Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21938
Título: A análise da pseudoconcreticidade do trabalho na reforma do estado brasileiro nos anos noventa
Autor(es): Lima Filho, Gilvan Dias de
Palavras-chave: Capitalismo
Reforma do estado brasileiro
Trabalho
Data do documento: 2012
Editor: Revista Dialectus
Citação: Lima Filho, G. D. (2012)
Resumo: A laboração do conhecimento é tradicionalmente concepta através da interação entre o sujeito que aprecia (cognoscente) e o objeto que é contemplado (cognoscível). Não obstante de parecer uma ação de reação tão natural ao homem à manifestação dessa vinculação entre o ser e o objeto não se torna obrigatoriamente sinônimo pleno da compreensão humana do real dentro da realidade. Como ratificação dessa limitação reservada, muitas vezes sancionada como fato social, constata-se a atuação cronológica perniciosa do homem contra si mesmo, respaldado em suas manifestações autodestrutivas dentro dos diversos sistemas de produção historicamente vigentes, em particular no capitalismo. Especificamente, a respeito do capitalismo brasileiro contemporâneo este trabalho busca como objetivo central analisar como a Reforma do Estado na década de noventa alterou as condições relacionais do mercado de trabalho. A metodologia emprega foi à dialética materializada na pseudoconcreticidade. Como constatação ratificou-se a intensificação do processo de flexibilização, de desmobilização e de fragilização do trabalho como categoria, compendiada como subtração de ação e ideologia operária, movimento este apoiado por modificações pontuais e graduais da legislação trabalhista que somadas conferem uma dimensão perniciosa e trágica ao futuro da classe trabalhadora e consequentemente ao desenvolvimento nacional.
Abstract: The production of knowledge is traditionally defined through the interaction between the subject who appreciates (cognoscenti) and the object which is contemplated (cognoscible). Notwithstanding to seem a response of a reaction so characteristic of the man to the manifestation of this connection between the being and the object does not become necessarily a synonym of human understanding about the real within the reality. As a ratification of this particular limitation that is often considered as a social fact, we can notice that there is a chronological pernicious action of man against himself, who is supported in his self-destructives manifestations within various production systems current historically, in particular, on capitalism. Specifically, regarding the Brazilian contemporary capitalism, this paper seeks as central aim to analyze how the State Reform in the nineties altered the relational skills of labor market. The methodology employed was the dialectic materialized in pseudoconcreticity. As observation, we ratified the intensification of the process of flexibility, demobilization and weakening of labor as a category, which was summed up as subtraction of action and working ideology, a movement supported by specific and gradual modifications of the labor legislation that when they are added they grant a pernicious and tragic dimension to the future of working class and consequently to the national development.
Descrição: LIMA FILHO, Gilvan Dias de. A análise da pseudoconcreticidade do trabalho na reforma do estado brasileiro nos anos noventa. Revista Dialectus, Fortaleza, ano 1, n. 1, p. 101-120, jul./dez. 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21938
ISSN: 2317-2010
Aparece nas coleções:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_art_gdlimafilho.pdf2,39 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.