Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21675
Título: Os usos sociais da cidade: o caso dos pescadores no Parque Ecológico do Cocó
Título em inglês: The social uses of the city: the case of fishermen in the Ecological Park Cocó
Autor(es): Lopes, Gleison Maia
Gonçalves, Danyelle Nilin
Palavras-chave: Espaço público
Cotidiano
Identidade
Resistência
Data do documento: 2013
Editor: PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP
Citação: Lopes, G. M.; Gonçalves, D. N. (2013)
Resumo: Analisar os usos do espaço público da cidade de Fortaleza, especificamente no Parque Ecológico do Cocó, e os conflitos e tensões decorrentes dessas apropriações foi o objetivo dessa pesquisa. O Parque do Cocó foi juridicamente demarcado em 1989. Entretanto, devido a questões burocráticas, o parque ainda não possui existência jurídica, o que dificulta a demarcação formal dos usos aceitos e coibidos dentro e no entorno desse espaço. Conversas, entrevistas semiestruturadas e etnografia dos usos pesquisados foram ferramentas aplicadas no momento da pesquisa. Foucault (1972; 1972; 2005), Certeau (1994), Bourdieu (1996; 2009) e Elias (2001) são os principais instrumentais teóricos utilizados no artigo, um dialogo travado através de concordância e divergência teóricas que fazem nascer um aparato teórico pertinente aos campos de análise propostos nesta análise. A pesquisa apreendeu que as relações de poder no Parque se dão em um espaço de contínua tensão social, atravessado por instituições disciplinares e por diversificadas práticas culturais empreendidas por não menos diversos sujeitos sociais, que, possuindo uma força de agência não circunscrita ao poder legítimo, elabora e age dentro do sistema de relações ao qual se encontra.
Abstract: To analyze the uses of public space in the city of Fortaleza, specifically in Coco Ecological Park, and the conflicts and tensions arising from these appropriations was the objective of this research. The Park Coco was juridically demarcated in 1989. However, due to bureaucratic issues, the park does not have any legal existence, which hinders the formal demarcation of uses accepted and restrained in and around of this space. Conversations, semi-structured interviews and ethnography of the uses were researched tools applied at the time of the survey. Foucault (1972; 1972; 2005), Certeau (1994), Bourdieu (1996; 2009) and Elias (2001) are the main theoretical tools used in the article, a hung agreement through dialogue and theoretical divergence that give birth to an apparatus relevant to the fields of theoretical analysis proposed in this analysis. The research that seized power relations in the Park are given in a space of continuous social tension, crossed by disciplinary institutions and diverse cultural practices undertaken by no less diverse social subjects, which, having a strength of agency not restricted to legitimate power, draw up and acts within the system to which this relationships.
Descrição: LOPES, Gleison Maia; GONÇALVES, Danyelle Nilin. Os usos sociais da cidade: o caso dos pescadores no Parque Ecológico do Cocó. PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Macapá, n. 6, p. 121-133, dez. 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21675
ISSN: 1984-4352
Aparece nas coleções:DCSO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_art_dngonçalves.pdf282,75 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.