Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21390
Título: Turismo, populações tradicionais e ambiente
Título(s) alternativo(s): Turismo, las poblaciones y el medio ambiente tradicionales
Título em inglês: Tourism, traditional populations and environment
Autor(es): Araújo, Antônia Gabriela Pereira de
Aragão, Lorena Leite
Rodrigues, Lea Carvalho
Palavras-chave: Turismo
Políticas públicas
Populações tradicionais
Ambiente
Rota das Emoções
Data do documento: 2014
Editor: Gaia Scientia
Citação: Araújo, A. G. P.; Aragão, L. L.; Rodrigues, L. C. (2014)
Resumo: Abordamos as políticas públicas de desenvolvimento por meio do turismo na região extremo Oeste do litoral cearense. A pesquisa é sobre o roteiro turístico Rota das Emoções: Delta – Jeri – Lençóis, fruto da parceria entre Ceará, Piauí e Maranhão. O roteiro cria um extenso corredor turístico regional. Procuramos atentar para os efeitos das mudanças ocorridas na sua implementação, particularmente nas localidades de Bitupitá e Venâncio, no município de Barroquinha. O turismo em localidades de baixo desenvolvimento econômico é concebido pelo Ministério do Turismo como fomentador do desenvolvimento econômico e social, já que age como propulsor de outras atividades presentes no ramo turístico. Logo, a presente proposta volta-se para os impactos gerados nas populações de pescadores e agricultores das localidades referidas, considerando os saberes e fazeres tradicionais da pesca de curral e as alianças de parentesco. Como ferramenta de análise nos valemos das propostas e discussões na área da antropologia do turismo, com ênfase na tensão entre sociedade e ambiente, com um olhar crítico para a noção de desenvolvimento sustentável (Leff, 2007 e Coriolano, 2006). Metodologicamente, procuramos seguir as proposições de Ingold (2000) de abandono à dicotomia natureza/cultura, privilegiando as relações de integração entre organismo e ambiente (ecologia da vida).
Abstract: Aiming to study public policy development through tourism in the extreme western coastland of Ceará, we carried out a research on the tour “Rota das Emoções: Delta – Jeri – Lençóis”, the fruit of a partnership between three Brazilian states: Ceará, Piauí and Maranhão. This tour creates an extensive regional tourism corridor. We focused on the effects of the changes which took place along its implementation, particularly in Bitupitá and Venâncio, both in the municipality of Barroquinha. In low economic development areas, tourism is conceived by the Ministry of Tourism as a promoter of economic and social development, since it acts as a propellant of other activities linked to the tourist industry. Taking this into account, we aim to analyze the impacts it has on populations of fishermen and farmers who live in the aforementioned localities, considering traditional fish weir knowledge and kinship alliances. We used proposals and discussions in the field of tourism anthropology as analysis tools, highlighting the tension between society and environment, with a critical look at the notion of sustainable development (Leff, 2007 and Coriolanus, 2006). Methodologically, we followed the path of Ingold (2000), who discusses the abandon of the dichotomy nature / culture, emphasizing the relationships of integration between organism and environment (ecology of life).
Resumo em espanhol: Nos dirigimos a la elaboración de políticas públicas a través del turismo en la región más occidental de Ceará. La investigación está en el itinerario del viaje Ruta de las Emociones: Delta - Jeri - Sábanas, resultado de una colaboración entre Ceará, Piauí y Maranhão. El script crea un extenso corredor turístico regional. Nosotros tratamos de prestar atención a los efectos de los cambios en su aplicación, sobre todo en las ciudades de Bitupitá y Venancio, en el municipio de Barroquinha. Turismo en lugares bajos de desarrollo económico ha sido diseñado por el Ministerio de Turismo como desarrolladores de desarrollo económico y social, como actos de otras actividades como propulsores presentes en la industria turística. Por lo tanto, esta propuesta se dirige a los impactos sobre las poblaciones de pescadores y agricultores de estos lugares, teniendo en cuenta los conocimientos tradicionales y el corral obras de pesca y las alianzas de parentesco. Como una herramienta de análisis que hacemos uso de las propuestas y los debates en el campo de la antropología del turismo, haciendo hincapié en la tensión entre la sociedad y el medio ambiente, con una mirada crítica sobre el concepto de desarrollo sostenible (Leff, 2007 y Coriolanus, 2006). Metodológicamente, trate de seguir las propuestas Ingold (2000) abandonó la dicotomía naturaleza / cultura, centrándose en las relaciones de integración entre el organismo y el medio ambiente (ecología de la vida).
Descrição: ARAÚJO, Antônia Gabriela Pereira de; ARAGÃO, Lorena Leite; RODRIGUES, Lea Carvalho. Turismo, populações tradicionais e ambiente. Gaia Scientia, João Pessoa, v. 8, n. 2, p. 161-171, 2014. Edição Especial Populações Tradicionais.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21390
ISSN: 1981-1268
Aparece nas coleções:DCSO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_lcrodrigues.pdf459,57 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.