Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21662
Título: Efeito da calendula officinalis em ratos submetidos a periodontite experimental: participação das vias RANK-RANKL-OPG e WNT B-CATENINA
Título em inglês: Effect of calendula officinalis in rats submitted to experimental periodontitis: participation of RANK-RANKL-OPG and WNT / Β-CATENIN PATHWAYS
Autor(es): Lima, Mariana dos Reis
Orientador(es): Girão, Virgínia Cláudia Carneiro
Palavras-chave: Periodontite
Calendula
Receptores Wnt
Data do documento: 7-Dez-2016
Citação: LIMA, M. R. ; GIRÃO, V. C. C. (2016)
Resumo: A periodontite é uma doença infecto-inflamatória que causa perda de tecido conjuntivo e osso alveolar. A Calendula officinalis (CLO) tem sido utilizada pelos seus efeitos anti-inflamatórios. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar efeito da CLO na perda óssea alveolar (POA) em ratos com foco na participação do eixo RANK-RANKL-OPG e da via WNT/β-catenina. A periodontite experimental (PE) foi induzida através da inserção do fio (nailon 3.0) em torno do 2º molar superior esquerdo, e hemiarcada contralateral usada como controle. Os animais foram divididos em grupos: Normal, não submetido a nenhum procedimento; Salina (SAL), que receberam 2 ml/kg de solução salina 0,9% - v.o.; ou CLO na dose de 90 mg/kg - v.o. 30 min antes da PE e diariamente durante por 11 dias até eutanásia. Para avaliação do tecido periodontal realizaram-se análises macroscópica, por microtomografia computadorizada, por microscopia eletrônica de varredura (MEV), microscopia confocal e microscopia por luz polarizada, imunohistoquímica para WNT 10b, β-catenina, DKK-1, RANK, RANKL e OPG. Por ocasião da eutanásia foi removido tecido gengival para avaliação dos níveis de malondialdeído (MDA). O tratamento com CLO preveniu de forma significante a POA, preservou a microestrutura interna (p<0,05) e topografia do tecido ósseo, e preservou também as fibras colágenas do ligamento periodontal, quando comparado a SAL. A CLO provocou aumento significante de células imunopositivas para WNT 10b, β-catenina e OPG e redução na imunomarcação de DKK-1, RANK (p>0,05) e RANKL. CLO reduziu os níveis de MDA gengivais comparados a SAL (p<0,05). Desta forma, podemos concluir que a CLO previne a POA com participação do eixo RANK-RANKL-OPG e da via WNT/β-catenina.
Abstract: Periodontitis is an infecto-inflammatory disease that leads to connective tissue and alveolar bone loss. Calendula officinalis (CLO) has been used due to its anti-inflammatory effects. Therefore the aim of this study was to evaluate the effect of CLO on alveolar bone loss (ABL) in rats focusing on RANK-RANKL-OPG and WNT signaling pathways. Experimental periodontitis (EP) was induced through placement of a nylon ligature around the upper left 2nd molar, and the hemimaxilla used as control. The animals were divided in groups: Normal, subjected to no treatment; Saline (SAL), that received 2 ml/kg of 0,9% saline solution orally; or CLO at 90 mg/kg orally, 30 minutes before EP and daily for 11 days until euthanasia. In order to evaluate the periodontal tissue, it macroscopic, micro-tomographic, electron scanning microscopy (SEM), confocal microscopy and polarized light microscopy analyses were performed, as well as immunohistochemistry for WNT 10b, β-catenin, DKK-1, RANK, RANKL, and OPG. During euthanasia the gingival tissue was removed for malonaldehyde (MDA) assay. Treatment with CLO significantly prevented ABL, preserved bone internal microstructure (p<0.05) and topography, and also preserved collagen fibers from the periodontal ligament, when compared to SAL. CLO significantly increased the number of immunopositive cells for WNT 10b, β-catenin and OPG and reduced DKK-1, RANK (p>0.05) and RANKL. CLO reduced the gingival levels of MDA compared to SAL (p<0.05). In this way, we can conclude that CLO prevented ABL via RANK-RANKL-OPG and WNT signaling pathway.
Descrição: LIMA, M. R. Efeito da calendula officinalis em ratos submetidos a periodontite experimental: participação das vias RANK-RANKL-OPG e WNT B-CATENINA. 2016. 66 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Morfofuncionais) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21662
Aparece nas coleções:DMO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_mrlima.pdf2,52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.