Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21280
Título: A doação renal em textos científicos: entre as metáforas do presente e da mercadoria
Título em inglês: Kidney donation in scientific texts: between the metaphors of gift and commodity
Autor(es): Fernandes, Luciana Freitas
Germano, Idilva Maria Pires
Palavras-chave: Transplante de rim
Doadores vivos
Discurso
Kidney transplantation
Living donors
Discourse
Data do documento: 2011
Editor: Interface: Comunicação, Saúde, Educação
Citação: Fernandes, L. F.; Germano, I. M. P. (2011)
Resumo: Este trabalho de revisão analisa a produção discursiva sobre o transplante renal com doador vivo, buscando compreender os repertórios interpretativos da doação renal intervivos construídos e disseminados na literatura médica, mediante análise de uma seleção de artigos científicos. Analisaram-se 89 artigos veiculados, entre 1999 e 2010, em periódicos internacionais. A análise destaca um conjunto de tópicos que podem ser enquadrados em dois eixos: aspectos psicossociais da doação e estratégias de ampliação do número de doadores vivos. Esses eixos ancoram-se nas metáforas do “presente” e da “mercadoria”, ambas a serviço da promoção da doação de órgãos e com efeitos específicos. A metáfora do presente constrange os indivíduos à doação espontânea e altruísta; a da mercadoria constrói o corpo como um conjunto de partes recicláveis, passíveis de troca comercial.
Abstract: This study consisted of a literature review that examined discursive production on kidney transplantation with a living donor. It sought to understand the interpretative repertoires of living kidney donation that have been constructed and disseminated in the medical literature, through examination of a selection of scientific papers. Eighty-nine articles published in international journals between 1999 and 2010 were analyzed. The analysis highlighted a set of topics that could be grouped along two thematic strands: psychosocial aspects of donation and strategies for increasing the number of living donors. These strands are anchored in the metaphors of “gift” and “commodity”. Both of them aim towards promoting organ donation and have specific effects. The gift metaphor compels individuals to make a spontaneous and altruistic donation; the commodity metaphor constructs the body as a collection of recyclable parts that are subject to commercial exchange.
Descrição: FERNANDES, Luciana Freitas; GERMANO, Idilva Maria Pires. A doação renal em textos científicos: entre as metáforas do presente e da mercadoria. Interface: Comunicação, Saúde, Educação, Botucatu, v. 15, n. 38, p. 765-777, jul./set. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21280
ISSN: 1807-5762 (online)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_impgermano.pdf84,04 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.