Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2197
Título: Estudo do efeito do inibidor da enzima adenosina desaminase, EHNA, sobre a enterite induzida pela toxina a do Clostridium difficile em alça ileal isolada de camundongos
Título em inglês: The effect of the adenosine deaminase inhibitor, EHNA, on Clostridium difficile toxin-A-induced enteritis in murine ileal loops
Autor(es): Junqueira, Ana Flávia Torquato de Araújo
Orientador(es): Brito , Gerly Anne de Castro
Palavras-chave: Adenosina
Adenosina Desaminase
Enterite
Data do documento: 2008
Citação: JUNQUEIRA, A. F. T. A. (2008)
Resumo: O Clostridium difficile tem como principal fator de virulência a toxina A (TxA), a qual provoca inflamação e destruição tecidual aguda em intestinos de animais experimentais e de pacientes com a doença induzida por esta bactéria. Em locais de injúria tecidual, adenosina é produzida em altas concentrações, onde exerce uma série de efeitos antiinflamatórios, limitados por sua rápida degradação pela enzima adenosina desaminase. O objetivo deste trabalho foi investigar o efeito da inibição da enzima adenosina desaminase pelo EHNA (eritro-9-(2-hidróxi-3-nonil)-adenina) sobre a enterite induzida pela TxA do C. difficile em alça ileal de camundongos. Para isto, injetamos EHNA (90 μmol/kg) ou PBS i.p. 30 minutos antes da administração de TxA (10 a 100 μg) ou PBS na alça ileal isolada. Os animais foram sacrificados 3 horas depois da indução da enterite e as alças foram retiradas para estudo. As razões peso/comprimento da alça e volume de secreção/comprimento da alça foram calculadas e amostras de tecido foram coletadas para histopatologia, dosagem de atividade de mieloperoxidase (MPO), dosagem de TNF-α, IL-1β e IL-10 por ELISA, imunohistoquímica para TNF-α, IL-1β, NOS induzível e PTX3, e PCR para TNF-α, IL-1β e PTX3. A injeção de TxA (10 a 100 μg) nas alças ileais aumentou significativamente (p<0,05) as razões peso/comprimento da alça e volume de secreção/comprimento da alça com resultados consistentes a partir de 50 μg. A TxA promoveu significativa (p<0,05) destruição tecidual, edema, infiltração de células inflamatórias, aumento das citocinas TNF-α e IL-1β, e elevação de iNOS e PTX3. Todos esses parâmetros foram significativamente revertidos com o uso do EHNA (p<0,05). Em adição, a TxA não alterou os níveis de IL-10 em relação ao controle, mas o pré-tratamento com EHNA promoveu uma elevação nos níveis desta citocina. Assim, concluímos que na enterite induzida pela TxA em camundongos o EHNA demonstrou um potente efeito antiinflamatório, reduzindo consideravelmente a lesão tecidual, a migração neutrofílica, a expressão e os níveis de citocinas próinflamatórias (TNF-α, IL-1β) e produzindo um aumento nos níveis de IL-10. Além disso, a administração de TxA induziu um aumento na expressão da proteína PTX3 e no número de células imunomarcadas para iNOS no tecido ileal, ambos revertidos pelo EHNA.
Abstract: The main factor of virulence in Clostridium difficile is toxin A (TxA), which can induce inflammation and acute tissue injury in the bowels of animals and humans affected by this organism. The high concentration of adenosine generated upon injury produces a number of antiinflammatory effects limited by rapid degradation by adenosine deaminase. The objective of this study was to determine the effect of EHNA (erythro-9-(2-hydroxy-3-nonyl)-adenine) inhibition of adenosine deaminase upon TxA-induced ileal loop enteritis in mice. EHNA (90 μmol/kg) or PBS was injected i.p. 30 minutes prior to TxA (10-100 μg) or PBS instillation into the ligated ileal loop. The animals were euthanized 3 hours after enteritis induction and the ileal loops were retrieved for analysis. The weight/length ratio and the secretion volume/length ratio were calculated and tissue samples were submitted to histopathological study, myeloperoxidase assay (MPO), measurement of TNF-α, IL-1β and IL-10 levels with ELISA, immunohistochemical tests for TNF-α, IL-1β, inducible NOS and PTX3, and PCR assay for TNF-α, IL-1β and PTX3. The instillation of TxA (10-100 μg) into the ileal loop significantly increased (p<0.05) the weight/length ratio and the secretion volume/length ratio with consistent results above 50 μg. TxA induced a significant amount (p<0.05) of histological damage, edema and inflammatory cell infiltration and increased the production of TNF-α, IL-1β, iNOS and PTX3. All changes were significantly reverted by treatment with EHNA (p<0.05). Moreover, IL-10 levels remained unchanged in animals treated with TxA, but increased in animals receiving EHNA. In conclusion, in mice with TxA-induced enteritis EHNA produced considerable antiinflammatory effects, reducing tissue injury, neutrophil migration, the expression and levels of proinflammatory cytokines (TNF-α and IL-1β) and producing an increase in IL-10 levels. In addition, TxA instillation increased PTX3 expression and the number of cells immunolabeled for iNOS in the ileal tissue, both of which were reverted by EHNA.
Descrição: JUNQUEIRA, Ana Flávia Torquato de Araújo. Estudo do efeito do inibidor da enzima adenosina desaminase, EHNA, sobre a enterite induzida pela toxina a do Clostridium difficile em alça ileal isolada de camundongos. Fortaleza, 2008. 141 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2197
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_aftajunqueira.pdf2,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.