Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21641
Título: Considerações sobre a trajetória do conceito de defesa em Freud e sua retomada por Lacan
Título(s) alternativo(s): Considérations à propos du concept de défense dans l’oeuvre de Freud et sa continuation par Lacan
Título em inglês: Considerations on the path of the concept of defense in Freud’s work and its continuation by Lacan
Autor(es): Silva, Joselene Monteiro
Fontenele, Laéria Bezerra
Palavras-chave: Clínica psicanalítica
Defesa
Resistência
Gozo
Clinical psychoanalytic defens
Strength
Joy
Clinique psychanalytique de la défens
La force
La jouissance
Data do documento: 2013
Editor: Revista aSEPHallus
Citação: Silva, J. M.; Fontenele, L. B. (2013)
Resumo: O artigo apresenta a evolução do conceito de defesa na obra de Freud, suas relações com o modo de estruturação do psiquismo e produção sintomática e sua retomada no ensino de Lacan. Parte do estudo de textos pré-psicanalíticos para analisar as bases do conceito freudiano de defesa, então relacionado com a resistência tratada como reflexo clínico do recalque. Em seguida, examina as relações entre resistência e clínica analítica na primeira tópica e o papel do eu como promotor da defesa. Depois, o artigo se detém nos reflexos da segunda tópica no que se refere ao conceito de defesa. Finalmente, foca nas implicações clínicas do fracasso dos mecanismos de defesa causador de formações tais como sintomas e alterações do eu. Em Lacan, a defesa é tomada a partir de sua crítica aos pós-freudianos e à análise das defesas, além de seu entendimento do desejo constituído como uma defesa contra o gozo.
Abstract: The article presents the evolution of the concept of defense in Freud's work, its relations with the structure mode of the psychism and its symptomatic production resumed in the teachings of Lacan. Starts from the study of pre-psychoanalytic texts to analyze the foundations of Freud's concept of defense, then related to resistance treated as a clinical reflection of repression. It then examines the relationship between resistance and analytical clinic in the first topic and the role of the self as a promoter of self-defense. Then, the article analyzes the reflexes of the second topic in relation to the concept of defense. Finally, it focuses on the clinical implications of the failure of defense mechanisms causing formations such as symptoms and changes of the self. In Lacan, the defense is taken from his criticism of the post-Freudian analysis and defenses, as well as his understanding of desire constituted as a defense against enjoyment.
Descrição: SILVA, Joselene Monteiro; FONTENELE, Laéria Bezerra. Considerações sobre a trajetória do conceito de defesa em Freud e sua retomada por Lacan. Revista aSEPHallus, Rio de Janeiro, v. 8, n. 15, p. 13-34, nov. 2012/out. 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21641
ISSN: 1809-709X
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_art_lbfontenele.pdf314,19 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.