Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21340
Título: Subjetivação e governamentalidade: questões para a psicologia
Título em inglês: Subjectivity and governability: issues for psychology
Autor(es): Silva, Alyne Alvarez
Méllo, Ricardo Pimentel
Palavras-chave: Modos de subjetivação
Psicologia
Governamentalidade
Subjectivity modes
Psychology
Governability
Data do documento: 2011
Editor: Fractal: Revista de Psicologia
Citação: Silva, A. A.; Méllo, R. P. (2011)
Resumo: Este ensaio discorre sobre os modos de subjetivação, dando visibilidade a modalidades de construção e de experimentação subjetiva, problematizando concepções tradicionais da noção de sujeito, que circulam nos cursos de Psicologia. Visa-se instigar discussões que se contraponham à reificação do ser humano como dotado de uma substância atemporal e sem significação política. Tem-se como suporte o conceito de governamentalidade e tecnologias de poder, como as “técnicas de si”, discutidos por Michel Foucault. Neste sentido, a Psicologia pode ser instrumento para pesquisar essas tecnologias e compreender os movimentos de vida do ser humano ou simplesmente tornar-se parte delas, sem criticá-las.
Abstract: This essay argues about the modes of subjectivity, emphasizing the construction and subjectivity experimentation modality and, at the same time, casting doubts on the traditional notions of subjectivity that are present in the Psychology programs. It has the aim to promote discussions to counterpointing the idea that the human beings are made of a substance that is timeless and without political significance. The arguments take support in the concept of governability and power’s technologies, like the “me technologies”, discussed by Michel Foucault. This way, the Psychology might be a tool to investigate these technologies and to comprehend the human life movements, or, it simply can become a part of them without criticism.
Descrição: SILVA, Alyne Alvarez ; MÉLLO, Ricardo Pimentel . Subjetivação e governamentalidade: questões para a psicologia. Fractal: Revista de Psicologia, Rio de Janeiro, v. 23, n. 2, p. 367-388, maio/ago. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21340
ISSN: 1984-0292
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_rpmello.pdf690,87 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.