Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21454
Título: Bioprodutos derivados de biomassa vegetal no combate ao mosquito transmissor da dengue - Aedes aegypti
Título em inglês: Bioproducts from biomass plant from Adenanthera pavonina and Cashew Nut Shell Liquid – CNSL with potential larvicidal and ovicidal activity against the mosquito Aedes aegypti
Autor(es): Esmeraldo, Milena Alencar
Orientador(es): Mazzetto, Selma Elaine
Palavras-chave: Galactomanana
Aedes aegypti
Atividade larvicida e ovicida, LCC.
Química dos produtos naturais
Data do documento: 2016
Citação: ESMERALDO, M. A. (2016)
Resumo: O mosquito Aedes aegypti é o principal transmissor responsável pela disseminação de doenças como Febre Chikungunya, Zika e Dengue. Na ausência de uma vacina eficaz para todos os tipos de afecções transmitidas, o controle ainda é realizado por meio da eliminação dos criadouros potenciais dos mosquitos através da aplicação de larvicidas e inseticidas durante o período de transmissão. No tocante aos inseticidas, os mais usados estão se tornando obsoletos devido ao surgimento de linhagens de mosquitos resistentes. Dentro deste contexto, este trabalho tem como proposta a obtenção, caracterização e aplicação de bioprodutos para o controle das larvas e ovos do mosquito Aedes aegypti, a partir principalmente de biomassa vegetal, mais precisamente o Líquido da casca da castanha de caju natural e técnico, os constituintes cardanol, cardol, atuando como material de núcleo e galactomananas oriundas de endospermas de sementes da espécie Adenanthera pavonina L. como material encapsulante. Os bioprodutos encapsulados, obtidos através de secagem por atomização em Spray Dryer, foram caracterizados estruturalmente por espectroscopia de Microscopia Eletrônica de Varredura - MEV, Termogravimetria - TG, Espalhamento de Luz Dinâmico - DLS e através dos perfis cinéticos de liberação in vivo e in vitro. Ensaios biológicos com larvas de 3º estágio do mosquito Aedes aegypti foram realizados em diferentes concentrações (10 – 20 – 40 – 80 – 100 - 200 – 400 -800 – 1000) ppm dos bioprodutos. Em concentrações acima de 200 ppm todos os bioprodutos apresentaram índices de mortalidade acima de 80%, principalmente observado para o LCC natural, sendo este percentual considerado satisfatório para larvicidas pela Organização Mundial de Sáude - OMS. Ensaios biológicos de atividade de oviposição e ovicida no intervalo de concentrações (200 - 500 – 800) ppm também foram realizados apresentando percentuais de repelência à oviposição acima de 60 % bem como baixos índices de eclosão dos ovos e crescimento das larvas. Esses resultados trazem boas perspectivas quanto à utilização destes bioprodutos no combate/controle ao mosquito Aedes aegypti sugerindo potenciais aplicações nos preceitos da Química Verde.
Abstract: The Aedes aegypti mosquito is the main vector responsible for the spread of diseases like Chikungunya Fever, Zika and Dengue. Due to the absence of an effective vaccine for all kinds of diseases, the control is still accomplished through the elimination of potential mosquito breeding grounds by applying larvicides during the period of transmission. Regarding to pesticides, the most used are becoming obsolete due to the emergence of resistant strains of mosquitoes. Given this context, this study aimed at obtaining, characterizing and testing bioproducts to selective control of larvae and eggs of Aedes aegypti, adding value to the plant biomass, more precisely the Cashew Nut Shell Liquid technical and natural and constituents cardanol, cardol acting as core material and galactomannans derived of the endosperm of seeds of Adenanthera pavonina L. species as encapsulant. Encapsulated bioproducts, obtained by spray drying Spray Dryer, were characterized by spectroscopy Scanning Electron Microscopy - SEM, Thermogravimetric analysis - TG, Dynamic Light Scattering - DLS and through the kinetic profiles of release in vivo and in vitro. Laboratory bioassays were performed with larvae of the 3rd stage Aedes aegypti mosquito at different concentrations (10 - 20 - 40 – 80 -100 – 200 - 400 - 800 - 1000) ppm of bioproducts. Above 200 ppm concentration all bioproducts showed mortality rates above 80%, mainly noted for LCC natural, and the percentage considered acceptable by the World Health Organization - WHO to larvicides. Biological assays oviposition and ovicidal activity in the concentration range (200 - 500 - 800) ppm were also performed showing percentage repellence oviposition above 60% and low rates of hatching eggs and larvae growth. These results bring good prospects regarding the use of bioproducts in combat / control the mosquito Aedes aegypti suggesting potential applications in the precepts of Green Chemistry.
Descrição: ESMERALDO, Milena Alencar. Bioprodutos derivados de biomassa vegetal no combate ao mosquito transmissor da dengue - Aedes aegypti. 2016. 117 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21454
Aparece nas coleções:RENORBIO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_maesmeraldo.pdf3,99 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.