Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20908
Título: A concepção marxiana de alienação na obra Manuscritos Econômico-Filosóficos
Autor(es): Rocha, Eveline Lima
Palavras-chave: Alienação
Trabalho
Economia política
Data do documento: 2011
Editor: 2º Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação em Humanidades. 8ª Semana de Humanidades. Humanidades: entre fixos e fluxos
Citação: Rocha, E. L. (2011)
Resumo: Karl Marx (1818-1883) escreve os Manuscritos Econômico-Filosóficos em 1844, obra na qual apresenta seu conceito de alienação. Marx trata a problemática da alienação com base em uma crítica à Economia Política, na qual denúncia a exploração sofrida pelo trabalhador no modo de produção capitalista. Segundo Marx, os economistas clássicos não perceberam as determinações internas nas relações econômico-sociais, quer dizer, não analisaram o fato de o trabalhador ser uma mercadoria. A Economia Clássica não concebeu as relações sociais do trabalho, mas apenas as econômicas, deixando de perceber a alienação que o trabalho implica no trabalhador. Desse modo, Marx concluiu que, no modo de produção capitalista a alienação é causada pelo trabalho, que não pode, no modo de produção capitalista, ser analisado apenas como uma categoria ontológica, realizada por um ser consciente de seus atos, mas como uma atividade mecânica. Decorre disso que o trabalhador perde seu ser genérico, uma vez que o trabalho que realiza não é mais trabalho consciente, mas trabalho maquinal, irrefletido. Dessa maneira, Marx demonstra que a atividade produtiva serve apenas como um meio para manter a existência do homem e não para realizar suas potencialidades físicas e intelectuais. Marx atribuiu a alienação do trabalhador à propriedade privada, visto que a situação de alienação deste e, consequentemente, de toda a humanidade, só pode ser superada com a supra-sunção da mesma.
Descrição: ROCHA, Eveline Lima. A concepção marxiana de alienação na obra Manuscritos Econômico-Filosóficos. In: ENCONTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM HUMANIDADES, 2., 2011, Fortaleza. SEMANA DE HUMANIDADES, HUMANIDADES: ENTRE FIXOS E FLUXOS, 8., Fortaleza. Anais… Fortaleza: Universidade Federal do Ceará; Universidade Estadual do Ceará, 2011, p. 1-12.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20908
ISSN: 2177-7624
Aparece nas coleções:CH - Eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_eve_elrocha.pdf165,84 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.