Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21659
Título: Expressão de marcadores inflamatórios na osteonecrose dos maxilares induzida por bisfosfonatos e efeito do tratamento crônico com ácido zoledrônico nos tecidos gengival e ósseodentário de ratos
Título em inglês: Expression of inflammatory markers on bisphosphonate-induced osteonecrosis of the jaw model and effect of chronic treatment with zoledronic acid on the gingival and osseodentary tissues of rats
Autor(es): Silva, Paulo Goberlânio de Barros
Orientador(es): Alves, Ana Paula Negreiros Nunes
Palavras-chave: Osteonecrose da Arcada Osseodentária Associada a Difosfonatos
Polpa Dentária
Periodonto
Inflamação
Data do documento: 22-Nov-2016
Citação: SILVA, P. G. B. ; ALVES, A. P..N. N. (2016)
Resumo: O Ácido Zoledrônico (AZ) é um bisfosfonato (BF) capaz de causar desregulação imune-inflamatória estando associado à Osteonecrose dos Maxilares induzida por Bisfosfonatos (OMB). O objetivo deste estudo foi determinar o perfil celular e a imunoexpressão de marcadores inflamatórios do osso mandibular em modelo murino de OMB e nos tecidos gengival e osseodentário de ratos tratados cronicamente com AZ. Materiais e Métodos: Ratos Wistar machos (180-220g) foram submetidos a quatro infusões venosas de solução salina estéril ou AZ nas doses de 0,04, 0,20 ou 1,00 mg/kg, sendo o lado esquerdo submetido a exodontia do primeiro molar inferior (dia 49). Após 70 dias, realizou-se eutanásia e as mandíbulas dos animais foram hemisseccionadas (lados esquerdo e direito) e submetidas a análise histológica e técnica de imuno-histoquímica pelo método da estreptavidina-biotina-peroxidase para CD68, Fator de Necrose Tumoral alfa (TNF-α), Interleucina(IL)-1β, Óxido nítrico sintase induzida (iNOS), Fator Nuclear kappa B (NF-kB) e IL-18 bp (bindding protein). No tecido ósseo do lado submetido à exodontia (lado esquerdo), contaram-se as lacunas de osteócitos (vazias e preenchidas), osteoclastos (normais e apoptóticos), polimorfonucleares neutrófilos (PMN), mastócitos e células com marcação positiva para os marcadores supracitados. A polpa dentária e o periodonto do primeiro molar inferior direito (lado contralateral) foram analisados por microscopia de luz convencional quanto à presença de animais exibindo vasos dilatados/ectásicos (somente polpa dentária) e células inflamatórias. O estudo imuno-histoquímico foi realizado por meio da mesma técnica através de escores. O experimento foi repetido (infusão de salina versus AZ 0,20 mg/kg) para dosagem de TNF-α, IL-1β, mieloperoxidase (MPO), malanoaldeído (MDA) e glutationa (GSH) das gengivas excisadas cirurgicamente no dia da eutanásia dos animais. Resultados: a OMB foi observada nos animais tratados com 0,20 e 1,00 mg/kg de AZ com aumento do percentual de lacunas de osteócitos vazias (p<0.001) e osteoclastos apoptóticos (p<0.001), número total de osteoclastos (p=0.003), PMN (p=0.009) e células com positividade citoplasmática para CD68 (p<0.001), TNF-α (p=0.001), IL-1β (p=0.001), iNOS (p<0.001) e NF-kB (p=0.006), e positividade nuclear NF-kB (p=0.011). A imunoexpressão de IL-18bp foi reduzida de forma dose-dependente (p=0.005). Na polpa dentária, houve incremento do número de mononucleares CD68+ (p=0.026) e imunoexpressão de TNF-α (p=0.020), IL-1β (p=0.027), iNOS (p=0.001) em odontoblastos e IL-1β (p=0.027) em células não odontoblastos. No periodonto, observaram-se, nos grupos tratados com AZ, um aumento do número de células inflamatórias (p=0.001) e imunoexpressão citoplasmática para TNF-α (p=0.003), IL-1β (p=0.004), iNOS (p=0.008) e NF-kB (p=0.025). Os níveis de MPO (p<0.001), TNF-α (p=0.002), IL-1β (p<0.001) e GSH (p=0.005) estavam significantemente aumentados na gengiva dos animais tratados com 0,20 mg/kg de AZ. Conclusão: Conclui-se que há superexpressão de marcadores inflamatórios no sítio de exodontia não cicatrizado e com instalação da OMB. A infusão crônica de AZ mostrou-se capaz de aumentar a expressão de citocinas inflamatórias e do infiltrado inflamatório nos tecidos gengival e osseodentário de ratos.
Abstract: The Zoledronic Acid (ZA) is a bisphosphonate (BF) that can lead to immune-inflammatory dysregulation leading to Bisphosphonate-related Osteonecrosis of the Jaws (BRONJ). The objective of this study was to determine the cellular profile and the immune expression of inflammatory markers in mandibular bone of a BRONJ experimental model and in gingival and tooth of rats chronically treated with ZA. Materials and Methods: Male Wistar rats (180-220 g) were chronically infused (four times) venously with sterile saline or 0.04, 0.20 or 1.00 mg/kg of ZA and the left hemimandible was subjected to first molar exodontia (day 49). After 70 days we performed the euthanasia and the hemimandibles (right and left) were histologically and immunohistochemically analyzed (CD68, Tumor Necrosis Factor alpha (TNF-α), Interleukin(IL)-1β, inducible Nitric Oxide Synthases (iNOS), Nuclear Factor kappa B (NF-kB) and IL-18(bidding protein) bp). In bone subjected to exodontia (left hemimandible) we counted the viable and empty osteocyte lacunae, the viable and apoptotic osteoclasts, the polymorphonuclear neutrophils cells (PMN), mast cells and positive cytoplasmic cells for cited markers. Dental pulp and periodontium of first right molar (contralateral hemimandible) was histologically analyzed by presence of inflammatory cells, dilated/ectasic blood vessels (pulp only) and immunohistochemically by scores. We repeated the protocol (saline versus 0.20 mg/kg ZA) to dosage of TNF-α, IL-1β, myeloperoxidase (MPO), Malondialdehyde (MDA) e Glutathione (GSH) of gingiva of animals. Results: the BRONJ was observed in 0.20 mg/kg and 1.00 mg/kg ZA-treated animals that showed increase in percentage of empty osteocyte lacunae (p<0.001) and percentage of apoptotic osteoclast (p<0.001), total osteoclasts number (p=0.003), PMN (p=0.009), cytoplasmic positive cells for CD68 (p<0.001), TNF-α (p=0.001), IL-1β (p=0.001), iNOS (p<0.001) e NF-kB (p=0.006), and nuclear positivity for NF-kB (p=0.011). The immune expression of IL-18bp decreased dose dependently (p=0.005). In dental pulp there was augment in number of mononuclear CD68+ cells (p=0.026) and immunostaining for TNF-α (p=0.020), IL-1β (p=0.027), iNOS (p=0.001) in odontoblasts and IL-1β (p=0.027) in non odontoblasts dental pulp cells. In periodontium ZA treated animals showed an increase in number of animals showing inflammatory cells (p=0.001) and cytoplasmic immunostaining for TNF-α (p=0.003), IL-1β (p=0.004), iNOS (p=0.008) and NF-kB (p=0.025). MPO (p<0.001), TNF-α (p=0.002), IL-1β (p<0.001) and GSH (p=0.005) levels were significantly raised in 0.20 mg/kg ZA treated gingiva animals. Conclusion: There is overexpression of inflammatory markers in exodontia area with establishing of BRONJ. The chronic infusion of ZA raised the expression of inflammatory markers and cells in gingiva, periodontium and pulp tissue of rats.
Descrição: SILVA, P. G. B. Expressão de marcadores inflamatórios na osteonecrose dos maxilares induzida por bisfosfonatos e efeito do tratamento crônico com ácido zoledrônico nos tecidos gengival e ósseodentário de ratos. 2016. 118 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21659
Aparece nas coleções:DCOD - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_pgbsilva.pdf8,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.