidos no domicílio. 2011. 122 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2089
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_tese_glamoraes.pdf7,05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.