Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21456
Título: Risco de insustentabilidade financeira dos beneficiários de uma operadora de planos de saúde: uma comparação de modelos de classificação
Autor(es): Oliveira, Daniele Adelaide Brandão de
Orientador(es): Rebouças, Sílvia Maria Dias Pedro
Palavras-chave: Controle financeiro
Saúde Suplementar
Planos de Pré-Pagamento em Saúde
Data do documento: 2014
Citação: OLIVEIRA, D. A. B. (2014)
Resumo: Este trabalho teve por objetivo realizar um estudo analítico relativo à sustentabilidade financeira dos beneficiários da carteira de uma operadora de planos de saúde. A amostra investigada no estudo é de uma operadora de plano de saúde vinculada ao Banco do Nordeste do Brasil S.A. (BNB) e é composta por 38.875 usuários, ativos, entre os anos de 2011 e 2013. Especificamente, buscou-se nesse trabalho aplicar técnicas de classificação de insustentabilidade financeira de beneficiários de uma operadora de planos de saúde, identificando o modelo de melhor ajustamento e os principais determinantes de insustentabilidade. As técnicas estatísticas de classificação supervisionada empregadas foram a regressão logística, as árvores de classificação e o classificador de vizinhos mais próximos. Além disso, foi empregada a curva ROC para comparar os desempenhos das técnicas utilizadas, sendo a área abaixo da curva (AUC), a principal medida observada. Os resultados obtidos mostraram que a maior parte da amostra é composta por beneficiários sustentáveis. O modelo de regressão logística obteve precisão de 68,43% com AUC de 0,7501, as árvores obtiveram 67,76% e AUC de 0,6855, enquanto o classificador dos vizinhos mais próximos teve uma precisão de 67,22% e AUC de 0,7258. As variáveis apontadas como mais importantes pelos dois primeiros modelos, considerando uma análise conjunta, são a Idade e o Tipo de Plano, dentre aquelas que definem o perfil do usuário e a Receita, Consulta e Odontologia, daquelas que definem o histórico de utilização do usuário.
Abstract: This study aimed to present an analytical study on the financial sustainability of the beneficiaries of a health insurance carrier portfolio. The sample investigated in this study is a provider of health plan linked to the Banco do Nordeste do Brazil SA (BNB) and consisted of 38,875 users, active between the years 2011 and 2013. Specifically, in this study we sought to identify the main determinants of financial sustainability of beneficiaries of the portfolio of carrier. Statistical techniques for supervised classification were employed logistic regression, classification trees and nearest neighbor classifier. In addition, the ROC curve was used to compare the performances of the techniques used, with an area under the curve (AUC), the main measure observed. The results showed that the majority of the sample is composed of organic recipients. The logistic regression model obtained accuracy of 68.43% with AUC of 0.7501, the trees obtained 67.76% and AUC of 0.6855, while the nearest neighbor classifier had an accuracy of 67.22% and AUC of 0.7258. The variables considered most important by the first two models, considering a joint analysis are the age and the type of plan, among those that define the user profile, and the IRS, and Dental Consultation, those that define the historical use of user.
Descrição: OLIVEIRA, Daniele Adelaide Brandão de. Risco de insustentabilidade financeira dos beneficiários de uma operadora de planos de saúde : uma comparação de modelos de classificação. 2014. 112 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria, Fortaleza-CE, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21456
Aparece nas coleções:PPAC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_dis_daboliveira.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.