Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21627
Título: A implementação da residência integrada em saúde com ênfase em saúde da família e comunidade em municípios cearenses: um estudo de caso
Título em inglês: The implementation of integrated residency in health with emphasis on family and community health in municipalities of Ceará: a case study
Autor(es): Gadelha, Ana Karina de Sousa
Orientador(es): Barreto, Ivana Cristina de Holanda Cunha
Coorientador(es): Cyrino, Eliana Goldfarb
Dias, Maria Socorro Araújo
Lira, Geison Vasconcelos
Palavras-chave: Estratégia saúde da família
Educação permanente em saúde
Residência multiprofissional em saúde
Colaboração interprofissional
Data do documento: 31-Out-2016
Editor: Biblioteca da Universidade Federal do Ceará
Citação: GADELHA,A.K. (2016)
Resumo: O estudo tem como objetivo analisar a implementação da Residência Integrada em Saúde com Ênfase em Saúde da Família e Comunidade da Escola de Saúde Pública do Ceará, em sete municípios onde foram iniciadas suas atividades a partir de 2013: Aracati, Brejo Santo, Horizonte, Iguatu, Maracanaú, Quixadá e Tauá. A metodologia utilizada foi o estudo de caso (YIN, 2015), que propõe a análise de fenômenos contemporâneos no contexto em que acontecem, tendo como técnicas de coleta de dados a revisão documental e entrevistas semiestruturadas e abertas. O caso da RIS-ESP/CE com ênfase em Saúde da Família e Comunidade trata-se de um caso único revelador, pois apesar de existirem programas similares no país, possui um desenho diferenciado de descentralização para vários municípios do interior, além da gestão efetuada por meio da colaboração entre órgãos das três esferas de governo (federal, estadual e municipal), tendo uma maior escala e complexidade na gestão. Classifica-se como estudo de caso único integrado, pois apresenta duas unidades de análise dentro do mesmo caso: análise histórico-estrutural da RIS-ESP/CE com ênfase em Saúde da Família e Comunidade e análise do processo de implementação da RIS-ESP/CE com ênfase em Saúde da família e Comunidade. A amostra do estudo foi intencional, tendo sido selecionados para participar os diversos atores sociais envolvidos na ênfase de Saúde da Família e Comunidade. Foram realizadas 7 (sete) entrevistas com secretários municipais de saúde, 6 (seis) com coordenadores de Atenção Primária, 5 (cinco) com articuladores da residência nos municípios, 7 (sete) com gerentes de CSF, 4 (quatro) com trabalhadores cujas equipes receberam residentes, 6 (seis) com preceptores, 7 (sete) com residentes e 2 (duas) com os coordenadores geral e de ênfase do programa. Para a fundamentação teórica, foi realizada revisão de literatura acerca da Atenção Primária e Estratégia Saúde da Família (ESF), Educação Permanente em Saúde e Residência Multiprofissional em Saúde. O período de coleta e análise dos dados iniciou em julho de 2015, considerando a disponibilidade dos sujeitos e o cronograma do projeto de pesquisa, sendo executado até agosto de 2016. A pesquisa está em conformidade com a Resolução n.º466/12 do Conselho Nacional de Saúde que dispõe sobre pesquisas com seres humanos e recebeu parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da UFC, sob o parecer nº 1.121.574. Analisamos todo o material a partir da Análise de Conteúdo de Bardin (2014), aplicando especificamente a análise temática. Observamos que a inserção da residência nas equipes de saúde da família dos municípios investigados promoveu mudanças no processo de trabalho destas equipes, as quais repercutiram na melhoria do cuidado e atenção à saúde da população adscrita, por meio do fortalecimento dos componentes essenciais da ESF, tais como: ser um serviço de primeiro contato, acompanhamento longitudinal, integralidade, participação comunitária, acessibilidade, vínculo, coordenação do cuidado e interprofissionalidade. O provimento de profissionais contribuiu para a mobilização dos serviços de saúde e para a reorganização dos sistemas municipais, mas a dinâmica da educação pelo trabalho desencadeada pelas ações político-pedagógicas da RIS-ESP/CE em Saúde da Família e Comunidade também desempenharam um papel fundamental. Como exemplos, podemos citar o desencadeamento do diagnóstico de saúde da comunidade e o planejamento local orientado pelos tutores, que ajudaram a priorizar problemas de saúde e elaborar planos de intervenção para as equipes. Destacamos ainda o estímulo para inovação e a preocupação com a resolubilidade da atenção à saúde, promovidas pela RIS-ESP/CE com ênfase em Saúde da Família e Comunidade, como contribuições para o fortalecimento da ESF nos territórios em que a residência atuou. Os resultados da pesquisa apresentaram contribuições relacionadas à Educação Permanente em Saúde e à Educação Interprofissional, na direção do fortalecimento e consolidação da ESF e do SUS. Um desafio a ser superado no processo de interiorização da residência é a infraestrutura insuficiente dos serviços. Dentre os limites do presente estudo destacamos: as dificuldades operacionais, em conseqüência do curto tempo para a realização da investigação, a grande quantidade de cenários e atores envolvidos e as distâncias entre os municípios participantes. Através da pesquisa deflagramos a possibilidade de aprofundar os estudos sobre a RIS-ESP/CE ênfase de Saúde da Família e Comunidade em cada município, por entender que cada contexto possui peculiaridades e que estas podem ser mais exploradas. Percebemos também a necessidade da realização de pesquisas avaliativas sobre o programa e sobre esta ênfase, para identificar os possíveis impactos sobre os indicadores de saúde, a formação na área e a efetivação das políticas públicas.
Abstract: The objective of this study is to analyze the implementation of the Integrated Residency in Health with Emphasis on Family and Community Health of the School of Public Health of Ceará, in seven municipalities where they began their activities starting in 2013: Aracati, Brejo Santo, Horizonte, Iguatu , Maracanaú, Quixadá and Tauá. The methodology used was the case study (YIN, 2015), which proposes the analysis of contemporary phenomena in the context in which they occur, using as data collection techniques the document review and half-structured and open interviews. The case of RIS-ESP/CE with emphasis on Family and Community Health is a revealing case, since although there are similar programs in the country, it has a differentiated design of decentralization for several municipalities in the interior, in addition to the management carried out through collaboration between agencies at the three levels of government (federal, state and municipal), with a greater scale and complexity in management. It is classified as a single integrated case study, since it presents two units of analysis within the same case: historical-structural analysis of RIS-ESP/CE with emphasis on Family and Community Health and analysis of the implementation process of RIS-ESP/CE with an emphasis on Family and Community Health. The study sample was intentional, having been selected to participate the various social actors involved in the emphasis of Family and Community Health. Seven (7) interviews were conducted with municipal health secretaries, 6 (six) with primary care coordinators, 5 (five) with articulators of residency in municipalities, 7 (seven) with CSF managers, 4 Teams received residents, 6 (six) with preceptors, 7 (seven) with residents and 2 (two) with the program's general and programmatic coordinators. For the theoretical basis, a review of the literature on Primary Health Care and Family Health Strategy (FHS), Permanent Health Education and Multiprofessional Health Residency was carried out. The data collection and analysis period began in July 2015, considering the availability of the subjects and the research is in compliance with resolution nº 466/12 of the National Health Council that provides for research on human beings and received a favorable opinion from the Research Ethics Committee of the UFC, under Opinion nº 1.121.574. We analyze all the material from the Bardin Content Analysis (2014), specifically applying the thematic analysis. We observed that the insertion of the residence in the health teams of the family of the municipalities investigated changed the work process of these teams, which had repercussions in the improvement of the care and attention to the health of the attached population, by means of the strengthening of the essential components of the FHS, such Such as: being a first contact service, longitudinal follow-up, integrality, community participation, accessibility, bonding, coordination of care and interprofessionality. The provision of professionals contributed to the mobilization of health services and to the reorganization of municipal systems, but the dynamics of education through the work triggered by RIS-ESP/CE's political-pedagogical actions in Family and Community Health also played a fundamental role . Examples include the initiation of community health diagnosis and mentor-led local planning, which helped prioritize health problems and develop intervention plans for teams. We also highlight the stimulus for innovation and concern for the resolubility of health care, promoted by RISESP/CE with emphasis on Family and Community Health, as contributions to the strengthening of the FHS in the territories in which the residence acted. The results of the research presented contributions related to Permanent Education in Health and Interprofessional Education, towards the strengthening and consolidation of the FHS and SUS. A challenge to be overcome in the internalization process of the residence is the insufficient infrastructure of the services. Among the limits of the present study we highlight: operational difficulties, as a consequence of the short time for the investigation, the large number of scenarios and actors involved and the distances between the participating municipalities. Through the research, we have explored the possibility of deepening studies on RIS-ESP/CE, emphasizing Family and Community Health in each municipality, since each context has peculiarities and can be more explored. We also perceive the need to conduct evaluative research on the program and this emphasis, to identify possible impacts on health indicators, training in the area and the implementation of public policies.
Descrição: GADELHA, A.K. A Implementação da residência integrada em saúde enfâse em saúde da família e comunidade em municípios cearenses: um estudo de caso, Ceará. 2016. 221f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Curso de Medicina , Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21627
Aparece nas coleções:PPGSF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_aksgadelha.pdf2,66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.