Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21772
Título: Dificuldades de aprendizagem: contribuições do Programa de Apoio Pedagógico do CMF para a melhoria do aprendizado dos alunos não concursados
Autor(es): Santos, Cleber Borges dos
Orientador(es): Marques, Cláudio de Albuquerque
Palavras-chave: Ensino de Matemática - Reforço da Aprendizagem
Ensino da Língua Portuguesa - Reforço da Aprendizagem
Educação militar – Reforço da Aprendizagem
Assessment
School effects
Data do documento: 2016
Citação: Santos, C. B.; Marques, C. A. (2016)
Resumo: O presente estudo teve como objetivo avaliar as contribuições do Programa de Apoio Pedagógico do Colégio Militar de Fortaleza (CMF), implementado no ano de 2014, para a melhoria do aprendizado dos alunos com dificuldades de aprendizagem. Especificamente, buscou-se verificar numa população de 202 alunos do 6º e 7º anos, se houve melhorias significativas no aprendizado em Língua Portuguesa e Matemática dos alunos com dificuldades de aprendizagem após dois meses de intervenções do Programa. A verificação da aprendizagem dos alunos foi realizada por meio da aplicação de um pré-teste e um pós-teste em um grupo experimental (apoio pedagógico) e dois grupos de controle (não concursados e concursados não participantes do Programa) para cada ano escolar investigado. A diferença entre o pré-teste e pós-teste dentro de cada grupo de pesquisa foi avaliada por meio do teste t pareado em cada ano escolar. As diferenças na melhoria do aprendizado entre os grupos de pesquisa foram avaliadas por meio do teste t para amostras independentes. O software utilizado para as análises dos dados foi o SPSS 16.0 for Windows. Considerando que a aprendizagem está diretamente relacionada aos percentuais de alunos em recuperação, recuperados e reprovados, buscou-se ainda verificar estes percentuais em 2014 e compará-los à média dos cinco anos letivos anteriores. Os resultados demonstraram que o Apoio Pedagógico contribuiu para a melhoria do aprendizado dos alunos do 6º ano participantes do Programa, tanto em Língua Portuguesa quanto em Matemática, após os dois primeiros meses de atividades. Já no 7º ano, a melhora dos alunos do Apoio Pedagógico só foi significativa em Matemática e apenas quando comparada ao grupo dos alunos concursados. A pesquisa revelou ainda que o Programa de Apoio Pedagógico contribuiu para que, no 6º e 7º anos em 2014, os percentuais de alunos nas recuperações bimestrais e final fossem menores, e que os percentuais de alunos recuperados fossem maiores, quando comparados à média desses percentuais nos últimos cinco anos. O percentual de alunos não concursados reprovados do 6º ano em 2014 foi praticamente o mesmo que a média desses percentuais nos últimos cinco anos. Já no 7º ano este percentual foi quase cinco vezes menor. Portanto, de maneira geral o Programa de Apoio Pedagógico do CMF em 2014 foi bem-sucedido na melhoria do aprendizado dos alunos com dificuldades de aprendizagem. As experiências vivenciadas nesta pesquisa confirmaram os achados da literatura de que as dificuldades de aprendizagem não se restringem aos aspectos cognitivos, mas abrangem um amplo espectro de possibilidades fisiológicas, psicológicas, sociológicas, pedagógicas, etc. que dificultam ou impedem o aluno de aprender. Tal constatação exige uma ampliação do conceito de apoio pedagógico para além das aulas de reforço. Apesar das melhorias obtidas, o Programa precisa de aperfeiçoamentos para alcançar resultados ainda mais expressivos. Além disso, um Programa de Apoio Pedagógico só estará definitivamente consolidado quando houver uma política de apoio pedagógico que permeie todas as esferas do ensino, onde o olhar diferenciado sobre aqueles que mais precisam estiver presente em todos os agentes educacionais, em particular dos gestores e professores do turno regular.
Abstract: The aim of this paper is to evaluate the contributions of the Pedagogical Support Program that was implemented in 2014 in the Brazilian Military School of Fortaleza (CMF) to improve learning outcomes in students with learning difficulties. More specifically, drawing on a population of 202 students in the 6th and 7th grades at CMF, we have tried to determine if there was a significant improvement in the understanding of Portuguese and Mathematics by students with learning difficulties after two months of the Program’s intervention. The verification of the learning by the students was carried out through the application of a pre-test and a post-test in an experimental group (pedagogical support) and two control groups students who automatically entered CMF without an admission exam due to military regulations and students who entered by means of an admission exam. Neither of the control groups was part of the Program. The difference between the pre-test and the post-test from each of the groups was evaluated by means of the t test paired in each school year. The differences in the improvement of the learning outcomes between the groups were evaluated by means of the t test for independent samples. The software used for the data analysis was the SPSS 16.0 for Windows. To determine the success or failure of the learning outcome, we have also made a comparison between 2014 and the five preceding years of the proportion of students that needed to take remedial classes because they did not obtain passing marks; students that successfully took these remedial classes and improved their marks so that they passed; and students that failed these classes and did not go onto the next grade. The results revealed that the Pedagogical Support Program contributed to the improvement of the learning outcome of the students from 6th grade that were a part of the Program, in both Portuguese and Mathematics after the two first months of activities. On the other hand, the improvement of the 7th grade students who were a part of the Pedagogical Support was only significant in Mathematics and only when compared to the group of the students who entered by means of the admission exam. The research has also revealed that in the 6th and 7th grades in 2014, the Pedagogical Support Program contributed to a lower percentage of students that needed to take remedial classes on a bimonthly basis or at the end of the year, and a higher percentage of students who were able to improve their marks, when compared to the average of these percentages over the previous five years. The percentage of students that entered without an entrance exam (due to military regulation) and who failed the 6th grade in 2014 was practically the same as the average of these percentages in the last five years. In contrast, in the 7th grade this percentage was almost five times lower. Therefore, in general, the Pedagogical Support Program at CMF in 2014 succeeded in improving the learning outcomes of the students with learning difficulties. The outcome of this survey confirmed the findings in literature that state that learning difficulties not only restrict themselves to the cognitive aspects, but that they also cover a wide spectrum of factors that are philosophical, psychological, sociological, pedagogical, etc. that make it harder for the student to learn and may even keep them from learning altogether. This requires an extension of the concept of pedagogical support beyond the remedial classes. Despite the improvement achieved by this Program, the Program needs to be improved so that it obtains even better outcomes. In addition, the Pedagogical Support Program will only be completely matured when there is a policy of pedagogical support that permeates every area of education and where a different perspective is taken by all involved in the educational process, in particular the teachers and administration.
Descrição: SANTOS, Cleber Borges dos. Dificuldades de aprendizagem: contribuições do Programa de Apoio Pedagógico do CMF para a melhoria do aprendizado dos alunos não concursados. 2016. 468f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21772
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_cbsantos.pdf6,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.