Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21240
Título: Formação em Psicologia e a apropriação do enfoque da atenção primária à saúde em Fortaleza, Ceará
Título em inglês: Training in Psychology and the appropriation of the focus on primary health care in Frotaleza, Ceará
Autor(es): Azevedo, Lidiany Alexandre
Tatmatsu, Daniely Ildegardes Brito
Ribeiro, Pedro Henrique Rocha
Palavras-chave: Formação
Psicologia
Atenção primária
Training
Psychology
Primary care
Data do documento: 2011
Editor: Revista Trabalho, Educação e Sáude
Citação: Azevedo, L. A.; Tatmatsu, D. I. B.; Ribeiro, P. H. R. (2011)
Resumo: As mudanças econômicas e sociais ocorridas no Brasil na década de 1980 e a garantia de políticas públicas pela ‘Constituição Cidadã’ ocasionam o início de uma transformação no campo psi: a inviabilidade do modelo de profissional autônomo e a abertura de novos campos de atuação. Dentre estes, a Saúde Coletiva, em seus três níveis de atenção, é a que mais tem possibilitado essas novas formas de inserção. No entanto, o processo de interlocução dos psicólogos com esse campo do saber vem sendo problemático e remete a uma formação que ainda não tem fornecido a preparação necessária para a atuação em consonância com o Sistema Único de Saúde (SUS). Este trabalho teve como objetivo analisara proposta de formação, para a atuação na atenção primária, prevista pelos cursos de graduação em psicologia de Fortaleza, Ceará, por meio dos seus projetos político-pedagógicos. Para isso usou-se uma abordagem qualitativa, tendo com o estratégia metodológica a análise documental. Constatou-se que a formação do psicólogo,apesar das novas diretrizes curriculares, ainda é pautada por uma proposta clínica tradicional, com ensino centrado no modelo intervencionista de saúde. Conclui-se apontando a necessidade de mudanças que ampliem e requalifiquem a formação em psicologia para atuação em Atenção Primária à Saúde.
Abstract: The socioeconomic changes that took place in Brazil in the 1980s and the guarantee of public policies by the ‘citizen constitution’ sparkeda transformation in the psi field: the impracticability of the self-employed worker model and the opening of new fields of performance. Among these, PublicHealth, on its three levels of care, is what has enabled these new forms of integration the most. However, the psychologists' process of dialogue with this field of knowledge has been problematic, a fact that has lead to a type of training that has not provided the necessary readiness for them to work in line with SUS.This article aims to analyze the proposal of training professionals to work in primary care as foreseen under the under graduate programs in psychology in Fortaleza by means of its political and educational projects. To achieve this, the authors used a qualitative approach and document analysis as their methodological strategy. It was found that, notwithstanding the new curriculum guidelines, psychologists are still trained based on a tradition al clinical proposal, with education centered on the intervention model of health. The authors conclude there is a need for changes designed to expand and requalify the training in psychology to work in primary health care.
Descrição: AZEVEDO, Lidiany Alexandre; TATMATSU, Daniely Ildegardes Brito; RIBEIRO, Pedro Henrique Rocha. Formação em Psicologia e a apropriação do enfoque da atenção primária à saúde em Fortaleza, Ceará. Revista Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 9, n. 2, p. 241-264, jul./out. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21240
ISSN: 1981-7746 (online)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_dibtatmatsu.pdf271,32 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.