Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21205
Título: O desenvolvimento de uma escala de transição e adaptação acadêmica
Título em inglês: The development of the scale of transition and academic adaptation
Autor(es): Pinho, Ana Paula Moreno
Tupinambá, Antonio Caubi Ribeiro
Bastos, Antonio Virgílio Bittencourt
Palavras-chave: Transição acadêmica
Ensino médio
Mudanças comportamentais
Fatores de evasão acadêmica
Data do documento: 2016
Editor: Revista de Psicologia da UFC
Citação: Pinho, A. P. M.; Tupinambá, A. C. R.; Bastos, A. V. B. (2016)
Resumo: A experiência vivida por jovens calouros em universidades é composta por várias facetas. Durante o primeiro ano da universidade, o estudante passa por um processo de adaptação acadêmica marcada por mudanças. Esse período, sendo multidimensional e complexo, necessita ser investigado, principalmente no contexto brasileiro, em que muitas alterações ocorreram no ingresso ao ensino superior e poucos estudos foram desenvolvidos para avaliar as dificuldades de adaptação desses novos estudantes. O objetivo deste estudo foi desenvolver um instrumento que avalie a experiência de transição acadêmica enfrentada por jovens calouros. Participaram da pesquisa 275 estudantes de graduação de duas universidades públicas federais. O instrumento utilizado inspirou-se no Questionário de Experiências de Transição Acadêmica – QETA – introduzido por Stocker e Faria (2008), em Portugal. As análises utilizaram o SPSS –StatisticalPackage for the Social Sciences e princípios da análise fatorial: técnicas de extração de componentes principais e rotação Oblimin direct, com o teste de confiabilidade, Alpha de Cronbach. A escala foi definida em cinco dimensões. Os resultados confirmam a pertinência de algumas dimensões, como pares e professores e traz evidências da importância do ensino médio para o estudo sobre a transição e adaptação acadêmica no contexto universitário.
Abstract: The experience lived by new students in universities consists of many facets. During the first year of University, students go through a process of academic adaptation marked by change. This multidimensional and complex period needs to be investigated, especially in the Brazilian context, in which many changes have occurred in the process of the selection procedures to higher education and only few studies have been developed to assess the difficulties of adaptation of new college students. The aim of this study was to develop an instrument to evaluate the experience of academic transition faced by new students. 275 students of two public universities participated in the research. The instrument was inspired by the Academic Transition Experiences Questionnaire – QETA – introduced by Stocker and Faria (2008), in Portugal. The analysis used the SPSS – Statistical Package for the Social Sciences, and principles of factor analysis: principal components extraction techniques and direct Oblimin rotation, with the reliability test, Alpha of Cronbach. The scale was set in 5 dimensions. The results confirm the relevance of some dimensions, such as peers and teachers, and bring evidence of the importance of secondary education for the study on the transition and adaptation in the academic context.
Descrição: PINHO, Ana Paula Moreno; TUPINAMBÁ, Antonio Caubi Ribeiro; BASTOS, Antonio Virgílio Bittencourt. O desenvolvimento de uma escala de transição e adaptação acadêmica. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 7, n. 1, p. 51-64, jan./jun. 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21205
ISSN: 2179-1740 (online)
0102-1222 (impresso)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_art_apmpinho.pdf502,01 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.