Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21576
Título: Tentativas de suicídio e suicídios em profissionais de segurança pública do Estado do Ceará: magnitude, perfil e fatores associados
Título em inglês: Suicide attempts and suicides in public safety professionals: magnitude, profile and associated factors, 2000 to 2014
Autor(es): Sousa, José Edir Paixao de Sousa
Orientador(es): Bezerra Filho , José Gomes
Palavras-chave: Tentativa de Suicídio
Suicídio
Segurança
Data do documento: 26-Ago-2016
Citação: SOUSA, J. E. P. ; BEZERRA FILHO, J. G. (2016)
Resumo: O objetivo deste trabalho foi caracterizar a magnitude, perfil e os potenciais fatores associados a suicídios e tentativas de suicídio, praticados por profissionais de segurança pública do Estado do Ceará. O método de pesquisa foi identificar os casos de suicídios desses profissionais ocorridos do Estado do Ceará no período de 2000 a 2014 (quinze anos) e elaborar uma série histórica, calcular as taxas de suicídio, os anos potenciais de vida perdidos e descrever a distribuição de frequência. Para as tentativas de suicídio, o período foi de 2010 a 2014 (cinco anos), além do levantamento de tentativas desses profissionais em uma série de casos, houve a descrição de distribuição de frequência, os cálculos de taxas de tentativas e associações estatísticas para múltiplos casos e casos consumados (suicídios). Os resultados da pesquisa indicaram n=57 suicídios no período estudado, uma taxa de suicídios nos profissionais de segurança pública (por 100mil), padronizada por sexo masculino e faixa etária adulta de 23,9 enquanto a taxa padronizada da população cearense, também para o sexo masculino e adultos foi de 14,4, diferença estatisticamente significativa, p = 0,03. Para as taxas gerais (não padronizadas), o risco relativo de suicídio médio do período foi RR= 4,2 vezes maior para os profissionais de segurança pública frente à população do Estado do Ceará. Em relação à taxa padronizada de suicídios o RR = 1,7. O perfil de suicidas da Segurança Pública foi: casados 35 (61,4%), meia idade 36 (63,2%), homens 56 (98,2%), baixa escolaridade 36 (63,2%), baixa renda 43 (75,4%), policial militar 50 (87,7%), baixa patente 43 (75,4%), serviço operacional 37 (64,8%), arma de fogo como instrumento de suicídio 42 (73,7%). Para tentativas de suicídio houve n=173 tentativas praticadas por 107 profissionais. Isso porque alguns profissionais tentaram suicídio mais de uma vez no período. A associação para múltiplas tentativas apresentou variáveis significativas: transtorno de personalidade p = 0,01 RR = 2,7, internado em hospital psiquiátrico p=0,01 RR 1,8, adicção p=0,02 RR 2,0 e depressão p=0,00 RR=4,3. A associação para suicídio consumado mostrou significativas: idoso p=0,00 RR 6,5, baixa renda p=0,03 RR=2,5, reserva/aposentadoria p=0,00 RR =6,1, arma de fogo p=0,00 RR 3,9. No entanto, o ensino superior mostrou ser fator protetivo p=0,01 RR = 0,13. Conclui-se que os profissionais de segurança pública formaram um grupo vulnerável para o suicídio no período estudado, que essa vulnerabilidade afeta a saúde pública e a segurança pública, que os fatores de risco para o suicídio são semelhantes aos da população mundial, exceção ao estado civil, ao uso de arma de fogo e à idade. Sugeriu-se que ações de prevenção aos casos de suicídio devem ser executadas tais como palestras sobre o tema, fortalecimento dos setores de saúde da segurança pública, monitoramento dos suicídios e das tentativas com notificação urgente e interligada aos setores de vigilância em saúde do estado e da federação.
Abstract: The objective of this study was to characterize the magnitude, profile and potential factors associated with suicide and suicide attempts, practiced by public security professionals from the State of Ceará. The research method was to identify the cases of suicides of these professionals from the State of Ceará between 2000 and 2014 (fifteen years) and to elaborate a historical series, to calculate the suicide rates, the potential years of life lost and to describe the distribution of frequency. For the suicide attempts, the period was from 2010 to 2014 (five years), in addition to the survey of attempts of these professionals in a series of cases, there was the description of frequency distribution, calculation of trial rates and statistical associations for multiple Cases and cases (suicides). The results of the survey indicated n = 57 suicides in the period studied, a suicide rate in public security professionals (per 100 thousand), standardized by males and the adult age of 23.9 while the standardized rate of the population of Ceará, also for the Males and adults was 14.4, a statistically significant difference, p = 0.03. For general (non-standard) rates, the relative risk of average suicide in the period was RR = 4.2 times higher for public security professionals compared to the population of the state of Ceará. In relation to the standardized suicide rate, RR = 1.7. The profile of public security suicides was: married 35 (61.4%), middle age 36 (63.2%), men 56 (98.2%), low schooling 36 (63.2%), low income 43 (75.4%), military police 50 (87.7%), low patent 43 (75.4%), operational service 37 (64.8%), firearm as a suicide instrument 42 (73.7% ). For suicide attempts there were n = 173 attempts practiced by 107 professionals. That's because some professionals tried suicide more than once in the period. The association for multiple attempts had significant variables: personality disorder p = 0.01 RR = 2.7, hospitalized in a psychiatric hospital p = 0.01 RR 1.8, addiction p = 0.02 RR 2.0 and depression p = 0.00 RR = 4.3. The association for consumed suicide showed significant: elderly p = 0.00 RR 6.5, low income p = 0.03 RR = 2.5, reserve / retirement p = 0.00 RR = 6.1, firearm p = 0.00 RR 3.9. However, higher education showed to be protective factor p = 0.01 RR = 0.13. It is concluded that public security professionals formed a vulnerable group for suicide during the period studied, that this vulnerability affects public health and public safety, that the risk factors for suicide are similar to those of the world population, except for the state The use of firearms and age. It was suggested that actions to prevent suicide cases should be carried out, such as lectures on the subject, strengthening public health health sectors, monitoring of suicides and attempts with urgent and interlinked notification to the health surveillance sectors of the state and Of the federation.
Descrição: SOUSA, J. E. P. Tentativas de suicídio e suicídios em profissionais de segurança pública do Estado do Ceará: magnitude, perfil e fatores associados. 2016. 199 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21576
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_jepsousa.pdf2,34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.