Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21233
Título: Canibalismo iconográfico e subversão de gênero em Pedro Almodóvar
Título em inglês: Iconographic cannibalism and gender subversion in Pedro Almodóvar's films
Autor(es): Vale, Alexandre Fleming Câmara
Silveira, Juliana Girão
Palavras-chave: Sexualidades
Gênero
Cinema
Estética
Parentalidades
Data do documento: 2015
Editor: Bagoas
Citação: Vale, A. F. C.; Silveira, J. G. (2015)
Resumo: Este artigo tem como objetivo discutir alguns dos elementos da estética almodovariana relativos à maneira como o diretor espanhol opera no âmbito de sua critica ao catolicismo e ao sistema heterocentrado e normativo de gênero, partindo da noção de canibalismo iconográfico (YARZA, 1999). Em Entre Tinieblas, o diretor espanhol utiliza elementos da iconografia da religião católica para expressar a historia de amor entre duas mulheres. Os símbolos sagrados são devorados para transmitir novos significados, sacralizar e tornar inteligível o desejo homodirecionado. A metafísica específica de Entre Tinieblas é figurada no âmbito de uma poética subversiva da família, na qual o desejo consitui a mola propulsora. Tal estética é incorporada com a função específica de diluição de polos opostos, como o sagrado e o profano, o espiritual e o humano. O canibalismo iconográfico dos símbolos da religião católica inspira o canibalismo dos gêneros masculino e femnino, que tem em personagens como Lola e Agrado, de Todo Sobre mi Madre (1999), o ápice de uma desconstrução irônica da “comédia inevitável” dos gêneros e do mito paterno.
Abstract: This article aims to discuss some of the elements of almodovarian's aesthetics, based on the way the spanish director operates within his critique of catholicism and normative gender system, using the notion of iconographic cannibalism (YARZA, 1999). In Entre Tinieblas, Almodovar make an appropriation of some elments of catholic iconography to express the love story between two women. The sacred symbols are devoured to convey new meanings, sacralize and make intelligible the homo-directed experience. The specific metaphysics of Entre Tinieblas is figured as part of a subversive poetics of family in which desire is the driving force. This aesthetics is incorporated with the specific function of the dilution of oppositions such as the sacred and the profane, the spiritual and the human. This iconographic cannibalism inspires cannibalism of sexual gender roles, shown in characters like Lola and Agrado, in his film Todo Sobre mi Madre (1999), seen here as the culmination of an ironic deconstruction of the "inevitable comedy" of gender and paternal myth.
Descrição: VALE, Alexandre Fleming Câmara; SILVEIRA, Juliana Girão. Canibalismo iconográfico e subversão de gênero em Pedro Almodóvar. Bagoas, Rio Grande do Norte, v. 9, n. 12, p. 21-42, jan./jun. 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21233
ISSN: 2316-6185
Aparece nas coleções:DCSO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_art_afcvale.pdf356,28 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.