Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21860
Título: Relações entre os valores do Programa de Educação em Células Cooperativas (PRECE) e os valores pessoais de seus participantes
Autor(es): Barbosa, Marília Studart
Orientador(es): Ximenes, Verônica Morais
Palavras-chave: Programa de Estímulo à Cooperação na Escola (PRECE)– estudo de caso
Métodos de Aprendizagem
Teoria dos Valores Humanos Básicos
Processo de Ensino-Aprendizagem
Cooperative Learning
Psycholoy
Data do documento: 2016
Citação: Barbosa, M. S.; Ximenes, V. M. (2016)
Resumo: O Programa de Educação em Células Cooperativas (PRECE) é um movimento formado predominantemente por estudantes de comunidades rurais do Ceará que, com o apoio educacional e social desse programa, conseguiram adquirir aprendizados que favoreceram o ingresso no ensino superior. O PRECE estimula que os jovens universitários contribuam com a aprendizagem dos estudantes de suas localidades, gerando uma rede de solidariedade e cooperação entre eles. Este estudo parte da observação de uma problemática em torno da construção de valores humanos dentro desse espaço: há uma permanente tensão entre os valores vigentes na sociedade contemporânea onde se predomina a exaltação individual, poder sobre as pessoas, acúmulo material, competição, os quais se opõem aos valores difundidos através das práticas do PRECE de cooperação, solidariedade, fortalecimento dos participantes, vinculação entre eles e o engajamento comunitário. Parte-se da pergunta: como a participação no PRECE colabora para a construção dos valores humanos de seus participantes? A presente pesquisa tem como objetivo geral analisar as relações existentes entre os valores do PRECE e os valores pessoais de seus participantes. Como objetivos específicos: identificar os valores do PRECE; identificar os valores humanos pessoais dos participantes do PRECE e analisar a constituição de valores dos participantes do PRECE a partir da experiência nesse programa. Para a compreensão do objeto em questão, tomamos como referenciais teóricos a Teoria de Valores de Schwartz et al. (2012) e teorias psicológicas e pedagógicas que dialogam com a Aprendizagem Cooperativa do PRECE (VYGOTSKY, 1991; FREIRE, 2005; JOHNSON; JOHNSON, 1994; LA TAILLE, 2009; ARAÚJO, 2007; LIMA, 2008). A metodologia contou com uma abordagem mista. Na etapa qualitativa, foram realizados dois grupos focais, totalizando 23 participantes e na etapa quantitativa, foi feita a aplicação de 155 Questionários Portrait Values Questionnaire (PVQ-R) e questionário sociodemográfico. Através da análise dos dados quantitativos (análises estatísticas) e qualitativos (análise de conteúdo temática), foi feito um comparativo entre esses dados a fim de compreender o objetivo desse estudo. Constatamos a presença dos valores Autodireção de ação, Benevolência cuidado, Humildade, Universalismo (Compromisso e Tolerância) no PRECE e a ausência dos valores Poder (Domínio e Recurso) e Tradição. Identificamos uma alta pontuação, na amostra dos participantes, dos valores Universalismo (Compromisso e Tolerância), Benevolência (Cuidado e Dependência), Segurança (Social e Pessoal), enquanto percebemos que os valores com menores pontuações foram os três valores pouco presentes no PRECE. A partir desses dados, podemos afirmar que a vivência no PRECE contribuiu na construção de valores humanos dos participantes da pesquisa, embora haja algumas contradições no processo formativo que colaboram para um afastamento dos participantes em relação ao movimento. Identificamos também valores morais como solidariedade, amizade, respeito, empatia e autonomia forjados neste espaço de interação. Observamos que o nível de envolvimento com o PRECE, a vinculação entre os participantes e o compromisso com os ideais difundidos pelo movimento delimitam perfis identitários distintos: precistas atuantes dentro e fora do PRECE e precistas desvinculados. Por fim, percebe-se que o modo de atuação do PRECE construiu uma rota alternativa ao círculo perverso da pobreza ao possibilitar uma formação acadêmica e humana que contribui para o enfrentamento das condições sociais de exclusão.
Abstract: The Educational Program in Cooperative Cells (PRECE) is a movement compounded mainly by students from rural areas of Ceará. With their social and educational support, those students could get apprenticeship to make it possible for them to go enter university. PRECE stimulates the academic youth to contribute to the learning of students from their same place generating solidarity and cooperation among them. This research observes a problem on the construction of human values in PRECE`s context: there is a permanent tension between the dominant values in contemporary society which stimulate self-exaltation, power over people, accumulation of wealth, competition, which is just the opposite of the values spread by PRECE practices of cooperation, solidarity, empowerment of the participants, linking between them and civic engagement. We start with the following question: how does PRECE´s participation contributes to the construction of their participants´ Human Values? The general objective of this research is: analyze the relations between the values of PRECE and the personal values of its participants. As specific objectives: to identify the values of PRECE; identify the personal human values of the participants of PRECE and analyze the constitution of values of the participants of PRECE that had the experience in this program. We use Schwartz´s Values Theory (2012) and psychological and pedagogical theories that dialogue with the Cooperative Learning developed by PRECE (VYGOTSKY, 1991; FREIRE, 2005; JOHNSON; JOHNSON, 1994; LA TAILLE, 2009; ARAUJO, 2007; LIMA, 2008) in order to comprehend the study´s object. The methodology included a mixed approach. In the qualitative stage, two focus groups were conducted, totalazing 23 participants and in the quantitative stage was the application of 155 Portrait Values Questionnaires (PVQ-R) and sociodemographic questionnaire. Through the quantitative analysis (statistical analysis) and qualitative (content analysis), a comparison between this data was done in order to understand the purpose of this study. We found the values: Self-Direction-Action, Benevolence Caring, Humility, Universalism (Concern and Tolerance) in PRECE and the absence of Power (Dominance and Resources) and Tradition. We identified a high score of values Universalism (Concern and Tolerance), Benevolence (Dependability and Caring), Security (Social and Personal) in the sample of participants, while we realized that the values with lower scores were the three missing values in PRECE. From these data, we can say that the experience in PRECE contributed to build participants´ Human Values, although there are some contradictions in the educational process that contribute to a disassociation of the participants. We also identified moral values as solidarity, friendship, respect, empathy and autonomy constructed in this space. We observed that the level of involvement with PRECE, the link between the participants and the commitment to the movement´s ideals identify three identity profiles: the ones who are active inside and outside the movement and the ones that do not have link with the movement anymore. PRECE has built an alternative route to the poverty`s circle by enabling academic and human formation that contributes to deal with the social exclusion.
Descrição: BARBOSA, Marília Studart. Relações entre os valores do Programa de Educação em Células Cooperativas (PRECE) e os valores pessoais de seus participantes. 2016. 232f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21860
Aparece nas coleções:PPGP - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_msbarbosa.pdf4,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.