Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21229
Título: Faça-se luz: a eletrificação urbana no Cariri Cearense (1949-1972)
Autor(es): Gomes, Assis Daniel
Orientador(es): Silva Filho, Antonio Luiz Macêdo e
Palavras-chave: Cotidiano
Cariri cearense
Eletrificação
Industrialização
Modernização
Data do documento: 2016
Citação: Gomes, A. D.; Silva Filho, A. L. M. (2016)
Resumo: Com a fundação da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) em 1945 alguns políticos cearenses viram a possibilidade de energizar o seu território e, consequentemente, promover uma modificação substancial em sua economia por meio do fortalecimento de sua atividade industrial. Os intelectuais pertencentes ao Cariri também se congregaram para lutar por esse recurso para a sua região, para isso construíram em 1949 o Comitê Pró-Eletrificação e Industrialização do Cariri. Objetivamos, então, pensar como se modificou o cotidiano regional e estadual nos anos 1950. Levando em consideração, para isso, a emersão de uma disputa política em torno de dois projetos de eletrificação, os avanços e o ingresso de objetos tecnológicos que a chegavam depois de energizada em 1961, bem como o desejo em se tornar um espaço moderno e industrializado. Nesse intuito, verificamos uma gama de fontes a fim de buscar vestígios, confrontá-los e destruí-los para erigir uma análise sobre a construção da Companhia de Eletricidade do Cariri; que moveu, por sua vez, sonhos e desejos ligados a projetos passados, emergindo-os novamente antes e após a sua fundação. Enfim, ao pensarmos as mudanças materiais e imateriais ocorridas nos espaços urbanos caririenses, averiguamos também a presença da cultura norte-americana em seu cotidiano derivada da aproximação entre os EUA e o Brasil – principalmente, no Cariri por meio de seu apoio financeiro e técnico vinculado à Usaid e ao Projeto Morris Asimow.
Abstract: With the founding of the Hydroelectric Company of São Francisco (Chesf) in 1945 some cearenses politicians saw the opportunity to energize its territory and thus promote a substantial change in its economy by strengthening its industrial activity. Intellectuals belonging to Cariri also gathered to fight for this resource for your region, they built in 1949 the Pro-Electrification Committee and Industrialization of Cariri. The objective, then, think how changed the regional and state daily in 1950. Taking into account for this, the emergence of a political dispute around two electrification projects, advances and the entrance of technological objects that It came after power in 1961, and the desire to become a modern industrialized space. To that end, there was a range of sources in order to seek traces, confront them and destroy them to erect an analysis of the construction of the Cariri Electricity Company; that moved, in turn, dreams and desires linked to past projects, emerging them again before and after its foundation. Finally, when considering the material and immaterial changes in caririenses urban spaces, there was also the presence of American culture in their daily lives - derived from the rapprochement between the US and Brazil - mainly in Cariri through its support financial and technical tied to USAID and the Project Morris Asimow.
Descrição: GOMES, Assis Daniel. Faça-se luz: a eletrificação urbana no Cariri Cearense (1949-1972). 2016. 315f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em História, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21229
Aparece nas coleções:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_adgomes.pdf4,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.