Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21859
Título: Estudo sobre comprometimento organizacional, estilos de liderança e cultura organizacional em uma organização cearense
Título em inglês: Study about organizational commitment, leadership styles and organizational culture at a cearense organization
Autor(es): Montenegro, Adauto de Vasconcelos
Orientador(es): Tupinambá, Antonio Caubi Ribeiro
Palavras-chave: Cultura organizacional
Grupos de trabalho - Fortaleza (CE)
Desenvolvimento organizacional
Leadership styles
Organizational culture
Data do documento: 2016
Citação: Montenegro, A. V.; Tupinambá, A. C. R. (2016)
Resumo: O comprometimento organizacional pode ser compreendido como um vínculo significativo entre indivíduo e organização, pressupondo um elo psicológico e relações de trocas entre ambos. Rego (2003) propõe um modelo de estudo do comprometimento organizacional e apresenta seis laços psicológicos entre indivíduo e organização, a saber: comprometimento afetivo, futuro comum, comprometimento normativo, sacrifícios avultados, escassez de alternativas e ausência psicológica. Feitosa (2008) acrescenta um laço ao modelo proposto por Rego (2003): expectativas pelo desempenho ou ausência de compromisso. No atual estudo, é investigada a relação entre esses laços psicológicos e estilos de liderança, considerando também a função da cultura organizacional nessa relação. Os objetivos específicos da atual pesquisa podem ser descritos como: investigar quais desses laços psicológicos se relacionam de maneira significativa aos estilos de liderança (liderança transformacional, liderança transacional e ausência de liderança) e em que grau a cultura organizacional modera essa relação, bem como desenvolver um modelo teórico-metodológico que possibilite a investigação da relação entre os construtos abordados. O estudo se constituiu como survey, de corte transversal, aplicado em uma organização de grande porte, localizada em Fortaleza/CE. O instrumento de coleta de dados é composto de: questionário sociodemográfico; escala sobre comprometimento organizacional; escala sobre liderança e escala sobre cultura organizacional. Alcançou-se uma amostra de 205 trabalhadores da referida organização. Os resultados foram analisados com base em procedimentos estatísticos exploratórios e explicativos, utilizando o Statistical Package for Social Sciences (SPSS), com as seguintes técnicas estatísticas: correlação linear, regressão linear e análise de moderação. No que concerne aos resultados obtidos, foram atestadas as seguintes correlações positivas e significativas: liderança transformacional com os laços de comprometimento afetivo, futuro comum e comprometimento normativo; liderança transacional com o laço de comprometimento normativo; ausência de liderança com os laços de escassez de alternativas e ausência psicológica. Ademais, observou-se que a cultura organizacional tipo clã atuou como variável moderadora reduzindo os efeitos nas relações seguintes: liderança transformacional e comprometimento afetivo e entre liderança transformacional e futuro comum. Além dos resultados apontados, foi desenvolvido um modelo teórico-metodológico com todos os elementos pesquisados. Observou-se que tais resultados podem ser considerados para a elaboração de programas de desenvolvimento de liderança e políticas de gestão e de recursos humanos da organização visando sua eficácia.
Abstract: The organizational commitment can be conceived as a meaningful liaison between individual and organization, assuming the existence of psychological bonds and significant exchange relationships between both individual and organization. Rego (2003) proposes a study model regarding the organizational commitment and presents six psychological ties between individual and organization, namely: affective commitment, common future, normative commitment, enormous sacrifices, lack of alternatives and psychological absence. Feitosa (2008) adds a tie to the model proposed by Rego (2003): performance expectations or commitment absence. In the study here presented, it was investigated the relation among these psychological bonds and the leadership styles. It was also took in consideration to this analyses the organizational culture. The specific goals of the current research were: to investigate which psychological bonds are significantly related to the leadership styles (transformational leadership, transactional leadership and leadership absence) and in which degree the organizational culture moderate this relationship, as well as to develop a theoretical-methodological model which allows to investigate the interplay among the addressed constructs. The study consists on a cross-sectional survey applied in a large size organization located in the Brazilian city of Fortaleza. The data else collected: a sociodemographic questionnaire; a organizational commitment scale; a leadership scale and organizational culture scale. The study had 205 respondents. The results were statistically analyzed with the support of the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) software, using the following statistical technics: linear correlation, linear regression and moderation analysis. Regarding the results, the following positive and significative correlations were attested: transformational leadership and affective commitment bonds, common future and normative commitment, transactional leadership and the bond of normative commitment; leadership absence and the bonds of alternative lack and psychological absence. Besides, it was observed that the clan type organizational culture was a moderating variable that mitigates the effects of the following relations: transformational leadership and affective commitment, transformational leadership and common future. In addition to the aforementioned results, a theoretical-methodological model was developed with all the elements surveyed. It was also concluded that can be taken in consideration to the elaboration of leadership development programs and human resources management policies aiming their efficacy.
Descrição: MONTENEGRO, Adauto Vasconcelos. Estudo sobre comprometimento organizacional, estilos de liderança e cultura organizacional em uma organização cearense. 2016. 117f. - Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21859
Aparece nas coleções:PPGP - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_avmontenegro.pdf2,06 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.