Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21047
Título: Convivência democrática e relações de paz: estudo na Escola Municipal de Ensino Fundamental Desembargador Amorim Lima
Título em inglês: Democratic coexistence and peaceful relations: study in Municipal Elementary School Desembargador Amorim Lima
Autor(es): Pierre, Cláudia Maria Moura
Orientador(es): Matos, Kelma Socorro Lopes de
Palavras-chave: Escola Municipal de Ensino Fundamental Desembargador Amorim Lima – Cultura da Paz
Relação Aluno-Colegas
Relações pedagógicas
Democracy
Relations of Peace
Data do documento: 2016
Citação: Pierre, C. M. M.; Matos, K. S. L. (2016)
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo apresentar as dinâmicas dos modos de convivência democrático e autoritário e averiguar a expressão de alunos e professores da Escola Municipal de Ensino Fundamental Desembargador Amorim Lima, no que se refere à convivência democrática e às relações de paz e conflito na escola. Esta comunidade escolar tem, como um de seus princípios, a democraticidade. Por adotar um modo diferenciado de ensino que modifica as relações com os estudantes, escolhemos esta instituição como locus de nossa investigação. Verificamos, também, a satisfação ou insatisfação dos jovens com a instituição. Relações aluno-professor no contexto da democraticidade, satisfação dos alunos com a escola e a resolução dos conflitos são o foco da pesquisa.A Escola Amorim Lima adotou um modelo inspirado na Escola da Ponte, em Portugal. Fizemos uma pesquisa de campo, com enfoque qualitativo para análise dos dados. Utilizamos a observação sistemática, entrevistas e pesquisa bibliográfica e documental. Cremos que os resultados serão um contributo para os estudos sobre democracia na escola e esclarecimento de fatores que favorecem ou obstaculizam a Educação para Paz no ambiente escolar. Os marcos teóricos que norteiam esta pesquisa são a Cultura de Paz e a Biologia do Conhecimento. Esta teoria lança luz sobre modos de convivência, provê-nos uma compreensão sobre conflitos e propicia uma base teórica às práticas pedagógicas que compreendem a liberdade, o respeito e o amor como fundamentais no ato educativo. A Cultura de Paz oferece-nos um entendimento sobre paz e conflitos e aponta-nos caminhos para uma Educação para a Paz. Os resultados demonstraram que os alunos sentem satisfação com seu ambiente escolar. Atribuímos isto à existência da democraticidade, exercida pela participação e Rodas de Conversa. O estudo demonstrou que a democracia não impede conflitos, mas gera relações humanas nas quais há maior possibilidade de resolução não-violenta e que quando não há encontro na emoção, há problemas relacionais. Percebemos que a existência das Tutorias é um fator que favorece a relação entre professores e alunos e pode amenizar ou impedir conflitos.
Descrição: PIERRE, Cláudia Maria Moura. Convivência democrática e relações de paz: estudo na Escola Municipal de Ensino Fundamental Desembargador Amorim Lima. 2016. 176f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21047
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_cmmpierre.pdf1,87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.