Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21692
Título: A precarização estrutural do trrabalho na civilizaçãodo capital em crise: o precariado como enigma contemporâneo
Título em inglês: The structural precariousness of work in the civilolization of the capital in crisis: the precariat as a contemporaneous enigma
Autor(es): Carvalho, Alba Maria Pinho de
Palavras-chave: Crise do Capital
Condição de proletariedade
Precarização estrutural do trabalho
Precariado
Capital crisis
Proletariat condition
Structural precariousness of labor
Labor precariousness
Data do documento: 2014
Editor: Revista de Politicas Publicas (UFMA)
Citação: Carvalho, A. M. P. (2014)
Resumo: No contexto da civilização contemporânea do capital, este artigo enfoca a precarização estrutural do trabalho, a expressar uma nova morfologia laboral, na temporalidade histórica da crise estrutural do capital. Salienta a nova forma de precarização ampliada do trabalho, nos marcos da "maquinofatuara", a perpassar experiências de diferentes segmento de trabalhadores e trabalhadoras, encamando o estranhamento do "Homem-que-trabalha" a manifestar-se na totalidade da sua vida e na cotidianeidade. Demarca a universalidade da condição de proletariedade, como condição existencial de homens e mulheres que vivem sob a ordem burguesa, em tempos de capitalismo global. Analise a emergência e constituição do precariado como uma camada social de classe trabalhadora que, nesta segunda década do séculoXXI, se amplia a ganha visibilidade nos países capitalistas considerados centrais. Delineia vias analíticas distintas na busca de explicações do precariado no interior da nova temporalidade do sistema do capital, em meio às suas contradições. Configura esta camada precarizada de trabalhadores na articulação entre faixa geracional, grau educacional e forma de inserção no trabalho e no mundo social, questionando a força emancipatória das lutas desse precariado. Sustenta, como via de estudo, que o precariado esta a se afirmar-se no cenário brasileiro constituindo a base social dos movimentos sociais que enterrompem, na vida brasileira, em julho de 2013. Por mim, afirma ser o precariado um enigma contemporâneo, a ser desvendado pelo pensamento crítico e radical neste século XXI.
Abstract: Within the context of the current civilization of capital, this article approaches the structural precariousness of labor, that tends to express a new work morphology, in the historical timeline of the capital crisis It highlights the new enlarged form of labor precariousness, within the limits of the “machine-facture process”, that brings forth experiences from different segments of workers giving shape to the estrangement of the “man-who-works” that is seen along his daily life. It demarcates the universality condition of the proletariat ,as an existence-related situation of men and women who live under the bourgeoisie, at a time of global capitalism. It analyses the surge and constitution of precariousness as a social stratum from the working class that is gaining space and visibility in major capitalist countries in this second decade of the twenty-firts century. It delineates delineates distinc analytic lines in search of explaining precariousness according to the new historical timeline of capital, amid its contradictions. It configures this precariousness-dominated stratum of workers in the articulation of factors such as age, education and insertion in the work force and the social world, quetioning the fighting emancipation force of it. It sustains, as a mean of study, that the proletariat establishing itself within the Brazilian scenario, shaping up the social basis of social movements that made their way to the Brazilian life in June and July of 2013. Finally, it affirms thatprecariousness of labor is a contemporaneous enigma to be solved by the critical and radical thinking within the current century.
Descrição: CARVALHO, Alba Maria Pinho de. A precarização estrutural do trabalho na civilização do capital em crise: o precariado como enigma contemporâneo. Revista de Politicas Publicas (UFMA),São Luiz do Maranhão, n. especial, p. 225-239, jul. 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21692
ISSN: 0104-8740
2178-2865 (online)
Aparece nas coleções:DCSO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_ampcarvalho.pdf177,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.