Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21092
Título: A infraestrutura logística e a consolidação do modelo exportador de base primária brasileira
Autor(es): Alves, Phábia Valeska Vale
Orientador(es): Moreira, Carlos Américo Leite
Palavras-chave: Logística
Política industrial
Plano Nacional de Logística e Transportes
Data do documento: 31-Ago-2016
Citação: ALVES, P. V. V. (2016)
Resumo: Atualmente muito se tem falado sobre infraestrutura logística como forma de promover e oferecer suporte a industrialização no país e muitos planos do Governo foram implementados para promover os equipamentos macrologísticos regionais e nacionais, no entanto, o que de fato tais investimentos proporcionaram foram efeitos contrários ao estímulo à industrialização. Este estudo tem como objetivo, investigar se as ações do Estado (governo) no campo da infraestrutura estão contribuindo para reverter o processo de desindustrialização em curso no Brasil, ou se estão sendo determinantes para a consolidação de um modelo exportador de base primária no país. Para tanto, se fez uso de uma pesquisa bibliográfica, que fornece a base teórica para o desenvolvimento desta dissertação, confrontando trabalhos, sobre a teoria do neodesenvolvimentismo, analisando a literatura existente sobre a infraestrutura no Brasil, uma análise do setor industrial, se fazendo de dados secundários coletados sobre as exportações e importações de bens primários e industrializados, a título de constatação sobre a desindustrialização no país. Constata-se neste trabalho, que o efeito contrário a industrialização, advém de uma política neoliberal (mesmo com um governo dito esquerdista no país), que prega o não intervencionismo do Estado na Economia, observa-se também que o mau desempenho obtido nos últimos anos na Indústria Brasileira se deve justamente a ausência de Políticas Industriais Intervencionistas, que segundo os Neodesenvolvimentistas, é necessário, pois as grandes potências econômicas do mundo atual se desenvolveram a base de políticas econômicas protecionistas. Busca-se mostrar, portanto, que o Investimento em Infraestrutura Logística, analisado a partir dos programas governamentais, como o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e o PNLT (Plano Nacional de Logística e Transportes), não são a solução para promover a Industrialização no país, e sim, que acabam por contribuir para consolidar um Modelo de Exportação baseado em produtos primários e/ou com pouca intensidade tecnológica.
Abstract: Currently much has been said about logistics infrastructure in order to promote and support industrialization in the country and many levels of government have been implemented to promote regional and national macrologísticos equipment, however, that in fact such investments provided were effects for stimulus industrialization. This study aims to show whether the infrastructure investments will contribute to the development of an industrial sector, or whether it will contribute to the export sector of primary goods. Therefore, it made use of a literature search, which provides the theoretical basis for the development of this thesis, comparing work on the theory of neo-developmentism, analyzing existing literature on infrastructure in Brazil, an analysis of the industrial sector, is doing secondary data collected on exports and imports of primary commodities and manufactured goods, as a statement on de-industrialization in the country. It is observed in this work, the opposite effect industrialization, comes from a neoliberal policy (even with a leftist said government in the country), who preaches the non-interventionism of the state in the economy, is also observed that the poor performance achieved in recent years in the Brazilian industry is precisely due to the absence of Industrial policy Interventional, which the Neodesenvolvimentistas is necessary because the great economic powers of today's world have developed the basis of protectionist economic policies. Seeks to show, therefore, that the Investment in Infrastructure Logistics, analyzed from government programs such as the PAC (Growth Acceleration Program) and PNLT (National Plan of Logistics and Transport) are not the solution to promote industrialization in the country, but which end up contributing to consolidate an export model based on commodities and / or low technological intensity.
Descrição: ALVES, P. V. V. A infraestrutura logística e a consolidação do modelo exportador de base primária brasileira. 2016. 72 f. Dissertação (Mestrado em Logística e Pesquisa Operacional) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21092
Aparece nas coleções:GESLOG - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_pvvalves.pdfPhábia Valeska Vale Alves - Dissertação995,63 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.