Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2111
Título: Proposição de modelo para escolha de rotas urbanas acessíveis considerando-se os critérios de microacessibilidade para as pessoas com deficiência motora
Título em inglês: Proposal of model for choice of accessible urban routes considering the criteria of microaccessibility to people with physical deficiency motor
Autor(es): Campêlo, Ana Elisa Pinheiro
Orientador(es): Dutra, Nadja Glheuca da Silva
Palavras-chave: Mobilidade urbana
Acesso aos deficientes em espaços públicos
Pedestres
Calçadas
Transportes
Data do documento: Nov-2011
Citação: CAMPÊLO, A. E. P. (2011)
Resumo: O presente trabalho é voltado à acessibilidade do transporte não-motorizado a pé, considerando critérios estabelecidos a partir do conceito de Desenho Universal. O método desenvolvido foi capaz de permitir a proposição de rotas mínimas acessíveis em uma área específica do centro de Fortaleza. Para tanto, foram definidos indicadores de acessibilidade e seus respectivos pesos, possibilitando, assim, o desenvolvimento de uma função representativa do fenômeno microacessibilidade nas calçadas e consequente análise qualitativa da área escolhida. Tal função foi denominada como índice de acessibilidade, a qual foi inserida na arquitetura de um SIG-T (Sistema de Informações Geográficas aplicado aos Transportes). Assumindo-se que a importância relativa de cada indicador de acessibilidade deve ser determinada por aqueles que utilizam as vias de circulação do modo a pé, ou seja, as calçadas, foi entrevistado um grupo de pedestres que apresentam maior limitação física (pessoas com deficiência motora). Em paralelo, um levantamento físico da área de estudo foi realizado para verificar a ocorrência dos indicadores de acessibilidade nos trechos de calçadas, levando em consideração os parâmetros modelados pela NBR9050:2004 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) em relação às necessidades de circulação de uma pessoa usuária de cadeira de rodas. Os dados coletados também foram inseridos no SIG-T para que, por fim, fosse possível classificar tais trechos de acordo com seus respectivos níveis de serviço. Espera-se, aqui, contribuir com a identificação de trajetos urbanos mais acessíveis ao pedestre, sobretudo aos que possuem deficiência motora ou mobilidade reduzida, permitindo, assim, uma orientação dos percursos mais acessíveis sob a ótica da infraestrutura viária.
Abstract: The present study is about the accessibility of the transport not-motorized, as walk, having considered criteria established from the concept of Universal Design. In the literature revision, a new referencial theoretical was found and used later as a starting point for the formulation of a method. This was capable to allow the proposal of accessible minimum routes in a specific area of Fortaleza´s city center. For in such a way, it was defined accessibility´s indicators and its respective weights making possible, thus, the development of a representative function of the phenomenon microaccessibility in the sidewalk and a qualitative analysis of the chosen area. Such function was called as accessibility index, which was inserted in the architecture of a SIG-T (System of Geographic Information applied to the Transports). Believing that the relative importance, that each accessibility´s indicator represents on others, must be determined by that uses the ways of circulation to walk, that is, the sidewalk, the group of pedestrians that presents the most physical limitation was interviewed, the people with motor deficiency. In parallel, a physical survey of the area chosen in Fortaleza´s city center was carried through to verify the occurrence of the accessibility´s indicators in the stretches of sidewalk leading in consideration the parameters preset for ABNT 9050 in relation to the circulation necessities of wheels chair´s users. The data also collected had been inserted in the SIG-T so that it was possible, at last, to classify such stretches in service levels. One expects here to contribute with the identification of accessible urban pedestrian passages, over all to that one who presents motor deficiency or reduced mobility, allowing, thus, an orientation of the accessible passages under the optics of the road infrastructure.
Descrição: CAMPÊLO, A. E. P. Proposição de modelo para escolha de rotas urbanas acessíveis considerando-se os critérios de microacessibilidade para as pessoas com deficiência física motora. 2011. 142 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2111
Aparece nas coleções:DET - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_aepcampelo.pdf8,67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.