Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21524
Título: Uso de subárvores especializadas para obtenção de desfazer e tutorial localizados em sistemas de controle de versão de modelos 3D
Título em inglês: Using of specialized subtrees to obtain regional undo and tutorials in version control systems for 3D models.
Autor(es): Vieira, Rafael Siqueira Telles
Orientador(es): Cavalcante Neto, Joaquim Bento
Coorientador(es): Vidal, Creto Augusto
Palavras-chave: Controle de versão 3D
Subárvores especializadas
Desfazeres localizados
Data do documento: 2016
Citação: VIEIRA, R. S. T. (2016)
Resumo: Um sistema que grava mudanças realizadas nos dados de um arquivo é chamado de Sistema de Controle de Versões. Nesse tipo de sistema, cada versão corresponde a uma mudança efetuada. Sistemas de controle de versões podem armazenar todo tipo de arquivos, contudo o foco desta tese é em mudanças feitas sobre arquivos de malhas poligonais, i.e., modelos tridimensionais. A estrutura de dados usada por esses sistemas são árvores ou grafos direcionados acíclicos, sendo que esta tese foca em árvores de controle de versão (ACVs). O método desenvolvido permite que o usuário rastreie o histórico de mudanças geométricas e topológicas que ocorreram sobre uma determinada região da malha para desfazer algumas das operações efetuadas ou para desenvolver um tutorial. Para efetuar esse rastreamento, a região desejada é selecionada através de uma Caixa Envoltória, que é propagada para todos os nós da ACV, de modo a encontrar as interseções da seleção com os Conjuntos de Mudanças, i.e., encontrar as diferenças entre duas versões consecutivas de uma sequência de modelagem. Para encontrar esses conjuntos, é feito um mapeamento de elementos entre versões vizinhas usando-se de propagação topológica e tabelas de dispersão (hash), que são responsáveis respectivamente por avançar a fronteira entre elementos mapeados e não mapeados de uma malha, e desenvolver uma chave única para elementos que não se alteram entre versões consecutivas. Com essas informações, é possível extrair uma subárvore associada com a região selecionada de maneira a servir como um tutorial sobre como aquela região foi desenvolvida ao longo do tempo para fins de aprendizagem. Essa subárvore também permite desfazer operações locais, i.e., operações que não mudam todos os elementos de uma versão da malha, de modo a poupar tempo de modelagem, que normalmente é alto mesmo para malhas simples. Nesta tese, é desenvolvida uma operação especialista de desfazer que atua apenas sobre uma região específica, chamada de Desfazer Localizado, que é uma das principais contribuições desta tese. As limitações do método, os meios para superá-las, e os resultados obtidos pela técnica em seu estado são discutidos e apresentados. A técnica é comparada com outra que pertence ao estado da arte, e é também analisada com relação a eficiência de geração de chaves únicas, i.e, a perfeição do índice de dispersão, e quanto a sua velocidade que representam dois pontos importantes do algoritmo, pois lida com grandes conjuntos de dados.
Abstract: A system that records changes made to a file is called a Version Control System (VCS). Even though VCSs may store all kinds of files, our thesis focus on changes made to polygonal mesh files. The data structure used by those systems are trees or directed acyclic graphs, and our work focuses on version control trees (VCTs). Our method allows the user to track the history of topological and geometrical changes made to a mesh region to generate a tutorial or to undo some operations made to that region. The region to be tracked is selected through a bounding box selection mechanism, which is propagated to all VCT nodes so we can find the intersection sets between the bounding-box selection and Changesets, i.e., the difference between two consecutive versions. To identify the Changesets, the algorithm maps elements from one version to another using topological propagation and hash tables, which are responsible for propagating the border between mapped and unmapped elements, and to create a unique key for elements that do not change between consecutive versions. With these data, it is possible to construct a subtree associated with the selected region to serve as a tutorial on how that region was modeled. That subtree also allows the user to undo local changes, i.e., operations that do not change all elements of a mesh version, to save modeling time, which is normally high even for small meshes. This undo operation acts just over a specific region and it is a specialized undo, as such, we call it bounded undo, which is an important contribution in this Thesis. Despite the important contributions, we also point out some current limitations to our method and discuss ways to overcome them. Our technique is also compared with the current state of the art version control systems for meshes, and is analyzed with respect to efficiency of unique key generation and speed, which are two important points of the algorithm, since it deals with large datasets.
Descrição: VIEIRA, Rafael Siqueira Telles. Uso de Subárvores Especializadas para Obtenção de Desfazer e Tutorial Localizados em Sistemas de Controle de Versão de Modelos 3D. 2016. 119 f. Tese (Doutorado em Ciência da Computação)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21524
Aparece nas coleções:DCOMP - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_rstvieira.pdf7,39 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.