Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21549
Título: Programas de luz para codornas de corte criadas em região equatorial
Título em inglês: Light programs for quails created in equatorial region
Autor(es): Aguiar, Germana Costa
Orientador(es): Freitas, Ednardo Rodrigues
Palavras-chave: Coturnix coturnix
Coturnicultura
Características de carcaça
Desempenho
Fotoperíodo
Maturidade sexual
Data do documento: 2016
Citação: AGUIAR, G. C. (2016)
Resumo: Foram realizados dois experimentos para avaliar o efeito dos programas de luz para codornas de corte (Coturnix coturnix) criadas em região equatorial sobre o desempenho e características de carcaça, em diferentes idades de abate, e maturidade sexual, desempenho e qualidade dos ovos durante o período de postura. No primeiro experimento, 1500 codornas sexadas foram distribuídas em delineamento inteiramente casualizado segundo esquema fatorial 2x3, sendo dois sexos (machos e fêmeas) e três programas de luz, com cinco repetições de 50 aves. Os programas de luz foram aplicados no período de 7 a 49 dias de idade, sendo natural o programa de luz natural constituído de 12 horas e 30 minutos de luz natural e 11 horas e 30 minutos sem iluminação artificial durante o período da noite. O programa de luz intermitente, constituído de 18 horas de luz e 6 horas de escuro, sendo o período de luz composto de 12 horas e 30 minutos de luz natural e 5 horas e 30 minutos de luz artificial intercalada pelos períodos de escuro (1 hora e 23 minutos de luz e 1 hora e 23 minutos de escuro) e o programa de luz contínuo as aves foram submetidas a 23 horas de luz constante, sendo 12 horas e 30 minutos de luz natural, 10 horas e 30 minutos de luz artificial e 1 hora de escuro. Durante todo período experimental as aves dos diferentes tratamentos foram submetidas ao mesmo programa de alimentação. Para o consumo de ração, em todos os períodos, não houve efeito da interação (luz x sexo), entretanto, o programa de luz natural resultou em menor consumo em relação a iluminação intermitente e contínua, que não diferiram entre si. Embora as fêmeas am apresentado maior consumo, houve diferença significativa apenas nos períodos de 7 a 42 dias e 7 a 49 dias. Para o ganho de peso, houve efeito da interação (luz x sexo) nos períodos de 7 a 42 dias e 7 a 49 dias. Enquanto o ganho de peso entre os machos não diferiu significativamente, o programa de luz natural resultou em fêmeas mais leves em relação à iluminação intermitente e contínua, que não diferiram entre si. As fêmeas foram mais pesadas que os machos, em todos os programas de luz e períodos de criação. A conversão alimentar não foi influenciada pela da interação (luz x sexo) em todos os períodos e também não foi influenciada pelos fatores isolados no período de 7 a 35 dias de idade. Porém, nos períodos de 7 a 42 dias e 7 a 49 dias, o programa de luz natural resultou em melhor resultado em relação à iluminação intermitente e contínua, que não diferiram entre si, e as fêmeas apresentaram melhor conversão alimentar. Paras as características de carcaça e vísceras, houve efeito da interação (luz x sexo) apenas para o rendimento de carcaça e peito no período de 7 a 49 dias. O rendimento de carcaça entre os machos não diferiu significativamente; para fêmeas, o programa de luz natural resultou em maior rendimento em relação à iluminação intermitente e contínua, que não diferiram entre si. Com isso, os machos submetidos à iluminação intermitente e contínua apresentaram maior rendimento de carcaça em relação às fêmeas. Para o rendimento de peito, não houve diferença entre as fêmeas, enquanto para os machos, o programa de luz natural resultou em maior rendimento em relação à iluminação intermitente e contínua, que não diferiram entre si. Dessa forma, os machos submetidos à iluminação intermitente e contínua apresentaram menor rendimento de peito em relação às fêmeas. O rendimento de coxa + sobrecoxa não foi influenciado pelos fatores estudados, enquanto a proporção de gordura abdominal foi menor para as aves submetidas à iluminação natural e foi maior nas fêmeas aos 49 dias de idade. A proporção de fígado, aos 35 dias de idade, não foi influenciada pelos fatores estudados, porém, foi menor para aves submetidas à iluminação natural e para os machos, aos 42 e 49 dias de idade. No segundo experimento, foram utilizadas 240 codornas de corte fêmeas remanescentes do primeiro experimento. As aves foram transferidas para um galpão de produção, segundo delineamento experimental inteiramente casualizado, com três tratamentos e cinco repetições de 16 aves. O período experimental foi dividido em quatro períodos de 21 dias, durante os quais as aves de todos os tratamentos foram submetidas ao mesmo programa de luz e alimentação. Para análise estatística dos dados de produção e qualidade dos ovos, além do efeito dos programas de luz da fase de crescimento foi adicionado ao modelo o efeito do período do ciclo de postura. As aves que, na fase de crescimento, foram submetidas ao programa de luz contínuo ou intermitente foram mais precoces quando comparadas as que foram submetidas ao programa de luz natural. Para as variáveis de desempenho, exceto peso dos ovos, houve efeito da interação (programa de luz x período do ciclo de postura), entretanto, não foi observado esse efeito para as variáveis de qualidade dos ovos. As aves submetidas ao programa de luz natural na fase de crescimento apresentaram menor consumo de ração até o segundo período (71 a 92 dias de idade), menor produção de ovos durante todos os períodos, menor massa de ovos e pior conversão alimentar até o terceiro período (93 a 114 dias de idade). Essas variáveis não diferiram entre o programa contínuo e o intermitente a partir do segundo período (71 a 92 dias de idade). Os programas de luz da fase de crescimento não influenciaram as características de qualidade dos ovos, porém, com o avançar da idade das aves houve redução na proporção de gema e aumento do albúmen e casca dos ovos, do primeiro (49 a 71 dias de idade) para os demais períodos do ciclo, e piora na qualidade do albúmen e da casca, do primeiro (49 a 71 dias de idade) até o terceiro período (93 a 114 dias de idade). Conclui-se que, em região equatorial, é possível utilizar um programa de luz com apenas iluminação natural para a criação de codornas machos e fêmeas destinadas a produção de carne no período de 7 a 49 dias de idade. Entretanto, o programa de luz natural aumenta a idade da maturidade sexual e piora o desempenho das aves durante o ciclo de produção (49 aos 136 dias de idade). O programa de luz intermitente mantém a maturidade sexual, o desempenho e qualidade dos ovos durante o ciclo de produção.
Abstract: Two experiments were carried out to evaluate the effect of light programs for quails (Coturnix coturnix) grown in equatorial region on performance and carcass characteristics at different slaughter ages, sexual maturity, performance and quality of eggs during the laying period. In the first experiment, 1500 sex quails were distributed in a completely randomized design according to a 2x3 factorial scheme, with two sexes (males and females) and three light programs, with five replicates of 50 birds. The light programs were applied in the period from 7 to 49 days old, being natural the natural light program consisting of 12 hours and 30 minutes of natural light and 11 hours and 30 minutes without artificial lighting during the night. The intermittent lighting program, consisting of 18 hours of light and 6 hours of darkness, the period of light composed of 12 hours and 30 minutes of natural light and 5 hours and 30 minutes of artificial light interspersed by periods of darkness (1 hour and 23 minutes of light and 1 hour and 23 minutes of dark) and the continuous light program the birds were subjected to 23 hours of constant light, being 12 hours and 30 minutes of natural light, 10 hours and 30 minutes of artificial light and 1 hour of dark. During the whole experimental period, the birds of the different treatments were submitted to the same feeding program. For the ration consumption, in all periods, there was no effect of the interaction (light x sex), however, the natural light program resulted in lower consumption in relation to intermittent and continuous illumination, which did not differ from each other. Although females showed higher consumption, there was a significant difference only in the periods of 7 to 42 days and 7 to 49 days. For weight gain, there was interaction effect (light x sex) in periods of 7 to 42 days and 7 to 49 days. While weight gain among males did not differ significantly, the natural light program resulted in lighter females relative to intermittent and continuous lighting, which didn’t differ from each other. Females were heavier than males, in all light programs and breeding seasons. The feed conversion was not influenced by the interaction (light x sex) in all periods and wasn’t influenced by the factors isolated in the period from 7 to 35 days old. However, in the periods from 7 to 42 days and from 7 to 49 days, the natural light program resulted in a better result in relation to the intermittent and continuous lighting, which did not differ between them, and the females showed better feed conversion. For the characteristics of carcass and viscera, there was interaction effect (light x sex) only for carcass and chest in the period from 7 to 49 days. Carcass yield among males did not differ significantly; For females, the natural light program resulted in higher yields relative to intermittent and continuous lighting, which did not differ from each other. Thus, the males submitted to intermittent and continuous illumination presented higher carcass yield in relation to females. For chest yield, there was no difference between females, whereas for males, the natural light program resulted in higher yield in relation to intermittent and continuous lighting, which did not differ from each other. Thus, males submitted to intermittent and continuous illumination had lower breast yield in relation to females. The thigh + drumstick yield was not influenced by the factors studied, while the proportion of abdominal fat was lower for birds subjected to natural light and was higher in females at 49 days old. The proportion of liver at 35 days old was not influenced by the factors studied, however, it was lower for birds subjected to natural light and for males at 42 and 49 days old. In the second experiment, it were used 240 females quails remaining from the first experiment. The birds were transferred to a production shed, according to a completely randomized experimental design, with three treatments and five replicates of 16 birds. The experimental period was divided into four periods of 21 days, during which the birds of all treatments were submitted to the same light and feeding program. For the statistical analysis of the production data and egg quality, besides the effect of the light programs of the growth phase, the effect of the posture cycle period was added to the model. The birds that in the growth phase were submitted to the continuous or intermittent light program were more precocious when compared to those that were submitted to the natural light program. For performance variables, except egg weight, there was interaction effect (light program x posture cycle period), however, this effect was not observed for egg quality variables. The birds submitted to the natural light program in the growth phase showed lower ration intake until the second period (71 to 92 days old), lower egg production during all periods, lower egg mass and worse feed conversion until the third period (93 to 114 days old). These variables did not differ between the continuous and the intermittent program from the second period (71 to 92 days old). Light programs in growth stage didn’t influence the quality characteristics of the eggs, however, as the age of the birds increased, there was egg yolk reduction and egg shell ad albumen increase, from the first (49 to 71 days old) for the remaining periods of the cycle, and worsening of albumen and shell quality, from the first (49 to 71 days old) to the third period (93 to 114 days old). It is concluded that in equatorial region it is possible to use a light program with only natural light for the creation of male and female quails intended for meat production from 7 to 49 days old. However, the natural lighting program increases the age of sexual maturity and worsens the performance of birds during the production cycle (49 to 136 days old). The intermittent lighting program maintains the sexual maturity, performance and egg quality during the production cycle.
Descrição: AGUIAR, Germana Costa. Programas de luz para codornas de corte criadas em região equatorial. 2016. 70 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21549
Aparece nas coleções:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_gcaguiar.pdf1,42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.