Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21136
Título: A função das adaptações dos clássicos no ensino fundamental: estímulo ou estratégia de venda?
Autor(es): Lima, Samila Mara de Oliveira
Palavras-chave: Literatura infanto-juvenil
Adaptação literária
Educação
Leitura
Data do documento: 2011
Editor: 2º Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação em Humanidades. 8ª Semana de Humanidades. Humanidades: entre fixos e fluxos
Citação: Lima, S. M.O. (2011)
Resumo: Desde seu surgimento, a Literatura Infanto-Juvenil esteve ligada à educação como instrumento pedagógico e se mostra extremamente útil no desafio de educar. Para isso, é necessário desvendar e avaliar como ela auxilia e se torna um instrumento significativo na formação de leitores. Em 1971, quando a Lei de Diretrizes e Bases 5692 decretou a leitura obrigatória de autores brasileiros nas escolas, surgiram no mercado diversos livros de Literatura Infantil com diferentes tendências; umas voltadas para o estético, outras marcadas por textos utilitários, cada uma mais pedagógica que outra e todas com proposta de facilitação da leitura. Como exemplo dessa literatura, temos as adaptações dos clássicos literários: textos escritos baseados na obra original com uma linguagem que, segundo os editores, facilita a compreensão do leitor adolescente. Tal literatura surgiu com o pressuposto de que toda leitura é boa, que triste e melancólico é não ler. No entanto, embora se reconheça a importância do contato com esses textos, a Escola, preocupada em criar o gosto pela leitura, aceita, sem discutir, a proposta editorial de apresentar textos mais fáceis, que exigem pouco do leitor. Com base nestas informações, este trabalho objetiva refletir sobre a função real desses textos adaptados e o interesse comercial das editoras. Para essa discussão, temos como corpus a adaptação da obra Triste fim de Policarpo Quaresma de Lima Barreto. Sem duvida, a linguagem utilizada pelo autor é de fácil compreensão para o adolescente, tornando as adaptações em geral discutíveis, desde que elas sejam trabalhadas pelos professores juntamente com a obra original.
Descrição: LIMA, Samila Mara de Oliveira. A função das adaptações dos clássicos no ensino fundamental: estímulo ou estratégia de venda? In: ENCONTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM HUMANIDADES, 2. 2011, Fortaleza. SEMANA DE HUMANIDADES, HUMANIDADES: ENTRE FIXOS E FLUXOS, 8., 2011, Fortaleza. Anais… Fortaleza: Universidade Federal do Ceará; Universidade Estadual do Ceará, 2011, p.01-10.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21136
ISSN: 2177-7624
Aparece nas coleções:CH - Eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_eve_smolima.pdf63,51 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.