Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21367
Título: Conhecimento, atitude e prática de mulheres com câncer de mama sobre os métodos de detecção precoce
Título em inglês: Knowledge, attitude and practice of women with breast cancer on early detection methods
Autor(es): Gomes, Altamira Mendonça Felix
Orientador(es): Fernandes, Ana Fátima Carvalho
Palavras-chave: Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Neoplasias da Mama
Enfermagem
Data do documento: 20-Jul-2016
Citação: GOMES, A. M. F. ; FERNANDES, A. F. C. (2016)
Resumo: Ações de detecção precoce do câncer de mama são cada vez mais necessárias a fim de se alcançar a diminuição da morbidade e mortalidade ocasionadas por esta. Dentre estas ações encontram-se o incentivo para a realização do exame clínico das mamas e da mamografia. Quando este câncer não é detectado em sua forma mais precoce o paciente é submetido a tratamentos mais agressivos e deletérios. O conhecimento deficiente da população com relação a estes aspectos acaba por torna-la mais propensa a não adoção de práticas de prevenção secundária do câncer de mama e a população acaba por apresentar a doença em fases mais avançadas. Na busca pela compreensão relativa a estes aspectos, a realização desta pesquisa tem o objetivo de avaliar o conhecimento, a atitude e a prática de mulheres com câncer de mama sobre os métodos de rastreamento (exame clínico das mamas e mamografia). Trata-se de um estudo transversal associado a Inquérito CAP (conhecimento, atitude e prática) aplicado em mulheres com câncer de mama em tratamento quimioterápico atendidas por um centro de referência em oncologia localizado na cidade de Fortaleza, Ceará. A amostra se compôs de 108 mulheres que foram convidadas a assinar o Termo de Consentimento e a responder questionários sociodemográficos, ginecológicos, obstétricos e clínicos, bem como ao Inquérito CAP nos meses de novembro de 2015 a março de 2016. Todos os dados foram tabulados e analisados através da versão 20.0 do programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Os aspectos da resolução 466 ̸ 2012 do Conselho Nacional de Saúde foram respeitados. Os resultados apontaram que o conhecimento e a prática das mulheres com relação aos exames de detecção precoce estavam inadequados entre a maioria das participantes. A atitude foi considerada adequada em grande parte da amostra. A deficiência do conhecimento teve a contribuição da concepção errônea de que os exames de detecção precoce podem prevenir o câncer de mama. A avaliação da prática apresentou periodicidade de realização inadequada, com relação aos dois exames, com muitas participantes realizando as práticas apenas uma vez, onde foi diagnosticada a doença. A significância estatística foi verificada entre idade e prática inadequada e entre religião e prática inadequada, bem como entre o tempo de amamentação e conhecimento inadequado e entre idade da menarca e conhecimento inadequado. Mais ações educativas voltadas para as necessidades das mulheres com câncer de mama no que diz respeito à detecção precoce da doença são fundamentais.
Abstract: Early detection of breast cancer actions are increasingly necessary in order to achieve the reduction of morbidity and mortality caused by this. Among these actions are the incentive to carry out the clinical breast exam and mammography. When this cancer is detected in its earliest form the patient is subjected to more aggressive and harmful treatments. Poor knowledge of the population in relation to these aspects ultimately makes it more prone to non-adoption of secondary prevention practices of breast cancer and the population turns out to have the disease at more advanced stages. In the quest for understanding on these aspects, this research aims to assess the knowledge, attitude and practice of women with breast cancer on screening methods (clinical breast exam and mammography). This is a cross-sectional study associated with the CAP survey conducted in women with breast cancer undergoing chemotherapy met by a referral center for oncology in the city of Fortaleza, Ceará. The sample consisted of 108 women who were asked to sign the consent form and answer questionnaires sociodemographic, gynecologic, obstetric and clinical as well as the Survey CAP in November 2015 to March 2016. All data were tabulated and analyzed using version 20.0 of the Statistical Package for Social Sciences (SPSS). The aspects of Resolution 466 ̸ 2012 National Health Council were respected. The results showed that the knowledge and practice of women with regard to screening tests were inadequate among most participants. The approach was considered appropriate in most of the sample. Deficiency of knowledge was the contribution of the misconception that screening tests can prevent breast cancer. The evaluation of the practice presented frequency of inadequate achievement with respect to the two exams, with many participants carrying out the practice only once, where she was diagnosed the disease. Statistical significance was found between age and religion with inadequate practice, between the time of breastfeeding and age at menarche and inadequate knowledge and inappropriate practice with how often held mammography. More educational activities focused on the needs of women with breast cancer in relation to early detection of the disease are essential.
Descrição: GOMES, A. M. F. Conhecimento, atitude e prática de mulheres com câncer de mama sobre os métodos de detecção precoce. 2016. 71 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21367
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_amfgomes.pdf1,54 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.