Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2090
Título: Validação do Harris Infant Neuromotor Test (HINT) para a língua portuguesa
Título em inglês: Validation of the Harris Infant Neuromotor Test (HINT) for portuguese language
Autor(es): Silva, Grazielle Roberta Freitas da
Orientador(es): Cardoso , Maria Vera Lúcia Moreira Leitão
Palavras-chave: Desenvolvimento Infantil
Estudos de Validação
Data do documento: 2009
Citação: SILVA, G. R. F. (2009)
Resumo: Têm-se utilizado estratégias que subsidiam a prática dos profissionais de saúde, por meio de escalas/testes, como o Harris Infant Neuromotor Teste(HINT). Assim, objetivou-se: validar a versão do HINT na língua portuguesa; avaliar a confiabilidade interclasse e teste-reteste da versão adaptada à língua portuguesa do HINT; avaliar a validade concorrente do HINT com a Alberta Infant Motor Scale (AIMS). Estudo metodológico, longitudinal, com amostra por conveniência consecutiva composta por 73 crianças e responsáveis atendidos no Centro de Desenvolvimento Familiar (CEDEFAM) em Fortaleza-CE-Brasil, entre setembro de 2007 e dezembro de 2008. Executado em duas etapas: pré-teste, com dezessete crianças, e testagem da versão final do HINT de 73 crianças, em três momentos. No primeiro, crianças em idade de 3 meses e 16 dias a 5 meses e 15 dias, sendo aplicado o HINT por dois avaliadores devidamente treinados. Em seguida, reaplicação do HINT, dois e nove dias após a primeira avaliação por um único avaliador. E a terceira, entre 8 meses e 16 dias a 10 meses e 15 dias, usando os mesmos critérios da primeira avaliação. As informações foram armazenadas anonimamente em banco de dados utilizando-se o programa Excel e SPSS®, versão 13, para o cálculo das propriedades psicométricas. Todos os aspectos éticos foram resguardados e respeitados. Após o pré –teste, uma expressão se adaptou à cultura, a saber: Occipital-Frontal Circumference(OFC). A maioria das crianças nasceu por parto vaginal (78,1%); com peso acima de 2.500g; estatura média de 48,51; PC médio de 34,22 e PT entre 30 e 39,5. A IG média é de 37,86 semanas. Pelo perfil materno/cuidador, a maioria das mães era solteira (64,4%), com idade média de 27,42 anos. Já os dados paternos (n= 54) indicam a média de idade 25,9 anos. Mais da metade das mães diz-se de raça negra (54,8%); pais pardos (63%), sem ocupação (63%), com ocupação rentável (74%). Quanto à renda, 35 famílias (47,9%) ganham de um a dois salários. Pais com escolaridade média de 5,6 anos de estudo, tendo a maioria pelo menos iniciado o ensino médio. No concernente à confiabilidade interclasse, na primeira avaliação, mostrou o coeficiente de Kendall tau b entre 0,501 e 1,00. Dos 21 itens do HINT, 4, 7, 12, 18, 19, 20 e 21 tiveram 100% de concordância. Na terceira, um item (item 6) não alcançou excelente concordância, e quinze obtiveram 100% de confiabilidade. Calculada a concordância do valor do escore total, teve-se valor de 0,801 (p= 0,001) e 0,898 (p= 0,001) na primeira e terceira avaliação, respectivamente. No teste-reteste, os itens 4, 7 12, 18, 19, 20 chegaram a 100% de correlação, tanto entre os itens quanto entre as avaliações. Na correlação interitem, os itens 3, 6, 15, 16 e 17 apresentaram baixa correlação. Em contrapartida, os demais foram bons (itens 2, 5, 8, 9, 11 e 13) e excelentes (itens 1, 10 e 14). O escore total foi de excelente correlação interitem (α =0,913). Na correlação entre avaliações, o item 3 (seguimento visual) e o 17 (postura dos pés) apresentaram baixa correlação. Em contrapartida, os demais foram bons (itens 6, 13, 15 e 16) e excelentes (itens 8, 9, 10 e 21). O escore total foi de excelente correlação entre avaliações (α =0,954). Também quanto à validade de critério, aos resultados dos escores finais do HINT e AIMS, usando coeficiente de correlação r de Pearson, entre os dois instrumentos, na primeira e na terceira avaliação. Na primeira avaliação, para o avaliador 1, verificam-se os seguintes resultados: r= - 0,673; e para o avaliador 2, r= -0,670. Na terceira avaliação, o avaliador 1 apresentou r= -0,512 e o avaliador 2: r= -0,523. Os dados se mostraram negativos, pois os instrumentos são inversamente proporcionais. O escore total do HINT, na primeira avaliação, foi de 11 a 39 e, na terceira, de 0 a 17,5. Todos os escores classificaram-se como avançados ou dentro dos limites normais, de acordo com a faixa etária. As mães classificaram as crianças com desenvolvimento acima do padrão esperado ou de acordo com a idade. Confirma-se validade e confiabilidade, mas sugere-se que o HINT seja aplicado em outras realidades e contextos.
Abstract: People have been using strategies that support the practice of health professionals, through scales/tests, such as the Harris Infant Neuromotor Test (HINT). Thus, one aimed: to validate the HINT version in Portuguese language; to evaluate the reliability interclass and test-retest of the adapted version to Portuguese language of the HINT; to evaluate the concurrent validity with the Alberta Infant Motor Scale (AIMS). Methodological, longitudinal study with sample for consecutive convenience composed by 73 children and parents attended in de Center of Family Development (CEDEFAM) in Fortaleza-CE-Brasil, between September 2007 and December 2008. In two stages: pretest with seventeen children, and test of the HINT’s final version with 73 children, in three moments. On the first moment, children at the age of 3 months and 16 days to 5 months and 15 days the Hint being applied by two raters trained properly. Then reapplication of Hint, 2 to 9 days after initial evaluation by one evaluator. And third, between 8 months and 16 days to 10 months and 15 days, using the same criteria of the first evaluation. The information was stored anonymously in the database using the Excel program and SPSS ® for the calculation of psychometric properties. The ethical aspects were guarded and respected. After the pre-test, two expressions were adapted to culture, namely: Public health nurse and occipital-frontal Circumference (OFC). Most children were born by vaginal delivery (78.1%) weighing over 2500g; average height of 48.51, average PC of 34.22 and PT between 30 to 39.5. The average GI is 37, 86 weeks. The maternal profile / caregiver shows the majority of single mothers (64.4%), with average age of 27.42 years. The paternal data (n = 54), indicate the average age of 25.9 years. Most mothers say they are black (54.8%) and brown parents (63%), unemployed (63%) and parents around 74% with profitable occupation. Regarding the income, 35 families (47.9%) earn one to two salaries. Parents had an average of 5.6 years of study, having the majority at least started high school. When it comes to interclass reliability, the first evaluation showed the Kendall tau b coefficient between 0.501 and 1.00. Out of the 21 Hint items, 4, 7, 12, 18, 19, 20 and 21 had 100% of concordance. In the third, an item did not reach excellent agreement, and 15, with 100% of reliability. Calculated the correlation of the total, one obtained the figure of 0.801 (p = 0.001) and 0.898 (p = 0.001) in the first and third assessment, respectively. In the test-retest, the items 4, 7, 12, 18, 19, 20, 21 reach 100% of agreement. Only item 2 (retraction of the neck) showed low reliability, however, all the others were good (items 3, 10, 15 and 16) and excellent (items 1, 5, 6, 8, 9, 11, 13, 14 and 17). The total score had excellent reliability (α = 0.942). Concerning the validity of criterion, the results of the final scores of Hint and AIMS, using correlation coefficient r of Pearson between the two instruments, on the 1st and on the 3rd evaluation, both used at the same time. Between 3.5 to 5.5 months, the first evaluator (r = -0, 673; HINT p = 0.760; AIMS p = 0.313) and second (r = -0, 670; HINT p = 0.682, p = 0.080 AIMS) had moderate correlation. This occurred between 8.5 and 10.5 months for the first evaluator: r = -0.512; HINT p = 0.102, p = 0.136 AIMS and the second: r =- 0.523; HINT p = 0.110; AIMSp = 0, 144. The total score of the HINT, on the first evaluation was 11 to 39, and o the third, 0 to 17.5. All scores were classified as advanced or within normal limits, according to the age group. Mothers classified them as development above the expected standard or according to age. Thus, it is confirmed validity and reliability. One suggests that HINT is applied in other situations and contexts.
Descrição: SILVA, Grazielle Roberta Freitas da. 2009. 151 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2090
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_grfsilva.pdf1,62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.