Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21742
Título: Tardigrade: um framework android para desenvolvimento de jogos de cartas ubíquos
Título em inglês: Tardigrade: android framework for ubiquitous card game developing
Autor(es): Rodrigues, Willian Almeida
Orientador(es): Carvalho, Windson Viana de
Palavras-chave: Computação ubíqua
Jogos de cartas ubíquos
Framework
Data do documento: 2016
Citação: RODRIGUES, W. A. (2016)
Resumo: Pesquisas em jogos ubíquos buscam descobrir como dispositivos computacionais e sensores podem ser utilizados para promover entretenimento e criar jogos que borrem a linha entre o real e o virtual. Esses jogos herdam ao mesmo tempo desafios tradicionais do desenvolvimento de jogos e problemas intrínsecos aos sistemas ubíquos, tais como: a heterogeneidade dos dispositivos, a descoberta de dispositivos, a comunicação volátil e a limitação dos recursos disponíveis. Neste trabalho de mestrado propõe-se um modelo para o desenvolvimento de jogos de cartas ubíquos chamado Tardigrade. Ele busca minimizar os desafios de implementação desse tipo de jogo ubíquo. O Tardigrade abrange três tipos de cartas: carta tangível-identificável, carta tangível-interativa e carta tangível e sensível ao contexto. Um framework também foi implementado seguindo o modelo Tardigrade. Ele fornece componentes para o reconhecimento e gerenciamento de cartas, o gerenciamento do estado de jogo e para a descoberta e a comunicação entre dispositivos. Uma prova de conceito foi implementada a partir do framework: o jogo Hyper Try. Esse jogo móvel ilustra como o framework pode ser instanciado para a criação de jogos de cartas ubíquos. Quatorze voluntários avaliaram o HyperTry por meio da metodologia PLEXQ (Playful Experience framework Questionnaire). Os resultados da avaliação indicam que o jogo desenvolvido é divertido e desperta o interesse, principalmente, devido às suas mecânicas inovadoras. Um outro experimento de avaliação foi conduzido para o framework com propósito de verificar as suas funcionalidades. Este experimento foi realizado com um grupo de seis desenvolvedores Android que executaram quatro atividades de codificação. Cada atividade representava a instanciação de um módulo do framework. Os resultados indicam que o framework foi bem aceito. Apesar de distintos perfis de desenvolvedores, nenhum deles teve grandes dificuldades durante as tarefas de instanciação.
Abstract: Researches in Ubiquitous Games aim at discovering how computing devices and sensors can be used to promote entertainment. They try to extend game experience beyond the virtual world by extrapolating its boundaries to the player's physical world. These games inherit traditional challenges of both domains (i.e., game development and ubiquitous systems), such as, device heterogeneity, resource discovery, communication, and limitation of available resources. In this master thesis, we propose a model for the development of ubiquitous card games, called Tardigrade. It seeks to minimize the challenges of implementing this kind of ubiquitous game. Tardigrade supports three card types: identifiable cards; interactive cards; and context-aware cards. An Android framework that follows Tardigrade model was also implemented. It provides components for card recognition and management; game state management; and device discovery and communication. A proof of concept has been implemented by using the framework: the Hyper Try game. This game illustrates how the mobile game framework can be instantiated to create ubiquitous card games. Fourteen volunteers evaluated the HyperTry through PLEXQ methodology (Playful Experience Framework Questionnaire). The evaluation results indicate that the game developed is fun and arouses interest, mainly because of its innovative mechanics. Another experiment evaluation was implemented in order to evaluate the framework's functionalities. This experiment was conducted with a group of six Android developers who performed four coding activities. Each activity represented the instantiation of a framework module. The results indicate that the framework was well accepted. Although distinct profiles of developers, none of them had great difficulties during the instantiation tasks.
Descrição: RODRIGUES, Willian Almeida. Tardigrade: um framework android para desenvolvimento de jogos de cartas ubíquos. 2016. 109 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Computação)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21742
Aparece nas coleções:DCOMP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_warodrigues.pdf7,78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.