Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2206
Título: Efeito protetor do lipopolissacarídeo da Escherichia coli na lesão gástrica por indometacina em ratos : papel da cicloxigenase do tipo 2, da no sintase induzida e dos canais de potássio sensíveis ao ATP
Título em inglês: Effect of LPS from Escherichia coli protects against indomethacin-induced gastropathy in rats—Role of cyclooxygenase type 2, nitric oxide sinthase of the ATP-sensitive potassium channels
Autor(es): Gomes, Antoniella Souza
Orientador(es): Souza, Marcellus Henrique Loiola Ponte de
Palavras-chave: Gastrite
Escherichia coli
Data do documento: 2005
Citação: GOMES, A. S. (2005)
Resumo: O papel do LPS na defesa da mucosa gástrica ainda não está estabelecido. OBJETIVOS: 1-Verificar o efeito protetor do LPS na lesão gástrica (LG), na infiltração de neutrófilos (IN), no aumento da adesão leucocitária, na diminuição dos níveis de GSH induzidos por indometacina (INDO) em ratos; 2-Investigar o papel da COX-2, NOSi e dos canais de K sensíveis ao ATP (KATP) na gastroproteção do LPS na gastropatia por INDO. MÉTODOS: Os ratos foram tratados com LPS da E. coli (30, 100 ou 300 g/Kg, e.v.). Após 6 hs, foi administrado INDO (20mg/Kg, p.o.). Decorridas 3 hs, o sangue foi colhido para determinação do leucograma. Posteriormente, os ratos foram sacrificados e a LG foi aferida. Fragmentos do estômago foram retirados para avaliação da atividade de mieloperoxidase (MPO) e determinação dos níveis de glutationa (GSH). A adesão e o rolling dos leucócitos foram avaliados por microscopia intravital. Diferentes grupos foram tratados com rofecoxib, L-NAME, aminoguanidina, dexametasona, glibenclamida, diazóxido ou glibenclamida + diazóxido. Após 3 horas da administração de INDO (20mg/Kg, p.o.), foram avaliadas a LG, a MPO e GSH. RESULTADOS: LPS reduziu a LG e o aumentou a MPO induzidas por INDO de forma dose-dependente, com o efeito máximo na dose de 300 g/Kg e no tempo de 6 hs. O pré-tratamento com LPS induziu uma neutrofilia na gastropatia induzida pela INDO. LPS reverteu à queda dos níveis de GSH no estômago com INDO. O tratamento com LPS diminui a adesão e aumentou o rolling dos leucócitos quando comparado com o tratado com INDO. Rofecoxib, L-NAME, aminoguanidina ou dexametasona não reverteram o efeito protetor do LPS. Glibenclamida, mas não diazóxido, reverteu o efeito protetor do LPS na gastropatia induzida por INDO, aumentando de forma significativa a LG, MPO e diminuindo a GSH. A associação de glibenclamida com diazóxido não reverteu o efeito protetor do LPS. CONCLUSÕES: LPS protege contra a LG por INDO, através da inibição da IN por uma diminuição da adesão de leucócitos ao endotélio e por um aumento dos níveis de GSH no estômago. Este evento dependente da abertura de KATP. Nossos dados também sugerem que a atividade de COX-2 e NOSi não estão envolvidos no efeito protetor do LPS.
Abstract: The role of the LPS in the defense of the gastric mucosa is still not established. AIMS: 1-To verify the protective effect of the LPS in the gastric damage (GD), in the neutrophil infiltration (NI), in the increase of the leukocyte of adhesion, in the reduction of the induced glutathione levels for indomethacin (INDO) in rats; 2- To investigate the role of the COX-2, NOSi and of ATP-sensitive k channels (KATP) in the protective effect of LPS administration on INDO- induced gastropathy. METHODS: The rats were treated with LPS of E. coli (30, 100 or 300 mg/Kg, e.v.). After 6 hs, INDO was administrated (20mg/Kg, p.o.). Three hs later, the blood was harvested for determination the total and differential number of white blood cell counts. Later, the rats had been sacrificed and the GD was surveyed. Piece of the stomach had been removed for evaluation of the myeloperoxidase (MPO) activity and determination of the glutathione (GSH) levels. The adhesion and rolling of the leukocytes had been evaluated by intravital microscopy. Different groups were treated with rofecoxib, L-NAME, aminoguanidine, dexamethasone, glibenclamide, diazoxide or glibenclamide + diazoxide. After 3 hs of the administration of INDO (20mg/Kg, p.o.), had been evaluated the GD, MPO and GSH. RESULTS: LPS reduced dose- dependently INDO- induced GD and increase in MPO, with the maximal effect at the dose of 300 g/kg and in the time of 6 hs. The LPS treatment neutrophilia induced in INDO induced gastropathy. LPS reverted to the fall of the GSH levels in the stomach with INDO. The LPS treatment decreased the adhesion and increased rolling of the leukocytes when compared with the INDO treated. Rofecoxib, L-NAME, aminoguanidine or dexamethasona had not reverted the protective effect of the LPS. Glibenclamide, but not diazoxide, reverted the protective effect of the LPS in the induced gastropathy for INDO, increasing of significant form the GD, MPO and decreasing the GSH. The diazoxide + glibenclamide association of with did not revert the protective effect of the LPS. CONCLUSIONS: LPS protects against INDO induced GD, through the inhibition of the NI for a reduction of the adhesion of leukocytes to the endothelin and for an increase of the GSH levels in the stomach. This dependent event of the KATP opening. Our data also suggest that the activity of COX-2 and NOSi are not involved in the protective effect of the LPS.
Descrição: GOMES, Antoniella Souza. Efeito protetor do lipopolissacarídeo da Escherichia coli na lesão gástrica por indometacina em ratos : envolvimento da cicloxigenase do tipo 2, no sintase induzida e dos canais de potássio sensíveis ao ATP. 2005. 121 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2206
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_dis_asgomes.pdf2,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.