Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21364
Título: Acurácia das características definidoras do diagnóstico de enfermagem “Ansiedade relacionada à morte” em pessoas que vivem com HIV/AIDS
Título em inglês: Acuracy of the defining characteristics of the nursing diagnosis "Anxiety related to death" in persons living with HIV / AIDS
Autor(es): Alexandre, Herta de Oliveira
Orientador(es): Galvão , Marli Teresinha Gimeniz
Palavras-chave: Diagnóstico de Enfermagem
Ansiedade
HIV
Data do documento: 21-Out-2016
Citação: ALEXANDRE, H. O. ; GALVÃO, M. T. G. (2016)
Resumo: Acurácia é a capacidade de um indicador clínico distinguir entre estados alternativos de saúde, ou seja, de nomear corretamente indivíduos com e sem um determinado diagnóstico de enfermagem. As pessoas que vivem com HIV/aids constituem uma população vulnerável e necessitada de diagnósticos e intervenções voltadas diretamente para suas necessidades. Como a aids é uma doença estigmatizante e está fortemente associada com o receio da morte, esse estudo objetivou analisar a acurácia das características definidoras do diagnóstico de enfermagem Ansiedade relacionada à morte em pessoas que vivem com HIV/aids. Trata-se de um estudo de acurácia diagnóstica das características definidoras do diagnóstico de enfermagem Ansiedade relacionada à morte em pessoas que vivem com HIV/aids. Foi desenvolvido no ambulatório de infectologia do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), no Centro de Saúde Meireles e no Centro de Saúde Carlos Ribeiro. A amostra desse estudo foi composta por 162 indivíduos maiores de 18 anos, de ambos os sexos com HIV/aids e que estavam em uso da terapia antirretroviral. A coleta dos dados foi realizada de Abril a Maio de 2016. Foram utilizados dois formulários para coleta de dados, o primeiro foi o “Questionário Sociodemográfico e de Saúde: Pacientes em uso de TARV” e o “Instrumento de Investigação dos dados subjetivos das características definidoras do diagnóstico de enfermagem Ansiedade relacionada à morte”. Para verificar a sensibilidade e especificidade das características definidoras do diagnóstico de enfermagem estudado, foi utilizado o método de Análise de Classe Latentes. A maioria dos entrevistados era do sexo masculino (89,5%), de cor parda (73,5%), solteiros (74,1%), homossexuais (53,0%), empregados (75,0%), com média de idade de 34,5 (DP: 1,1) e contagem de linfócitos T CD4+ superior a 500 cel/mm³ (DP: 318,8), no entanto, possuíam alta contagem de carga viral (DP:137.755,4). Destaca-se que as características definidoras com melhor acurácia foram, Medo de dor relacionada ao morrer, Medo de sofrimento ao morrer, Impotência, Medo de um processo de morte prolongado e Preocupação quanto ao impacto da própria morte sobre pessoa significativa. Ainda, 85,52% das pessoas vivendo com HIV/aids analisadas manifestaram o diagnóstico em estudo. Ademais, as características que apresentaram maior sensibilidade foram Medo do processo de morrer e Impotência. Enquanto Tristeza profunda e Preocupação quanto à tensão do cuidador tiveram maior especificidade.
Abstract: Accuracy is the ability of a clinical indicator to distinguish between alternative health states, that is, to correctly name individuals with and without a particular nursing diagnosis. People living with HIV / AIDS are a vulnerable population and need diagnoses and interventions that are geared directly to their needs. As AIDS is a stigmatizing disease and is strongly associated with fear of death, this study aimed to analyze the accuracy of the defining characteristics of the nursing diagnosis. Death-related anxiety in people living with HIV / AIDS. This is a diagnostic accuracy study of the defining characteristics of the nursing diagnosis. Anxiety related to death in people living with HIV / AIDS. It was developed in the infectology clinic of the Walter Cantídio University Hospital (HUWC), the Meireles Health Center and the Carlos Ribeiro Health Center. The study sample consisted of 162 individuals older than 18 years of age, of both sexes with HIV / AIDS and who were taking antiretroviral therapy. Data collection was performed from April to May 2016. Two forms were used for data collection, the first was the "Sociodemographic and Health Questionnaire: Patients using ART" and the "Research Instrument of subjective data of characteristics Defining the nursing diagnosis Anxiety related to death ". To verify the sensitivity and specificity of the defining characteristics of the nursing diagnosis studied, the Latent Class Analysis method was used. Most of the interviewees were male (89.5%), brown (73.5%), single (74.1%), homosexual (53.0%), employed (75.0%), Mean age of 34.5 (SD: 1.1) and CD4 + T lymphocyte count greater than 500 cel / mm³ (SD: 318.8), however, had a high viral load count (SD: 137,755.4) . It should be noted that the defining characteristics with the best accuracy were: Fear of pain related to dying, Fear of dying, Impotence, Fear of a prolonged death process and Concern about the impact of death itself on a significant person. Still, 85.52% of the people living with HIV / AIDS analyzed showed the diagnosis under study. In addition, the characteristics that presented greater sensitivity were Fear of the process of dying and Impotence. While deep sadness and concern about the caregiver's tension had greater specificity.
Descrição: ALEXANDRE, H. O. Acurácia das características definidoras do diagnóstico de enfermagem “Ansiedade relacionada à morte” em pessoas que vivem com HIV/AIDS. 2016. 65 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21364
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_hoalexandre.pdf688,57 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.